Thaisa Galvão

28 de março de 2018 às 21:44

Renúncia de Carlos Eduardo poderá ser para disputar o Governo ou o Senado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A pedra no sapato do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), chamado Kelps Lima (SD), pode até mudar os planos do prefeito…

Mas poderá não impedi-lo de renunciar até o dia 7 de abril.

Disposto a entregar a Prefeitura ao vice Álvaro Dias (MDB), Carlos Eduardo deverá deixar o cargo e avaliar o que dizem os estudos em relação à pré-candidatura de Kelps.

Aí, se o deputado continuar melhor do que ele, em vez do Governo, Carlos Eduardo poderá disputar o Senado, completando a chapa que a senadora e pré-candidata ao Governo, Fátima Bezerra (PT), tanto sonhava: ela para o Governo e a deputada Zenaide Maia (PHS) e o prefeito Carlos Eduardo para o Senado.

O prazo para renunciar é 7 de abril, mas Carlos Eduardo, caso decida sair, deverá deixar a Prefeitura no dia 5, uma quinta-feira, com margem para solucionar qualquer pendência jurídica que venha a surgir.

Fora da Prefeitura, Carlos Eduardo vai encarar uma disputa preliminar com Kelps…

Se reagir e dar as costas para o deputado, será sim, candidato a governador.

Se não ultrapassar Kelps, Carlos poderá disputar o Senado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*