Holiday

Thaisa Galvão

14 de novembro de 2017 às 9:11

Filho do presidente da Assembleia do Rio comanda empresa que tem irmão ministro como sócio [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A família do presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro está em puros com a deflagração da operação Cadeia Velha, na manhã desta terça-feira.

O presidente Jorge Picciani está na sede da Polícia Federal para prestar depoimento em cumprimento a um mandado de condução coercitiva.

O filho, empresário Felipe Picciani, foi preso.

Felipe deixou o pai no aeroporto de Uberlândia (MG) e logo depois foi preso.

Jorge foi conduzido à PF quando desembarcava no Rio, no aeroporto Santos Dumont.

Em Minas Gerais, Felipe comanda a empresa Agrobilara, que pertence à família Picciani, e tem como sócios o pai Jorge, e os irmãos Leonardo Picciani, que é ministro do Esporte, e Rafael Picciani, que assim como o pai, é deputado estadual.

O presidente da Alerj é suspeito de receber propina da caixinha da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor), segundo informação que chegou ao Ministério Público Federal com a delação premiada do doleiro Álvaro José Novis.

A operação de hoje deixa em maus lençóis mais um ministro do governo Michel Temer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*