Thaisa Galvão

21 de fevereiro de 2018 às 8:16

Presidentes da Câmara e do Senado não vão tomar o ‘café velho e frio’ de Michel Temer [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Sem condições, por falta de votos, de aprovar a reforma da Previdência, o presidente Michel Temer botou a viola no saco em forma de intervenção federal no Rio de Janeiro…

Maass…não desistiu da Previdência e agora quer promover mudanças em forma de projetos de lei ou dando uma paradinha rápida na intervenção.

Brincadeira.

O Congresso já está reagindo e os presidentes da Câmara e do Senado começaram a bater o pé.

O do Senado, Eunício Oliveira, disse que não é o Governo que pauta matérias na Casa, se referindo à possibilidade, da cabeça de Temer, de suspender por um tempinho a intervenção para votar a PEC da Previdência.

Para isso, Eunício suspendeu a tramitação da reforma da Previdência e de outras alterações na Constituição.

O presidente da Câmara Rodrigo Maia pegou pesado e disse que não colocará em votação mudanças na Previdência por projeto de lei.

Rodrigo Maia ainda atacou as 15 velhas medidas que o presidente Michel Temer apresentou como novas e como se a pauta fosse do governo.

“Esse é um café velho e frio que não atende como novidade a sociedade”, criticou Maia.

“Do jeito que eles apresentaram é como se fosse a pauta do governo no Legislativo, isso é um abuso”, reagiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*