Thaisa Galvão

9 de abril de 2018 às 11:06

Ré na lava-jato, Gleisi Hoffman é escolhida porta-voz de Lula para discutir projeto do PT nas eleições [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Da coluna Painel, na Folha de hoje:

 

Lula aponta Gleisi como porta-voz e pede a Haddad para dialogar com partidos

Eu sou o caminho

Lula usou as horas que antecederam sua prisão e o tempo que teve com aliados na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba para orientar o PT. Numa tentativa de manter o partido sob controle, empoderou a senadora Gleisi Hoffman (PR) apontando-a como sua porta-voz. Em São Bernardo do Campo, falou com o ex-prefeito Fernando Haddad, visto como o plano B para a disputa presidencial. Disse que ele estava liberado para continuar falando com outras legendas sobre 2018.

*

Do BlogA senadora porta-voz de Lula foi indiciada pela Polícia Federal em março de 2016, por corrupção passiva, sob acusação de ter recebido, ela e o marido Paulo Bernardo, R$ 1 milhão de propina da Petrobras.

Em maio de 2016 ela e o marido foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF).

Em setembro do mesmo ano o STF, por unanimidade, aceitou a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra Gleisi na Operação Lava Jato e ela virou ré.

*

Continuando…da coluna Painel:

 

Façam fila

A defesa do ex-presidente começa a definir nesta segunda (9) a lista de advogados e familiares que serão autorizados a visitá-lo na prisão. Os defensores têm acesso a qualquer hora. A família, uma vez por semana.

 

Novo membro

Advogada, Gleisi deve ser incluída na relação como integrante da equipe de defesa de Lula.

 

Posseiro

O PT quer fazer de Curitiba ponto de romaria para líderes políticos brasileiros e estrangeiros. A sigla fará eventos no acampamento montado pelos apoiadores de Lula todos os dias e discute a possibilidade de transferir a sede nacional do partido para a capital paranaense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*