Thaisa Galvão

21 de setembro de 2017 às 11:14

Rogério Marinho critica corporativismo e ‘visão atrasada’ do Ministério Público do Trabalho [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E o bate-boca continua nas redes sociais em relação à queda de braço entre o Ministério Público Federal e a empresa Guararapes.

Vice-presidente da Guararapes, o empresário Flávio Rocha voltou a se pronunciar pedindo desculpas à procuradora regional Ileana Mousinho.

Já o deputado Rogério Marinho permaneceu usando as redes sociais para atacar o MPT:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*