Holiday

Thaisa Galvão

26 de dezembro de 2017 às 23:43

Missa de 7º dia de Sebastião Saldanha será 5ª feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Será na quinta-feira, 28, a missa de 7º dia de Sebastião Veras Saldanha, que morreu na sexta-feira passada.

Sebastião era casado com Marlúsia de Souza Saldanha e deixou os filhos Tatianna e Bianca, e os netos Marina e Rafael.

A missa será às 18h30 na Capela São Judas Tadeu, na avenida Rodrigues Alves, em Natal.

26 de dezembro de 2017 às 23:10

Prévis do carnaval de Caicó terá bloco infantil Pula Pula [0] Comentários | Deixe seu comentário.

As radialistas Gláucia Lima e Suerda Medeiros apresentaram hoje, em Caicó, o projeto do bloquinho Pula Pula, uma prévia infantil do carnaval caicoense.

O bloquinho será o primeiro para crianças no maior carnaval do interior do Rio Grande do Norte.

A apresentação aconteceu na Sorveteria Slup, e foi animada pela orquestra de frevo Furiosa, que vai puxar o Pula Pula.

26 de dezembro de 2017 às 22:10

Fábio Faria se reúne com Temer e discute nova forma de ajuda ao RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do deputado federal Fábio Faria (PSD) no instagram:

26 de dezembro de 2017 às 21:56

Governo federal tenta saída para salvar finanças do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1 – Brasília

Fazenda e Banco Mundial estudam plano para ajudar o RN, diz Tesouro

Secretária Ana Paula Vescovi afirmou que ajuda não envolverá recursos da União, mas, sim, um empréstimo do Banco Mundial ao estado. Ministério da Fazenda negou ajuda de R$ 600 milhões

Por Laís Lis

A secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, afirmou nesta terça-feira (26) que está em estudo no Ministério da Fazenda e no Banco Mundial um plano para ajudar o Rio Grande do Norte.

Com os salários dos servidores atrasados, o estado tinha o objetivo de receber R$ 600 milhões da União, por meio de uma medida provisória. Mas o Ministério da Fazenda negou o repasse após recomendação do Ministério Público de Contas.

Segundo Ana Paula Vescovi, o plano em análise deve incluir uma operação de crédito do Banco Mundial ao estado para dar alívio temporário às contas públicas, além de um programa de controle de gastos.

A secretária também afirmou que a União não repassará valores ao Rio Grande do Norte.

O plano, acrescentou Ana Paula, poderá servir de parâmetros para outros estados que a exemplo do Rio Grande do Norte tenham baixo índice de endividamento, mas enfrentam dificuldades financeiras.

Tratatamento igual

Ao comentar o assunto nesta terça, Ana Paula Vescovi disse também que a decisão do Ministério da Fazenda de vetar a ajuda foi tomada porque o governo tem uma preocupação com relação ao tratamento igualitário entre os estados.

Segundo a secretária, qualquer ajuda orçamentária ao Rio Grande do Norte e a outros estados neste momento estão descartadas.

26 de dezembro de 2017 às 17:57

Apontados como articuladores para impedir repasse federal ao governo do RN, Garibaldi e Agripino emitem nota negando [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois que o governo federal acabou com a esperança dos servidores públicos do Rio Grande do Norte, de receberem os salários atrasados, meio mundo de gente nas redes sociais passou a apontar os senadores José Agripino Maia (DEM) e Garibaldi Filho (PMDB) como culpados pela decisão do Planalto.

Os senadores emitiram notas negando que tenham atuado junto aos aliados do Planalto para impedir o repasse do dinheiro que garantiria os salários dos servidores.

“Desafio a quem esteja espalhando essa mentira a provar que eu tenha estado com qualquer membro do TCU, ministro ou não, ou sequer tenha estado fisicamente no TCU tratando de qualquer assunto que viesse a dificultar interesses do RN, principalmente do funcionalismo público do meu Estado. Repilo veementemente esta calúnia que, além de me atribuir a força que eu não teria para cometer a perversidade que tentam me atribuir, me imputa a desinteligência de adotar procedimentos que estariam me colocando na contramão da relação positiva que eu sempre tive com o funcionalismo do RN. Reafirmo minha determinação em continuar solidário com a ação desenvolvida pelo presidente da Câmara dos Deputados, meu companheiro de partido, para que se encontre solução ao impasse criado e que está retardando a liberação dos anunciados recursos, os quais desejo que cheguem e atendam às justas expectativas dos servidores. Servidores que, tenho certeza, desejam continuar a servir à sociedade potiguar”, desclarou José Agripino.

Já Garibaldi falou pelo telefone com o presidente Temer.

Segundo assessoria do senador, Temer disse que  o parecer do Tribunal de Contas da União (TCU) inviabilizou a edição da Medida Provisória que transferiria recursos financeiros para o Governo do RN.

“A não observância do parecer levaria o governo a incorrer em crime de responsabilidade fiscal. Ao lamentar o episódio, o Presidente da República afirmou que a área econômica examina outras alternativas”, diz a nota de Garibaldi, que depois de conversar com o presidente telefonou para o governador Robinson Faria.

26 de dezembro de 2017 às 15:40

Recurso pede que governo federal reforme decisão e mantenha auxílio-financeiro ao RN [2] Comentários | Deixe seu comentário.

O Governo do Rio Grande do Norte vai protocolar hoje no Ministério da Fazenda um Recurso Hierárquico Próprio dirigido ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em defesa da edição da Medida Provisória que prestaria auxílio-financeiro ao Estado.

O documento foi preparado após manifestação pública do Ministério, na manhã de hoje, informando que suspendeu a edição da MP que prestaria auxílio ao RN.

O Governo solicita que o Governo Federal “reforme a decisão recorrida, afastando todo e qualquer impedimento ao trâmite administrativo da Medida Provisória a ser editada em socorro ao Rio Grande do Norte”.

No documento assinado pelo governador Robinson Faria, o Governo do RN historia que no dia 12 de dezembro o Tribunal de Contas da União, em julgamento de consulta formulada pelo Ministério do Planejamento, deu o aval à abertura de crédito extraordinário pela União para transferência de recursos a Estados em grave crise financeira, de acordo com o previsto constitucionalmente.

“Jamais houve qualquer intenção em descumprir vedações constitucionais e legais atinentes à destinação dos valores a serem transferidos”, diz o documento, e acrescenta que “o repasse se enquadra no conceito de Transferência Obrigatória Legal, sem vedação na Constituição”.

No recurso, o Governo do RN destaca a importância da transferência de recursos para a manutenção dos serviços essenciais à população, diante do momento de extrema dificuldade financeira pelo qual passa o Estado, gerada por uma combinação de circunstâncias que inclui a crise econômica, a redução de repasses federais, seca prolongada, queda drástica na receita vinda de royalties e aumento do déficit previdenciário.

26 de dezembro de 2017 às 11:09

Solidariedade pode perder vaga na Câmara se Klaus Araújo se eleger deputado estadual [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O Solidariedade poderá perder a única vaga que restou na Câmara Municipal de Natal.

Isso se o único vereador do partido, Klaus Araújo, for eleito deputado estadual.

Klaus é um dos pré-candidatos do partido do deputado Kelps Lima, que diz que disputará reeleição mas tem o nome cotado para concorrer ao Senado, ao Governo, à Câmara Federal…

Voltando à Câmara, o SD tinha ainda os vereadores Paulinho Freire e Eudiane Macedo, que deixaram a legenda e deverão se filiar ao PMN, assim como o atual presidente da Casa, Raniere Barbosa.

Kelps e Klaus

26 de dezembro de 2017 às 9:34

A cara transposição do São Francisco [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para quem acha que a transposição do São Francisco vai levar só benefícios aos estados que deverão receber água, olhe o que acertaram o ex-presidente Lula e os governadores envolvidos: vem aí mais despesas…

Do Globo de hoje: