Thaisa Galvão

11 de setembro de 2017 às 20:53

PMDB: PF aponta grupo criminoso formado por Temer, Moreira, Padilha, Geddel, Cunha e Henrique Alves [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Polícia Federal concluiu inquérito e remeteu para o Supremo Tribunal Federal. 

E atribuiu prática de crimes ao presidente da República Michel Temer, aos ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha, e aos ex-ministros e ex-deputados Geddel Vieira Lima, Eduardo Cunha e Henrique Alves, todos do PMDB.

As investigações apontaram para indícios de formação de organização  criminosa.
O grupo forma o PMDB da Câmara.

Todos foram deputados.

Temer, Henrique e Cunha presidiram a Casa

11 de setembro de 2017 às 20:44

Lula é denunciado mais uma vez [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-presidente Lula foi denunciado mais uma vez.

Hoje o Ministério Público Federal denunciou Lula e o ex-chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho, por corrupção passiva na Operação Zelotes.
Lula é acusado de editar medida provisória para favorecer empresas do setor automotivo em troca de propina.

Segundo o MPF, os participantes do esquema prometeram 6 milhões para Lula e Carvalho. 
Além de Lula e Carvalho, também foram denunciados:
-José Ricardo da Silva (ex-conselheiro do Conselho Administrativo da Receita Federal) – corrupção ativa

-Alexandre Paes dos Santos (lobista) – corrupção ativa

-Paulo Arantes Ferraz (empresário da MMC – Mitsubishi) – corrupção ativa

-Mauro Marcondes Machado (empresário) – corrupção ativa

-Carlos Alberto de Oliveira Andrade (empresário do Grupo Caoa) – corrupção ativa

11 de setembro de 2017 às 11:51

Já estão circulando em Brasília os convites para a posse da procuradora-geral Raquel Dodge [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Já estão circulando em Brasília o convite para a posse da nova Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, que vai substituir Rodrigo Janot.

A solenidade será na sede da PGR.

Tentando ‘fingir costume’ com a nova poderosa do Ministério Público, o presidente Michel Temer convidou-a a tomar posse no Palácio do Planalto.

Dodge até aceitou, mas depois recuou.

No convite que o Blog teve acesso, posse na Procuradoria Geral da República com um detalhe: os convidados deverão chegar com meia hora de antecedência.

11 de setembro de 2017 às 11:39

MPF: Procuradora Caroline Maciel determina apuração do ‘BBB da STTU’ [4] Comentários | Deixe seu comentário.

A procuradora da República no Rio Grande do Norte, Caroline Maciel, determinou na sexta-feira, a autuação de procedimento administrativo para apurar o uso de câmeras com infravermelho, pela Prefeitura de Natal, em cruzamentos da cidade já controlados por radares.

O uso da câmera com infravermelho vem sendo questionado em outras capitais por invadir a privacidade dos motoristas, já que tem um alcance, com nitidez de imagem, de 500 metros.

Tipo…

Se o operador da câmera desconfiar que o motorista está usando celular ou sem cinto de segurança, a imagem vai captar a roupa que está usando…

Se for mulher e estiver de minissaia, a câmera detecta até a cor da calcinha.

Se estiver com o botão da blusa aberto – na privacidade do interior do carro – a imagem vai mostrar.

Há duas semanas, no Jornal da Noite da 95FM, entrevistamos o adjunto da STTU, Walter Pedro, e levantamos essas hipóteses da invasão de privacidade.

Ele disse que os operadores das câmeras seriam orientados a não dar zoom para não invadir o espaço privado de ninguém.

Santa inocência.

Só a STTU acredita nisso e mais ninguém.

O Ministério Público do Ceará já entrou com ação contra o BBB da secretaria de trânsito local.

E aqui a procuradora Caroline Maciel tomou a iniciativa.

A autuação que deverá ocorrer hoje no MPF, será distribuída para um dos procuradores do núcleo de Cidadania.

11 de setembro de 2017 às 10:41

PF quer passar a limpo acordo da JBS com a PGR [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Antagonista:

-A PF avisa que as buscas de hoje nas casas de Joesley Batista, Ricardo Saud e Marcello Miller são apenas a primeira etapa de uma investigação que vai passar a limpo o acordo da JBS com a PGR.

11 de setembro de 2017 às 10:25

Polícia Federal: Doleira personagem no filme quer participação nos lucros [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Mônica Bérgamo, na Folha:


A doleira Nelma Kodama, ex-amante do doleiro Alberto Youssef e primeira pessoa presa na Operação Lava Jato, já acionou seus advogados para pedir participação nos lucros do filme “Polícia Federal – A Lei É para Todos” pelo uso de sua imagem. Caso ganhe, ela pretende doar o dinheiro para a creche Casa da Criança Higino Penasso, em Canarana, no Mato Grosso, que leva o nome do seu avô.

11 de setembro de 2017 às 9:18

J&F: Polícia Federal faz buscas em endereços de Joesley, Saud, Muller e Assis [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com o empresário Joesley Batista e o executivo do J&F, Ricardo Saud, presos desde ontem, agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal cumprem nesta manhã 5 mandados de busca e apreensão em São Paulo e Rio de Janeiro.

Em São Paulo, nas casas de Joesley e Saud, na sede do grupo J&F, e na casa de Francisco de Assis e Silva, diretor jurídico da JBS que também assinou acordo de delação mas não está preso.

No Rio, na casa do ex-procurador Marcello Miller, que teve pedido de prisão feito pelo procurador Rodrigo Janot, negado pelo ministro Edson Fachin.

A busca na casa de Miller começou antes das 6 e terminou antes das 8 horas e os agentes saíram levando uma bolsa e uma mochila.

11 de setembro de 2017 às 8:30

Manifestantes comemoram com fogos prisão de Joesley Batista e Ricardo Saud [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A chegada da dupla sertaneja ´Joesley e Ricardim´(Joesley Batista e Ricardo Saud) a Brasília, onde ficará presa temporariamente, de acordo com decreto do ministro Edson Fachin, está prevista para o começo da tarde.

Os dois se entregaram ontem na sede da Polícia Federal, em São Paulo, porque seriam presos na manhã de hoje.
Na foto abaixo, Joesley indo para a PF com o advogado Kakai.

Foto Felipe Rau/Estadão Conteúdo


Já dormiram na prisão.

Quiseram contar logo 1, dos 5 dias que prevê a prisão temporária, se não for renovada ou transformada em preventiva.

A dupla quis evitar rebuliço, mas não conseguiu.

A imprensa se preparou para acompanhar tudo.

 

 

E na frente da Superintendência da PF em São Paulo, manifestantes aguardavam os delatores mais atrapalhados da paróquia, com fogos em comemoração à prisão.