Thaisa Galvão

9 de janeiro de 2018 às 23:19

Quem são os comandantes das pastas que serão extintas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Quem são os auxiliares do governador Robinson Faria que comandam as pastas que serão extintas pelo Executivo, caso a matéria seja aprovada na Assembleia Legislativa?

Na Emgern está Júlio César, do PSD, ex-candidato a prefeito de Ceará-Mirim, ex-diretor-geral do Detran e ex-detentor do cargo que ocupa hoje.

Na mini reforma feita há menos de um mês, Júlio foi trocado do Detran para a Emgern.

Na Emprotur está Manoel Gaspar, que era adjunto e assumiu a titularidade com a saída da ex-titular Aninha Costa.

Na Seara está Raimundo Costa Neto, que foi indicado pelo PT mas, por escolha do governador, se manteve no cargo após rompimento do partido com o Governo do Estado.

A pasta de Esportes é comandada por Canindé França, nome do PCdoB do vice-governador Fábio Dantas.

No DEI está Arthur Peres, indicado do deputado federal Antônio Jácome (Podemos).

E na Datanorte, Rildo Tarquínio de Albuquerque, escolha do governador.

Os nomes nos comandos não deverão deixar o governo.

Deverão responder pelas ações das pastas que comandam, porém no organograma das pastas pelas quais serão absorvidos.

9 de janeiro de 2018 às 22:31

Pelo menos 6 órgãos do Governo serão extintos [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Pelo menos 6 órgãos do Governo do Estado serão extintos, extinguindo aí, do organograma do Estado, quase 20% dos cargos comissionados.

A Emgern será extinta.

O que é a Emgern: uma empresa gestora de ativos do Governo, criada para administrar os ativos do ex-Bandern e ex-BDRN.

Uma empresa desnecessária, pois.

A Emprotur será extinta e com ela vários cargos celetistas.

Os serviços da Emprotur podem, sempre puderam, e serão absorvidos pela Secretaria de Turismo.

A Secretaria de Estado de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária – Seara – será extinta e suas funções absorvidas pela Secretaria de Agricultura.

A Secretaria Estadual de Esporte e Lazer – SEEL – será absorvida pela pasta da Educação.

O Departamento Estadual de Imprensa – DEI – será extinto e sua principal função, de editar e imprimir o Diário Oficial do Estado, será integrada à Assessoria de Comunicação.

A Datanorte finalmente será extinta, cumprindo lei de 1995 que mandava acabar com a pasta que hoje abriga, em sua maioria, servidores já aposentados mas que optaram por continuar na ativa.

A reforma que será votada na Assembleia exonera os servidores com dois rendimentos (ativo e inativo).

9 de janeiro de 2018 às 22:13

A conta dos comissionados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Dos 1.380 cargos comissionados do Governo, o que representa pouco mais de 1% da folha, 20% serão demitidos.

Em números serão 270 demissões, o que representa uma economia de cerca de 700 mil reais por mês.

Para equilibrar as contas e manter a folha em dia, o Governo tem que conter o déficit mensal que é de mais de 100 milhões.

A maioria dos comissionados que serão exonerados, atua nas pastas que serão extintas.

9 de janeiro de 2018 às 18:03

Governador assina documento garantindo cumprir pauta de reivindicações e polícias acenam com fim da greve [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Associações de policiais civis, militares e bombeiros foram se reunir com o governador Robinson Faria, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, o líder do governo na AL, Dison Lisboa e os auxiliares da área econômica do governo

E a greve das polícias caminha para o fim…

Ontem, os representantes das categorias se reuniram até tarde da noite com o secretário Vagner Araújo para discutir a pauta de reivindicações…

Hoje os policiais foram ouvir do governador e garantir dele a assinatura de que tudo será cumprido.

Entre o que ficou alinhado pelo Estado há o compromisso de não abrir processo administrativo ou punir a categoria.

Também a garantia do pagamento integral do salário de dezembro aos ativos, reservistas e pensionistas no dia 12 de janeiro…

Ainda a disponibilização de verbas federais para investimentos em infraestrutura…

O aumento do vale-alimentação de 10 para 20 reais, e o reajuste da diária operacional, de 50 reais para 107 reais e 15 centavos.

Além disso, segundo o Governo, ficou acertada a chegada, até a sexta-feira, 12, de 50 novas viaturas para os batalhões da Polícia Militar.

Além dos salários em dia, constavam nas demandas urgentes dos policiais e bombeiros miliares a cobrança por manutenção preventiva das viaturas, fornecimento de fardamento e de equipamentos necessários às atividades dos militares, além do reajuste do vale alimentação e extensão do benefício para o interior do estado.

9 de janeiro de 2018 às 17:32

Governador convoca Assembleia para votar pacote que poderá garantir liberação de recursos para pagar folhas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Terminada a reunião do governador Robinson Faria com os deputados estaduais, Robinson entregou ao presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, a convicação extraordinária da AL.

A previsão é que a sessão extraordinária seja realizada na 5ª feira.

Na sessão os deputados vão votar a matéria do Executivo que pede autorização ao legislativo para demitir, vender ativos e reajustar de 11% para 14% a alíquota da contribuição previdenciária sobre os salários dos servidores.

As medidas são os critérios exigidos pelo governo federal para liberar 600 milhões de reais para o governo do Rio Grande do Norte equilibrar as contas e regular as folhas salariais em atraso.

Fotos Thaisa Galvão

9 de janeiro de 2018 às 3:02

Temer sem crédito [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Michel Temer está sem crédito…

Gastou tudo antes da hora e agora…

Leia nota do Globo de hoje:

9 de janeiro de 2018 às 0:39

Juliska Azevedo diz que deixa o cargo grata ao governador Robinson Faria [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A jornalista Juliska Azevedo, que deixou hoje a Secretaria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte, declarou que só tem a agradecer ao governador Robinson Faria.

Pelo espaço, pelo aprendizado, pela oportunidade de crescimento.

Juliska disse que deixou o Governo por entender que já cumpriu com sua missão.