Thaisa Galvão

18 de janeiro de 2018 às 12:51

Advogado de Henrique acusa juiz de imparcialidade e pede troca de comando da operação Manus na Justiça Federal do RN [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Pelo terceiro dia consecutivo a Justiça federal ouve testemunhas de acusação da operação Manus, que mantém na prisão o ex-deputado Henrique Alves.

Na lista de ouvidos como testemunhas hoje, o tesoureiro do PMDB, Eurico Alecrim, e ainda Cláudio Porpino, Jerônimo Melo e o vereador de Caicó, Lobão.

A fase de depoimentos termina hoje e continuará em abril, quando serão ouvidos Marcelo Odebrecht, da Odebrech, Ricardo Pernambuco, da OAS, e o doleiro operador do PMDB, Benedito Barbosa da Silva Júnir.

Na audiência de hoje, uma polêmica travada entre o advogado de Henrique e o juiz federal responsável pelo caso.

Veja reportagem da InterTV Cabugi:

A imagem polêmica de Henrique, cumprimentando a imprensa com o polegar de “tudo bem”, registrada há três dias, não foi repetida hoje.

Inserida na reportagem acima, a imagem é de arquivo de 3 dias atrás.

Basta checar a cor do paletó de hoje, em tom azul, e a cor do paletó abaixo, em tom mais escuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*