Thaisa Galvão

4 de novembro de 2017 às 13:58

PMDB de Nova Cruz está pequeno para abrigar prefeito e ex-prefeito [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O PMDB em Nova Cruz ficou pequeno para os ex-aliados, prefeito Targino Pereira e o ex-prefeito Flávio Azevedo, que até semana passada presidia o partido que comandava há mais de 20 anos no município.

Com apoio do diretório estadual, Targino tirou o comando das mãos de Flávio, e numa convenção sem a presença do até então presidente, elegeu o suplente de vereador Gerson Vitor para presidir o PMDB de Nova Cruz.

Como presidente, Flávio coordenou a campanha que elegeu Targino prefeito em 2016.

Agora, fora do diretório e das decisões do PMDB, em Nova Cruz já se pergunta para onde irá Flávio Azevedo, já que não há clima para convivência com o prefeito, muito menos com o filho dele, atual secretário de Finanças, Germano Targino.

Desde o início da gestão que Germano e Flávio vem entrando em rota de colisão.

Do outro lado do cenário político de Nova Cruz, o grupo do ex-prefeito Cid Arruda observa o racha.

E num tempo de fim de radicalismo, espera faturar a chegada de novos aliados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*