Thaisa Galvão

15 de janeiro de 2018 às 22:22

Vídeo: Vice-presidente do PSDB, Tião Couto confirma que vai deixar o partido e que pode disputar o Governo do Estado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Vice-presidente estadual do PSDB, o empresário Tião Couto anunciou agora à noite: vai se desfiliar do partido, alegando falta de espaço.

Na entrevista que nos concedeu no Jornal da Noite, da 95FM, Tião confirmou que será candidato e que o projeto pode ser majoritário, de Governo

Tião, que foi candidato a prefeito de Mossoró, integra o grupo de empresários que discute um novo rumo para a política do Rio Grande do Norte.

Confira a entrevista:

15 de janeiro de 2018 às 17:50

Filiado ao PCdoB rompido com o Governo, vice Fábio Dantas diz que sua preocupação é equilibrar contas do Estado [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O vice-governador Fábio Dantas poderá trocar de partido, já que seu PCdoB rompeu com o governo do qual ele faz parte.

Mas essa não parece a preocupação maior do vice.

“Continuo onde estou, preocupado em ajudar nosso Estado. O momento é muito difícil, precisamos estar unidos em defesa do Rio Grande do Norte. Enquanto poucos se preocupam com nosso Estado, muitos só pensam em eleição”, declarou Fábio ao Blog.

Quanto a nova filiação partidária, Fábio afirmou que recebeu convites de diversas legendas.

15 de janeiro de 2018 às 17:41

Chapa de novos pode ter Tião Couto ou Cláudio Santos como pré-candidato a governador [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Chapa que vem sendo desenhada por empresários a partir de Mossoró já tem como certa a pré-candidatura ao Senado do maior produtor de melão do mundo, Luiz Roberto, da Agrícola Famosa.

A chapa teria como pré-candidato a governador ou o empresário Tião Couto, vice-presidente do PSDB, mas de malas prontas para assumir o PTB ou Avante, ou o desembargador Cláudio Santos

O presidente da Fecomercio Marcelo Queiroz é cogitado para vice como o nome de Natal.

Tião Couto nesse caso disputaria uma vaga na Câmara Federal, deixando a outra vaga de Senador para um nome da capital.

Ainda sem partido, Luiz Roberto segue para São Paulo para definir qual grande legenda deverá comandar.

15 de janeiro de 2018 às 17:34

Marcelo Queiroz pode ser o nome do prefeito Carlos Eduardo no projeto desenhado por empresários de Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mesmo aliadíssimo do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), o presidente da Fecomercio, Marcelo Queiroz (PDT) se mostrou interessado no projeto de Governo que vem sendo discutido, a partir de Mossoró, por um grupo de empresários que não querem votar, nem para Governo nem para Senado, em nomes que já figuram na política do Rio Grande do Norte.

Mas como Queiroz se integraria a um projeto que não fosse o de Carlos Eduardo?

Mais um sinal de que a candidatura do prefeito de Natal ao Governo do Estado já não é mais um projeto prego batido e ponta virada de Carlos Eduardo.

Marcelo Queiroz, que foi cogitado para ser vice de Carlos Eduardo na campanha passada, é um nome lembrado para ser vice na chapa que vem sendo formada por empresários.

E que pode ter como candidato a governador, o ex-candidato a prefeito de Mossoró, Tião Couto ou o desembargador Cláudio Santos.

Na chapa dos empresários, Marcelo Queiroz seria, na realidade, a presença de Carlos Eduardo no projeto novo.

Carlos não disputaria o Governo mas teria o aliado Marcelo Queiroz como vice.

E permaneceria prefeito da capital abrindo oportunidade para a mulher Andrea Ramalho Alves ser candidata a deputada: estadual ou federal.

O interesse de Marcelo Queiroz – ou de Carlos Eduardo? – foi mostrado numa conversa do presidente da Fecomercio com o mossoroense Tião Couto na semana passada.

15 de janeiro de 2018 às 17:21

Estado quebrado pode adiar projeto do prefeito Carlos Eduardo disputar o Governo do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Começa a arrefecer, pelo menos entre aliados da gestão municipal de Natal, o projeto do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) de disputar o Governo do Rio Grande do Norte.

O prefeito já se posicionou mais, entre os aliados, como pré-candidato a governador.

Hoje, quem conversa com ele, sente o temor de entrar num projeto que, mesmo se for vitorioso, corre risco de já nascer falido.

Quebrado, o Estado tem pouca chance de se recuperar em tempo de um próximo governador assumir o cargo em clima de tranquilidade, e é disso que Carlos Eduardo quer fugir.

15 de janeiro de 2018 às 16:00

Projetos do Executivo continuam tramitando e não serão votados nesta 3ª feira na Assembleia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Não adianta os servidores fazerem movimento nesta terça-feira na Assembleia Legislativa.

É que a votação, antes prevista para amanhã, não vai acontecer, já que os projetos continuam tramitando nas comissões.

E como nada foi lido hoje, pelo Regimento não terá votação amanhã.

Ponto.

15 de janeiro de 2018 às 15:45

Em desabafo, deputado Fábio Faria faz admite erros e alerta para união em torno do RN [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Fábio Faria (PSD) emitiu nota sobre o momento que vive o Brasil e o Rio Grande do Norte, e admitiu: há erros, inclusive dele, a serem corrigidos.

Hora de Somar. Hora de agir.

Nada como uma crise forte, com recessão recorde, crise política, econômica e de ética para fazer com que paremos para pensar e tentar entender porque chegamos ao colapso.

Primeiro precisamos reconhecer que erramos.

Erramos muito em maltratar tanto o nosso país. Todos erraram.

Eu também errei.

Precisamos reconhecer que câmaras municipais, assembleias legislativas e Congresso Nacional votaram, por muitos anos, benefícios, promoções e aumentos de qualquer segmento, sem que se preocupassem de onde viria o dinheiro.

Se tivéssemos sido mais cuidadosos e enquadrado tudo dentro da realidade financeira da União, estados e municípios, não seria preciso tomar hoje medidas tão amargas para resolver o problema.

O que é melhor: protelar a solução e viver de buscar a cada mês recursos paliativos e ceder a pressões, ou é mais prudente pararmos de enxugar gelo e buscar a verdadeira solução?

É hora de olhar para nós mesmos, esquecer o retrovisor e esquecer a eleição deste ano. Focar no nosso compromisso com a nação e com o nosso estado.

É hora de darmos as mãos e mostrarmos com total transparência onde está a solução para isso tudo.

Abrir as caixas pretas em todos os lugares, para ver onde podemos enxugar a máquina pública. É hora de cada um cortar na própria carne. A hora é agora e é Urgente.

Em pleno ano de 2018, não podemos mais ter um militar se aposentando aos 40 anos de idade, após ter ficado dois anos cedido; um delegado se aposentando aos 47 anos, em plena greve da categoria, e com salário de R$ 38 mil; médicos com 18 matrículas diferentes em vários municípios e mais a do estado, todas com o mesmo salário.

Não podemos ter políticos mantendo privilégios.

Os políticos precisam fazer uma reflexão. Parar de pensar na próxima eleição e pensar na próxima geração.

É preciso coragem pra admitir isso. E não podemos, por fim, conviver com um crescimento de 78% da folha de pagamento do Estado ou uma folha de inativos maior do que a de ativos.

Precisamos ter responsabilidade e dar a nossa contribuição, votar medidas que possam valer o nosso mandato.

É hora de parar de hipocrisia e enfrentar o debate.

É urgente fazer tudo isso.

Preciso desabafar: é duro lutar todos os dias por recursos que possam cobrir o rombo mensal de um Estado em que a despesa supera em mais de R$ 100 milhões a receita.

É duro bater, toda semana, na porta dos ministérios e bancos públicos, muitas vezes de forma até humilhante, por sermos um Estado pequeno.

Eu não me nego a fazer este trabalho, e farei sempre que necessário, até porque fui eleito e sou pago para isso.

Mas buscar só na União a salvação não resolve nosso problema no Rio Grande do Norte.

O Governo do RN resolveu cortar ainda mais na própria carne, mesmo já tendo diminuído o custeio e as despesas nesses três últimos anos (temos hoje a menor folha de cargos comissionados do Brasil).

O nosso problema é muito mais profundo, é estrutural, é de herança e se iniciou há muitos anos.

Mas não é hora de encontrar culpados. É hora de somar, de nos unir, bancada federal, estadual, poderes, Ministério Público, entidades e sociedade civil, e fazer o que tem de ser feito: salvar o RN da falência!

Sei que existe uma equipe competente no governo estadual, e sei que já foram definidos o caminho e a estratégia.

O pacote RN Urgente é uma oportunidade única para corrigir as distorções históricas, sendo a principal delas a nossa previdência, que não se sustenta mais do jeito que está e que vai falir o nosso Estado.

Como membro do Parlamento Nacional, e conhecedor da importância de uma casa legislativa para dar suporte a medidas emergenciais do executivo, posso afirmar: o papel da Assembleia Legislativa nesta semana é crucial, aprovando as medidas, para fazer um gesto a favor do RN.

Só existe uma segunda chance quando a gente é capaz de reconhecer que errou na primeira. O governo já reconheceu a sua parte da culpa e já preparou o pacote RN Urgente.

O governador Robinson já admitiu a sua cota de responsabilidade e está 100% envolvido na solução.

E eu, Fábio Faria, admito aqui meus erros e reafirmo que tenho feito e continuarei a fazer tudo o que estiver ao meu alcance.

Em favor do meu país, o Brasil.

E principalmente em favor do meu Estado, o Rio Grande do Norte.

Eu quero um RN melhor para os potiguares, para minha família e para meus filhos, Jane e Pedro.

Fábio Faria.

Deputado Federal.

15 de janeiro de 2018 às 15:03

Sugestão da AL é passar Ceasa para o comando dos permissionários [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), recebeu hoje uma comissão da Ceasa que protestava contra a venda da empresa.

Ezequiel recebeu a comissão ao lado dos deputados Hermano Morais (PMDB) e Getúlio Rêgo (DEM) e o diretor-presidente da Ceasa, Theodorico Bezerra Neto.

Antes da reunião, o presidente da AL esteve com o governador Robinson Faria (PSD)e os secretários Vagner Araújo e Gustavo Nogueira.

A sugestão do legislativo é que os permissionários assumam a gestão da companhia.

“Há muita desinformação sobre as mensagens governamentais encaminhadas ao Legislativo. Como não foi bem explicado, muitas categorias estão sendo levadas a interpretar algumas medidas equivocadamente. A Ceasa é um exemplo. Ao saber da possibilidade dos permissionários assumirem a Central de Abastecimento fui ao governador durante o café da manhã, na companhia de dois secretários, e há a possibilidade de uma emenda ao Projeto de Lei governamental e viabilizar o repasse da gestão para os permissionários e atacadistas”, disse Ezequiel.

“Nosso papel é tirar as dúvidas da sociedade sobre as mensagens que não foram explicadas ou negociadas com as diversas categorias. Nosso papel é este. Ser um canal de diálogo, de negociação”, disse Hermano.

“Somos sensíveis à crise econômica do Governo. Mas também estamos sensíveis em ouvir a sociedade e tomar uma decisão sobre as medidas do Governo com foco e visão social”, acrescentou Getúlio Rêgo.

15 de janeiro de 2018 às 12:30

Manifestantes protestam contra venda da Ceasa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Permissionários, fornecedores, funcionários e vendedores da Ceasa protestam em Natal contra a venda da empresa estadual, prevista no pacote de medidas do Governo para equilibrar as contas públicas.

Os manifestantes saíram às 9 horas da sede da Ceasa e neste momento estão na Assembleia Legislativa, onde uma comissão é recebida pelo presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza.

Deputados conversam com servidores e explicam o pacote do governo que começou a tramitar nas comissões temáticas da Casa.

15 de janeiro de 2018 às 12:10

PM é assassinado em São Gonçalo do Amarante [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mais um policial é assassinado no Rio Grande do Norte.

O segundo agora em 2018.

No ano passado foram 20 os agentes de segurança mortos no Estado.

O PM André Mário Siqueira estava em uma casa de shows em São Gonçalo do Amarante e foi atingido por tiros disparados por um grupo que atiraram por todo o percurso da rua.

15 de janeiro de 2018 às 12:06

Bandidos explodem bancos em Santo Antônio do Salto da Onça [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Madrugada violenta no município de Santo Antônio do Salto da Onça, no Agreste do Rio Grande do Norte.

Bandidos explodiram caixas de agências do Bradesco e Banco do Brasil.

Depois saíram atirando pela cidade.

15 de janeiro de 2018 às 10:20

Protesto: Engarrafamento na frente do Walfredo pode atrasar atendimento de urgência [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Certo que os servidores da Saúde tem todo direito de protestar contra atraso nos salários, retirada de direitos…

Mas, na hora que um protesto acontece na frente do maior pronto-socorro do Estado, o Walfredo Gurgel, e atrapalha o fluxo de trânsito em uma das avenidas mais movimentadas da capital, aí os servidores que protestam contra retirada de direitos…retiram direitos, por exemplo, de alguém doente que precise chegar com urgência ao pronto-socorro.

Um dia eles vão compreender isso.

Foto Kennedy Diniz

15 de janeiro de 2018 às 9:44

Sem bomba e sem limpeza, lagoa do Santarém enche e já ameaça alagar casas mais uma vez [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Moradores do conjunto Santarém, na zona Norte de Natal, começam a sofrer, mais uma vez, em mais um ano, os efeitos das chuvas na lagoa de captação do bairro.

Sem bomba e sem limpeza desde 2013, a lagoa encheu com a forte chuva de agora há pouco e está num nível que já ameaça invadir as casas como acontece a cada temporada de chuvas.

O jornalista Rodrigo Klynger mais uma vez enviou imagens da lagoa, que o Blog divulga mais uma vez – o que vem fazendo há alguns anos.

Vamos ver se dessa vez alguém toma providências antes das casas serem invadidas pela água…suja.

Veja o vídeo de Rodrigo Klynger:

15 de janeiro de 2018 às 4:07

Bancada federal vai discutir com Temer sobre medidas do governo do Estado para equilibrar contas do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Marcada para às 15 horas desta terça-feira uma reunião da bancada federal do Rio Grande do Norte com o presidente Michel Temer.

A audiência foi marcada pelo deputado federal Fábio Faria (PSD), a pedido de deputados federais e senadores, que demonstram apoio ao Estado no enfrentamento à crise.

A bancada vai discutir com Temer a aplicação das medidas apresentadas pelo Governo do Estado, algumas por exigência do Governo Federal, para recuperar as finanças do Estado.

O reajuste de 3% da contribuição previdenciária dos servidores estaduais é uma das exigências do Palácio do Planalto para liberar recursos para o Rio Grande do Norte.