Holiday
Holiday

Thaisa Galvão

16 de fevereiro de 2018 às 16:41

Mídia nacional divulga nome de Flávio Rocha como plano B de FHC após nova desistência de Luciano Huck [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na mídia nacional:

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) vai continuar procurando uma alternativa fora do reduto tucano para disputar a Presidência nas eleições deste ano, após o apresentador de TV Luciano Huck sair do páreo. FHC quer testar o nome do empresário Flávio Rocha, dono das Lojas Riachuelo, segundo apurou o jornal “Folha de S.Paulo”.

De acordo com a publicação, após Huck anunciar que não deixará a TV Globo para disputar o Planalto, FHC pediu a um conhecido que trabalha com marketing político para realizar uma pesquisa qualitativa sobre nomes que podem ter força para ir ao pleito.

Isso porque o tucano estaria convencido de que Geraldo Alckmin (PSDB) não vai se viabilizar como o candidato do partido. Hoje, Alckmin tem 10% das intenções de voto, segundo pesquisas.

O ex-presidente deve apoiar o nome do correligionário, mas vai estimular uma outra opção, segundo a “Folha”.

PERFIL

O presidente da Riachuelo disse, no início do mês, em entrevista ao Gazeta Online, que o “clamor que existe é de um candidato que seja liberal na economia e conservador nos costumes. Ou seja, de direita na economia e de direita nos valores”.

Flávio Rocha lançou em janeiro um movimento formado por empresários que pretendem influenciar o debate eleitoral. O “Brasil 200 Anos” é uma referência aos dois séculos  – desde a Proclamação da Independência – que se completam em 2022, quando se encerra o mandato do presidente eleito em outubro deste ano.

No fim do mês passado, a “Folha” também publicou que Flávio Rocha disse, durante debate em São Paulo, que o Brasil precisa de um candidato que alinhe ideias conservadoras para a economia e a sociedade.

A fala foi uma crítica de Rocha a Jair Bolsonaro, a quem chamou de popular pelo discurso conservador nos costumes, mas de ideias econômicas “de esquerda”.

“A gente precisa de um (ex-presidente americano, Ronald) Reagan ou de uma (ex-primeira ministra do Reino Unido, Margaret) Thatcher, alguém que seja liberal na economia e conservador nos costumes. É isso que o povo tá pedindo muito”, afirmou , de acordo com a “Folha”.

Rocha tem apoio do grupo de direita Movimento Brasil Livre (MBL), próximo à ala tucana de João Doria, prefeito de São Paulo. FHC não tem afinidade com o MBL, mas já reconhece que as opções estão ficando escassas, segundo o jornal.

16 de fevereiro de 2018 às 13:22

Exploração no carnaval: Procon apura cobrança por uso de mesas em bares e restaurantes do Largo do Atheneu [3] Comentários | Deixe seu comentário.

O Procon estadual abriu processo para apurar a cobrança abusiva por parte de bares e restaurantes, pelo uso de mesas no espaço público do carnaval.

Segundo o diretor geral Cyrus Benavides, os proprietários dos estabelecimentos serão intimados a apresentar defesa e posterior parecer técnico.

A consequência poderá ser o pagamento de multa.

A Choperia Petrópolis, o Bombar e o restaurante Osteria, no Largo do Atheneu, cobraram 100 reais por cada mesa colocada no meio da rua, no espaço público.

Quem tentou entrar no Osteria para pedir um prazo, era informado que a mesa custava 100 reais.

Na Chopperia até dava para pedir um petisco rápido…mas para comer em pé.

A menos que pagasse 100 reais para sentar, usar o banheiro.

Só consumir não oferecia o conforto não.

Tinha até garçon botando pulseirinha em cliente para identificar quem teria direito ao uso do banheiro.

Um leitor do Blog disse que no sábado o uso das mesas não estava sendo cobrada, mas pelo menos na segunda e terça…ou 100 ou em pé.

É o famoso olho grande que termina por atrapalhar um projeto que vem crescendo.

Exploração.

16 de fevereiro de 2018 às 13:09

Mérito do prefeito pelo resgate do carnaval dispensa o discurso político [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito Carlos Eduardo Alves não precisa mais ficar dizendo – nem nos palcos nem nas redes sociais – que conseguiu resgatar os antigos bons carnavais de Natal.

Com a festa ficando maior a cada ano, o mérito, indiscutivelmente, será dele, e dele ninguém vai tirar.

Todo mundo já sabe que foi Carlos Eduardo como prefeito quem transformou Natal em um polo de carnaval.

E como toda redundância peca, desnecessário o discurso com tom político que mais atrapalha do que ajuda.

O prefeito não teria sido vaiado na abertura do carnaval, nem no show dos Paralamas do Sucesso e nem no desfile das Kengas, se tivesse evitado o microfone.

A presença foi bem recebida em todos os polos, mas o discurso político, ninguém quer mais ouvir.

O prefeito de Salvador, ACM Neto, foi o mais popular do Brasil no maior carnaval do Brasil

Pulou, dançou, postou vídeos nas redes sociais, e quando terminou a festa, resumiu o agradecimento a 15 segundos.

Precisava mais?

Não.

16 de fevereiro de 2018 às 12:48

Raniere Barbosa: “2018 será marcado por iniciativas em prol da população” [1] Comentários | Deixe seu comentário.

No primeiro dia de trabalhos, na Câmara Municipal de Natal, o presidente Raniere Barbosa adiantou que 2018 será marcado por projetos e iniciativas que garantam mais transparência e que tragam benefícios diretos para os cidadãos natalenses.

“Vejo com um olhar muito positivo o ano de 2018, principalmente na minha gestão, que temos uma frente de trabalho com várias ações a serem realizadas. Ações essas que vêm a fortalecer a atuação da Câmara, garantindo eficiência e transparência e também a beneficiando o cidadão. O ano de 2018 será marcado por iniciativas em prol da população”, disse.

Entre as ações projetadas para a Câmara estão as melhorias das instalações físicas da Casa visando dar mais condições de trabalho para os servidores e ampliar a produção legislativa dos vereadores, implantação da Ouvidoria Cidadã, do Procon Câmara, do Memorial da Câmara, além de projetos como o Câmara Cidadã, a Câmara Verde e a Biblioteca Virtual, além de melhorias no Portal da Transparência e na comunicação institucional da Casa.

Raniere também destacou que a Mesa Diretora vai manter o papel de dialogar com todos os parlamentares com o objetivo de garantir o aumento da produção legislativa, como aconteceu em 2017, quando a Lei Orçamentária Anual (LOA) foi aprovada antes do tempo e ainda houve tempo hábil para a aprovação de dezenas de projetos consensuais.

“O Brasil está passando por um período de mudanças e temos que trabalhar cada vez mais para garantir o diálogo sempre de olho no benefício para o cidadão. Por isso continuaremos a presidir a Mesa dos trabalhos sempre abertos ao diálogo”, finalizou.

16 de fevereiro de 2018 às 12:36

Tião Couto diz que não tem medo de disputar eleição com grupos poderosos e chapões de grandes partidos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O empresário mossoroense Tião Couto, vice-presidente estadual do PSDB, voltou a dizer hoje que vai deixar o partido e que em breve definirá seu rumo partidário.

“O PSDB do RN fez uma opção por permanecer velho e inerte”, disse em entrevista à Rádio Difusora.

 

Ex-candidato a prefeito de Mossoró, ele disse que está satisfeito porque hoje vê a semente plantada há dois anos frutificando em todo o Estado.

“Temos hoje muita gente se envolvendo com a política no Estado todo, descruzando os braços, pessoas de bem entendendo que precisam se mexer porque senão os maus políticos vão continuar ditando os rumos do nosso Estado”.

 

Ele afirmou que não teme disputar eleição com os grupos poderosos e chapões dos partidos mais fortes.

“Quem saiu de onde eu saí, enfrentou todo tipo de adversidade, trabalhou de serviço braçal e hoje gera dois mil empregos, não vai ter medo de algo assim”.

 

Apontado como pré-candidato a governador, o empresário defendeu ações para retomar a credibilidade do Estado e atrair empresas para gerar emprego e renda.

 

“Não dá mais para a população pagar tantos impostos e ver a ineficiência como retorno”, disse o governadorável que sugeriu a união de poderes e instituições para fazer a população compreender que é preciso enxugar a máquina para não haver disparidade entre os setores, um com muito e outros sem nada.

16 de fevereiro de 2018 às 10:11

Intervenção na segurança do Rio pode impedir a votação da reforma da Previdência [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Será assinado hoje à tarde pelo presidente Michel Temer, decreto de intervenção na segurança pública no Estado do Rio de Janeiro.

A partir de hoje as Forças Armadas assumem a responsabilidade do comando das Polícias Civil e Militar no estado do Rio, mas a decisão ainda terá que passar pelo Congresso Nacional.

Como em caso de intervenção a Constituição Federal não pode ser alterada, a reforma da Previdência, que é uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) não poderá ser votada na semana que vem.

A menos que a intervenção seja suspensa durante a votação.

Coisas do Brasil que brinca…

16 de fevereiro de 2018 às 0:11

Citação a Micarla na mensagem de Carlos Eduardo foi o sinal mais claro de que o prefeito poderá disputar o Governo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) começou sua mensagem anual, a décima que faz em sua vida na abertura dos trabalhos anuais da Câmara, falando na sua antecessora Micarla de Sousa.

A ex-prefeita governou Natal até outubro de 2012.

De lá para cá, Carlos Eduardo governou 2013, 2014, 2015, 2016, 2017 e governa 2018, pelo menos até o dia 7 de abril, quando deverá, ou não, renunciar ao cargo para disputar o Governo do Estado

E por que Carlos Eduardo não consegue se esquecer de Micarla?

Por duas coisas:

A primeira: É sabido que o prefeito tem pesquisas, que tem feito para definir se será ou não candidato a governador, que mostram que ainda se compara – de tanto que ele fala – a gestão de Micarla com as dele.

E a segunda: Com a imagem reforçada a cada discurso, de que salvou Natal de uma gestão que não deu certo, ele se apresenta como apto a salvar o Rio Grande do Norte da gestão do governador Robinson Faria (PSD), que vem enfrentando uma crise atrás da outra e não tem dado sinais de que botará os salários dos servidores em dia.

Foi esse o sinal, na mensagem loooonga, que Carlos Eduardo deu de que poderá vir a disputar o Governo.

Outro sinal, mais sutil, foi quando falou do Turismo, menino dos olhos do governador Robinson.

Houve um princípio de enfrentamento com quem o prefeito já sabe que poderá ter como adversário.

Porque Robinson pode até não disputar a reeleição, mas sua gestão será o alvo do provável candidato Carlos Eduardo.

Como é Micarla até hoje: o combustível para chegar mais depressa ao andar de cima das pesquisas.

Pesquisas, aliás, que vem dando destaque não a Carlos Eduardo, não a Robinson Faria, maaasss…à senadora governadorável Fátima Bezerra (PT).

Que não foi sinalizada na mensagem, mas que poderá ser a grande adversária do prefeito.

16 de fevereiro de 2018 às 0:07

Na mensagem lida na Câmara Carlos Eduardo não deu esperança ao vice Álvaro Dias [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sem dar sinais claros de que será candidato a governador, a mensagem anual do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) foi de desesperança pelo menos para um eleitor: o vice-prefeito Álvaro Dias (PMDB).

O prefeito encerrou o balanço de suas gestões falando em continuar trabalhando por Natal, e não pelo Rio Grande do Norte.

Sinal de que a Prefeitura continuará sob seu comando.

A menos que até 7 de abril ele tenha outra ideia na cabeça.

16 de fevereiro de 2018 às 0:05

Raniere Barbosa critica Carlos Eduardo por ainda citar Micarla em sua mensagem [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E em entrevista à 96FM, logo depois da leitura da mensagem do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), o presidente da Câmara, Raniere Barbosa comentou o teor da mesma…

E criticou o fato do prefeito ter citado a antecessora Micarla de Souza, que deixou a Prefeitura em outubro de 2012.