Thaisa Galvão

9 de março de 2018 às 17:35

Nas redes sociais Maurício Gurgel denuncia descaso da Semsur com os milhões usados na decoração natalina [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vereador Maurício Gurgel (PSOL) está denunciando o descaso com o dinheiro público por parte da Secretaria de Serviços Urbanos da Prefeitura de Natal.

Ele postou nas redes sociais a visita que fez a um galpão da Semsur, na Ribeiro, onde constatou que os materiais utilizados na decoração natalina da capital, na qual o Município gasta de 3 a 4 milhões, estão jogados, se acabando expostos a sol e chuva.

Depois da postagem do vereador, a Semsur se pronunciou afirmando que vai guardar os materiais.

Mas só depois da postagem, no terceiro mês depois do período natalino.

Suplente de vereador, mas atuando durante a licença do titular Sandro Pimentel, Maurício Gurgel está fiscalizando geral.

Ele propôs e a Comissão de Educação da Câmara acatou, a convocação de representantes das secretarias de Educação e de Planejamento da Prefeitura, e da empresa terceirizada que contrata servidores para a Educação.

A intenção do vereador é descobrir porque os terceirizados da Educação estão com os salários atrasados.

9 de março de 2018 às 13:19

Codern está tomando providências jurídicas após invasão do MST com apoio da UFRN [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Codern sobre a invasão do grupo de sem terra ao porto de Natal na noite desta quinta-feira:

Nota

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) lamenta veementemente o episódio ocorrido na noite desta quinta-feira (08), onde um protesto com a presença de manifestantes do Movimento dos Sem Terra (MST), denominado de “Marcha das Mulheres”, invadiu o Porto de Natal, impondo sérios riscos aos próprios invasores e aos trabalhadores portuários, em plena atividade.

Repudiamos a depredação ao patrimônio público, com as pichações feitas e informamos a não ocorrência de confronto entre os manifestantes e os guardas-portuários, que agiram com total sensibilidade e eficiência, convencendo o grupo a desocupar o local.

A CODERN já está tomando as providências jurídicas cabíveis.

*

Até o momento a UFRN não se pronunciou.

Os manifestantes, depois de invadirem e pixarem áreas internas do porto, saíram em um ônibus da Universidade.

9 de março de 2018 às 13:12

CEI Romualdo se associa a grupo de São Paulo e anuncia construção de unidade na zona Sul de Natal [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O Colégio CEI Romualdo vendeu parte de suas ações ao Grupo Somos, de São Paulo, e anuncia que a partir de agora, com o apoio do novo sócio, dará início ao projeto de construção de uma nova unidade na zona Sul de Natal.

Em nota emitida aos pais, a escola garante que não acontecerão mudanças na qualidade do ensino.

Eis a nota:

Senhores Pais,

Em virtude das especulações feitas em publicação digital e dos questionamentos de alguns pais, voltamos a falar com os senhores sobre a parceria realizada entre o CEI e a SOMOS Educação.

Em circular enviada aos senhores em 02/02, informamos todas as novidades planejadas para 2018, ao registrarmos:

“Firmamos, também, uma nova e importante parceria com a SOMOS Educação – considerado o principal grupo de Educação Básica no país – que visa, essencialmente, a melhoria contínua da qualidade dos serviços educacionais já disponibilizados aos nossos alunos, assim como a expansão e potencialização do trabalho desenvolvido no CEI, oferecendo nossa metodologia a um número cada vez maior de estudantes”.

Nessa perspectiva, o grupo SOMOS entra no nosso projeto de expansão, construindo nova unidade da nossa escola na zona sul de Natal.

Assim que os projetos arquitetônicos estiverem concluídos, compartilharemos com os senhores, para que fiquem informados sobre onde e como serão as novas instalações.

Quanto à matriz, continuará, como sempre, funcionando na Av. Romualdo Galvão, com mesmo projeto pedagógico e administrativo já reconhecido por toda comunidade natalense.

Não haverá qualquer mudança de pessoas ou processos, tampouco descaracterização da nossa forma de trabalho.

A parceria, inclusive contratualmente, preserva a singularidade da nossa escola, dos processos pedagógicos, e dos atuais gestores na condução do trabalho.

O interesse do CEI nessa parceria caracteriza-se pela ampliação das suas instalações, assim como pela possibilidade de aumentar o número de pessoas atendidas pelo nosso projeto pedagógico.

A SOMOS Educação visa a possibilidade de que nosso projeto educativo seja compartilhado com as demais escolas da rede de ensino deles.

Outro benefício é um contato estreito com as evoluídas tecnologias educacionais das quais o grupo SOMOS é detentora e poderá adicionar muito com o trabalho ora desenvolvido em nossa escola.

Sem mais para o momento, estamos disponíveis para quaisquer futuros esclarecimentos.

9 de março de 2018 às 10:04

Ex-ministro Delfim Netto e sobrinho são alvos de operação da lava-jato [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-ministro Delfim Netto, de 89 anos, foi alvo de operação da lava-jato na manhã desta sexta-feira.

A 49ª fase deflagrada hoje e da Lava Jato, batizada de Buona Fortuna, cumpre 9 mandados de busca e apreensão em Curitiba (PR), São Paulo, Guarujá (SP) e Jundiaí (SP).

O sobrinho do ex-ministro, Luiz Apolônio Netto, também é alvo da operação.

As investigações apuram propina para favorecer o consórcio que venceu a licitação para construção da Usina de Belo Monte, no Pará.

O nome de Delfim Netto apareceu na delação de Flávio Barra, ex-executivo da Andrade Gutierrez, que afirmou ter pago 15 milhões de reais a ele, como pagamento por sua atuação na montagem do consórcio de empresas.

Os contratos fictícios foram firmados com empresas do sobrinho de Delfim.