Thaisa Galvão

6 de abril de 2018 às 9:24

Deputados do MDB não querem coligar chapa proporcional com o PDT [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A notícia de que a primeira-dama de Natal, Andreia Ramalho Alves, pode disputar uma vaga na Assembleia Legislativa acendeu a luz vermelha – e não verde – na bancada estadual do MDB.

É que, pelo que vem sendo tratado pelo partido, o MDB se coligará com o PDT, partido ao qual Andreia está filiada.

Os deputados do MDB, Hermano Morais, Gustavo Fernandes e Nelter Queiroz, mais o pré-candidato Adjuto Neto, filho do vice-prefeito Álvaro Dias (MDB), não querem nem ouvir falar nessa coligação na chapa proporcional e já há ameaça de, até amanhã, saída do partido.

O que os emedebistas mais temem é a candidatura de Andreia em uma coligação onde só há praticamente o nome dela, já que o PDT não cuidou de montar uma nominata.

Os deputados temem perder espaços para o PDT.

Um problema para o senador Garibaldi Filho, presidente do MDB, tratar direto com o prefeito e pré-candidato a governador Carlos Eduardo Alves (PDT).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*