Thaisa Galvão

29 de novembro de 2017 às 21:31

Apontado como pré-candidato a deputado, ex-comandante da PM faz discurso contra o governo em Alexandria [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Ex-comandante geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, Coronel Azevedo desponta como pré-candidato a deputado estadual.

Sábado, ao ser homenageado no município de Alexandria, no 7º Destaque da Mídia, com o 2º Prêmio “Dra. Julieta Dantas”, o militar fez discurso inflamado contra o Governo do qual fez parte e contra o governador que o exonerou 7 meses depois de ter sido nomeado comandante da PM.

CLIQUE AQUI e veja o discurso do Coronel-candidato.

Presente à solenidade, a secretária de Segurança do Estado, Sheila Freitas, testemunhou o discurso que foi também direcionado a ela, a quem o comando da PM responde.

O clima era de desconhecidos entre os dois…

29 de novembro de 2017 às 16:43

Henrique Alves, Eduardo Cunha e Lúcio Funaro são denunciados pelo Ministério Público Federal do RN [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Do UOL:

MPF denuncia Eduardo Cunha, Henrique Alves e Lúcio Funaro por lavagem de dinheiro

Leandro Prazeres Do UOL, em Brasília

O MPF-RN (Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte) denunciou os ex-presidentes da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e outras seis pessoas pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

No grupo de denunciados está o ex-operador do PMDB Lúcio Funaro e outras cinco pessoas ligadas a Henrique Eduardo Alves.

A denúncia se refere ao repasse de pelo menos R$ 4,2 milhões para a campanha de Henrique Alves ao governo do Rio Grande do Norte em 2014. Segundo o MPF, o dinheiro seria resultado do esquema que cobrava propina de empresas que buscavam financiamentos na Caixa Econômica Federal.

A denúncia foi protocolada na Justiça Federal do Rio Grande do Norte na última terça-feira (28). Se a Justiça Federal do Estado aceitar a denúncia, eles viram réus.

A denúncia é resultado da Operação Manus, um desdobramento da Operação Lava Jato, que levou Henrique Alves à prisão em julho deste ano. Segundo os procuradores, Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves pediram e receberam propina paga por empresários e repassada à campanha pelo então operador do PMDB Lúcio Funaro, que firmou acordo de colaboração premiada com a PGR (Procuradoria-Geral da República) e detalhou o esquema.

Cunha foi denunciado por lavagem de dinheiro enquanto Henrique Eduardo Alves foi denunciado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Lúcio Funaro foi denunciado por lavagem de dinheiro, mas os procuradores pediram que as penas previstas pelo crime fossem substituídas pelas que foram acordadas por ele e pela PGR em seu acordo de delação premiada. As penas de Cunha podem chegar a dez anos de prisão. Se condenado, Henrique Alves pode ser punido com penas de três a 12 anos de prisão.

Ainda de acordo com a denúncia, pelo menos R$ 2 milhões desse total foram repassados pela Odebrecht. Executivos da companhia disseram, em delação premiada, que o valor havia sido combinado com Henrique Alves e Eduardo Cunha em uma reunião no dia 6 de agosto de 2014 realizada na Câmara dos Deputados. O dinheiro teria sido repassado pela companhia por conta do interesse da Odebrecht com a possível privatização da companhia de água e esgoto do Rio Grande do Norte.

O restante do dinheiro teria sido pago por empresas com interesse em financiamentos na Caixa Econômica Federal, que, segundo os procuradores, tinha diretorias controladas politicamente pelo grupo do qual Cunha e Henrique Eduardo Alves faziam parte.

Segundo a denúncia, assessores e ex-assessores de Henrique Eduardo Alves compunham um “grupo criminoso” que atuava junto ao ex-presidente da Câmara e ex-ministro do Turismo. Esse grupo seria composto pelo cunhado de Alves, Arturo Silveira Dias de Arruda Câmara, que atuou na coordenação da campanha de 2014, e mais seis pessoas.

Os procuradores também denunciaram um grupo de cinco pessoas, entre assessores e ex-assessores de Henrique Eduardo Alves que seriam responsáveis por tarefas como receber dinheiro destinado por Funaro à campanha de Henrique Eduardo Alves. Um deles, Norton Masera, que até outubro deste ano ocupava um cargo comissionado no Ministério do Turismo, teria recebido R$ 600 mil em repasses feitos por Lúcio Funaro.

Além de pedir a condenação dos denunciados, o MPF pediu que eles devolvam R$ 4,2 milhões a título de reparação e que fiquem impedidos de exercer cargos públicos pelo dobro do tempo de prisão ao qual forem condenados.

 

Cunha e Henrique Alves presos

Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves estão presos em decorrência de investigações conduzidas pela Operação Lava Jato e seus desdobramentos. Cunha foi condenado a 15 anos de prisão, mas teve sua pena reduzida para 14 anos e seis meses de prisão em segunda instância, por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em um esquema de cobrança de propina durante a venda de poços de petróleo da Petrobras no Benin, na África.

Cunha nega seu envolvimento no caso.  Henrique Alves está preso desde junho deste ano por suspeitas de envolvimento em um esquema de cobrança de propina nas obras da construção da Arena das Dunas, em Natal. O estádio foi utilizado durante a Copa de 2014. Em depoimento, Henrique Alves já admitiu ter recebido recursos de caixa dois.

 

Outro lado

Advogado de Eduardo Cunha, Delio Lins e Silva Júnior classificou a denúncia como “aventureira” e baseada nas palavras de “um delator já conhecido por suas inúmeras mentiras”, em alusão a Lúcio Funaro.

O advogado de Henrique Eduardo Alves, Marcelo Leal, disse ainda não ter tido conhecimento da denúncia e que por isso não poderia se manifestar.

A defesa de Lúcio Funaro disse que o empresário vai “continuar a colaborar com a justiça de forma clara e efetiva”. O advogado de Arturo Silveira, Nélio Silveira Dias Júnior, disse que não tinha conhecimento da denúncia e que iria buscar informações sobre o assunto para se manifestar.

A assessoria de imprensa da Odebrecht disse que a companhia está “colaborando com a Justiça no Brasil e nos países em que atua” e que “já reconheceu seus erros, pediu desculpas públicas, assinou um acordo de leniência” com diversos países, entre eles o Brasil e Estados Unidos. A companhia disse ainda que está “comprometida a combater e não tolerar a corrupção em quaisquer de suas formas”.

29 de novembro de 2017 às 16:07

Novo comandante do PSDB, presidenciável Geraldo Alckmin pede para empresário Tião Couto não deixar o partido [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A mudança no comando nacional do PSDB poderá dar uma mexida no processo eleitoral no Rio Grande do Norte.

Com o governador de São Paulo Geraldo Alckmin assumindo o diretório nacional do partido, fica claro que o candidato tucano a presidente da República será ele.

Perdem a força tanto o senador Aécio Neves quanto o prefeito de São Paulo, João Dória.

Alckmin já havia mostrado interesse na candidatura do empresário Tião Couto a governador do Rio Grande do Norte.

Tião estava de malas prontas para deixar o partido e disposto a disputar uma vaga na Câmara Federal por outra legenda, até Alckmin ser designado como novo comandante e pedir para que ele fique.

A convenção que confirmará o nome de Geraldo Alckmin como presidente do PSDB está marcada para o dia 9 de dezembro em São Paulo.

Deverão participar o presidente da legenda no Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira de Souza e o empresário mossoroense Tião Couto, que é o vice-presidente do PSDB potiguar.

29 de novembro de 2017 às 15:36

Na Justiça: Batata cobra dívida da campanha de Henrique e Fred Queiroz alega que contrato foi forjado e pago com propina [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Caicó, Batata (PSDB), está cobrando da empresa Pratika, do empresário Fred Queiroz, delator da operação Manus, o que teria faltado do que foi acertado na campanha para governador, do ex-deputado Henrique Alves (PMDB) em 2014.

Batata diz que firmou contrato com a Pratika para ser locutor da campanha de Henrique na região do Seridó.

Intimado para explicar, Fred Queiroz justifica que os contratos com lideranças – Batata além de locutor era vereador do PMDB em Caicó – foram considerados “forjados” pela Polícia Federal.

O hoje prefeito de Caicó é um dos citados na delação de Fred Queiroz, como tendo sido beneficiário de pagamento efetuado com dinheiro de propina.

De acordo com a delação, um depósito no valor de 20 mil reais feito ao hoje prefeito, foi com dinheiro oriundo da Odebrecht, pago à campanha de Henrique como propina.

Batata recebeu 20 mil reais e cobra na justiça o restante, que seria 20 mil, mas que, com juros e correção, estaria hoje em 33 mil que ele quer que Fred pague.

Para o empresário Fred Queiroz, pagar essa dívida ao prefeito de Caicó será cometer o crime de pagamento de propina mais uma vez.

A Pratika foi contratada por Henrique Alves para cuidar da logística da campanha e repassar valores em forma de pagamento de serviços, ao que seria pagamento por apoio em muitos casos.

Batata garante que não é o caso dele e afirma que tem fotos dele atuando como locutor da campanha de Henrique.

Uma audiência de conciliação entre delator e delatado está marcada para o dia 24 de janeiro, às 9 da manhã.

Ocasião em que Fred vai dizer que o que foi pago a Batata foi por ‘compra de apoio’ à candidatura de Henrique Alves, e Batata vai argumentar que foi contratado para ser locutor.

Além de cobrar o que teria ficado lhe devendo a campanha de Henrique, Batata pede gratuidade na ação, para não ter que pagar advogado.

29 de novembro de 2017 às 14:46

Senac RN inaugura Unidade Móvel de Informática e Gestão em Angicos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Senac inaugurou hoje a Unidade Móvel de Informática e Gestão no município de Angicos. A ação do Sistema Fecomércio RN beneficiará cerca de 60 pessoas com cursos gratuitos.

O evento ocorreu na Praça do INSS e contou com a presença do presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, do diretor regional do Senac, Fernando Virgilio, e do prefeito de Angicos, Deusdete Gomes.

“Estamos viabilizando ações que impactam diretamente na indução do desenvolvimento da cidade. Hoje, trazemos a oportunidade do acesso à capacitação e qualificação de reconhecida excelência ofertada por intermédio do Senac”, afirmou Marcelo Queiroz.

Até fevereiro, serão realizadas capacitações nas áreas de Qualidade no Atendimento, Técnicas de Negociação, Técnicas Avançadas de Word e Excel e Softwares de Apresentações.

“A carreta é altamente estruturada e nós ficamos felizes de acolher o Sistema Fecomércio, porque isso funciona com a união de todos. Espero que essa parceria entre Fecomércio e o município de Angicos se torne permanente, pois é importante não só para a cidade, mas para a região. Se inicia hoje um novo ciclo no empreendedorismo de Angicos, afinal, é disso que a gente precisa, que o conhecimento chegue para que tenhamos mão de obra qualificada”, afirmou o prefeito.

Nos últimos dois anos, o Programa Senac Móvel já beneficiou mais de 780 pessoas em treze cidades do Rio Grande do Norte. Além de Informática e Gestão, a Instituição também conta com Unidades Móveis nas áreas de Moda e Beleza e Turismo e Hotelaria.

29 de novembro de 2017 às 14:35

Ezequiel Ferreira leva serviços da AL a Macau e presta contas de ações em favor do município [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), levou hoje a Macau o projeto “Assembleia e Você”, que oferece serviços de cidadania, lazer, educação e saúde à população, além de atendimentos e orientações ao consumidor.

Instalada na Escola Edinor Avelino, a ação legislativa segue até amanhã, funcionando das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h.

O projeto “Assembleia e Você” congrega em um só programa as ações mantidas pelo Legislativo Estadual como a Assembleia Cidadã, Saúde pelo RN e Procon Legislativo.

Fotos Eduardo Maia

Em Macau, o presidente Ezequiel Ferreira concedeu entrevista onde prestou contas do seu trabalho como parlamentar em favor do município.

Ele lembrou do desconto de 50% nas contas de água dos macauenses no mês de dezembro, período em que foi registrada irregularidade no abastecimento pela Caern.

O desconto foi solicitado pelo presidente da Assembleia ao presidente da Caern, Marcelo Toscano, que autorizou a redução no valor da tarifa.

29 de novembro de 2017 às 14:08

Projeto de alunos da UFRN para revitalizar Ribeira vence concurso nos Estados Unidos [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O projeto “Olhos da Ribeira“, produzido por alunos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), foi o vencedor do concurso urbanístico UrbanLab, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), ontem em Washington, nos Estados Unidos.

Os estudantes Marcela Farkat, Dmetryus Targino, Nicholas Saraiva, Mariah Oliveira, e a professora orientadora Ruth Ataíde, estiveram presentes à solenidade, onde também acompanharam o anúncio do resultado, o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT) e a secretária de Meio Ambiente e Urbanismo, Virgínia Ferreira. Eles viajaram aos Estados Unidos a convite do BID, com despesas custeadas pelo banco.

“Olhos da Ribeira” visa estimular a entrada dos pequenos investidores para financiar ações de revitalização para o bairro da Ribeira. Os natalenses investidores passarão a ser, caso o projeto seja implementado, uma espécie de “sócios” da cidade.

Foram 3 os projetos para a Ribeira apresentados no concurso. O vencedor, dos alunos da UFRN, e outros dois apresentados por estudantes de São Paulo e Brasília: “Reviva Ribeira”, por alunos da Universidade de São Paulo (USP), e “Retoma Ribeira“, de estudantes da Universidade de Brasília (UnB).

“A proposta dos estudantes natalenses aponta caminhos muito promissores para a Ribeira. Mas temos agora o dever de empreender meios para que esta proposta vencedora evolua para a ação concreta e chegue ao estágio da transformação que se pretende para a Ribeira”, disse o prefeito.

“A Ribeira está localizada em uma região privilegiada, às margens do Rio Potengi, e apresenta forte vocação cultural com seus casarões, teatros e museus”, destacou o presidente do BID, o colombiano Luis Alberto Moreno.

29 de novembro de 2017 às 13:41

Governo conclui até 13 de dezembro o pagamento de outubro [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O Governo do Estado anunciou que concluirá, até o dia 13 de dezembro, o pagamento da folha de outubro dos servidores.

 

Na quarta-feira, dia 6, serão pagos os que ganham entre R$ 2.001,00 e R$ 4 mil.

Neste grupo são 21.688 servidores, que totalizam R$ 64,8 milhões.

 

No sábado, dia 9, será paga uma parcela de R$ 4 mil aos que recebem acima desse valor.

O restante dessa faixa salarial será pago no dia 13 de dezembro.

Concluída esta faixa soma um total de R$ 138,5 milhões, sendo 21.927 servidores.

 

Novembro

 

Em paralelo, o governo inicia o pagamento da folha de novembro com os servidores da Educação e dos órgãos da Administração Indireta que tem recursos próprios, independente da faixa salarial.

Estes receberão seus salários amanhã, dia 30.

Neste grupo são 23.247 servidores, num total de R$ 50,69 milhões.

29 de novembro de 2017 às 8:38

Destaque apresentará novidades do Carnatal em entrevista coletiva nesta quinta-feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Carnatal 2017, que acontecerá de 7 a 10 de dezembro, será redesenhado mais uma vez para melhor atender as expectativas dos foliões.

O Camarote Skol mudou de lugar, está redondo – numa referência ao marketing do patrocinador – ampliado e com novidades na cena artística.

A Arena Elétrica agregou o Trio Pranchão Skol com grandes atrações.

Duas alas de arquibancadas ampliam o Corredor da Folia este ano de 350 para 450 metros.

Infraestrutura – Toda a logística do evento foi repensada, com novas áreas de acesso, locais de hospitalidade, concentração, ativações de marcas, setores de serviços, alimentos, bebidas, banheiros, posto médico, delegacias e pontos de informações.

Como o Carnatal, que está completando 27 anos, é parceiro da Ambev há 25, mais uma vez a festa terá a latinha de Skol personalizada.

Nesta quinta-feira, às 9 horas, os diretores da Destaque receberão a imprensa para uma coletiva, onde vão apresentar as novidades do Carnatal 2017.

29 de novembro de 2017 às 6:50

Sem convencer, Rogério Marinho é obrigado a retirar projeto que altera reajuste de planos de saúde de idosos [2] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado Rogério Marinho (PSDB) foi obrigado a desisitir da proposta de reajustar planos de saúde de idosos.

A proposta não convenceu.

Não convenceria.

O assunto foi noticiado pelo Globo de hoje, com chamada na capa:

29 de novembro de 2017 às 6:43

Vídeo com xingamentos a Romero Jucá em avião circula na internet [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Dividir espaços com a sociedade dentro de um avião que mesmo grande se torna pequeno para uma quantidade maior de viajantes, não está fácil para a classe política.

São cada vez maiores as chances de um político ser hostilizado num avião ou no aeroporto.

O senador Romero Jucá (PMDB), que mesmo citado na lava-jato continua dando as cartas como líder do governo Temer, já havia sido xingado em fevereiro no aeroporto, e agora em novembro foi alvo de descontentes durante um voo para Roraima, sua base eleitoral e residencial.

O vídeo gravado há duas semanas circula nos zap-zaps.

Conselhinho básico para a classe que está cada vez mais desacreditada, mas que no próximo ano volta a disputar mandato: prudência e viagem de carro – se não puder pagar jatinho – não fazem mal a seu ninguém.

29 de novembro de 2017 às 6:14

Kadu Ciarlini destaca importância de Mossoró na política e diz que não está em seus planos ser vice de Carlos Eduardo [2] Comentários | Deixe seu comentário.

O publicitário Kadu Ciarlini, visto em Natal como um provável vice na chapa do governadorável Carlos Eduardo, afirmou nas suas redes sociais que seu projeto não é este.

Kadu segue com o projeto de disputar uma vaga na Assembleia Legislativa, já que Mossoró hoje não tem representante no legislativo estadual. Isso

“De antemão digo que não desejo nem pleiteio a indicação para concorrer a essa função”, afirmou Kadu.

“Estou satisfeito com a minha profissão, que inclusive tem muito a ver com a política, uma vez que atuo e gosto de atuar em campanhas, mas, caso o agrupamento político que defendo ache que eu deva entrar nesse grande desafio que é ter uma boa atuação dentro da política nos dias atuais”, afirmou o publicitário mossoroense.

“Caso eu aceite esse desafio, acredito que o ideal seria disputar uma função em que eu possa mostrar meu trabalho, que tenho ideias próprias e ter um grande desempenho até para fazer valer esse eventual início dessa trajetória”, ressaltou Kadu

“Vejo como fora do contexto hoje essa possibilidade de meu nome ser indicado para concorrer a vice-governador. Se o PP vier a ser convidado a indicar qualquer nome em alguma chapa, coisa que nem houve, certamente há outros nomes que podem encampar essa missão”, concluiu.

Kadu diz que defende que Mossoró merece maior protagonismo e que torce para que ocupe mais espaços, a começar pela Assembleia Legislativa, que “na eleição passada nenhum nome com base em Mossoró, 2ª maior cidade do RN, se elegeu. Num passado recente já teve 4”.

Apesar do histórico real de chapas derrotadas com vices indicados por Mossoró – coincidência ou não – Kadu Ciarlini lembrou que as últimas 3 eleições majoritárias foram definidas por Mossoró.

“Em 2006 para o Senado, em 2010 para o governo e em 2014 para o senado e governo, as vantagens criadas por quem venceu a eleição na cidade foram praticamente irreversíveis no restante do estado. Quando se abre uma vantagem expressiva em Mossoró é dificílimo reverter”, justificou.