Thaisa Galvão

16 de abril de 2018 às 18:12

Antes da decisão do CNJ de proibir retroativo de licença-prêmio, presidente da AMARN discute assunto com juíza do Trabalho e é aconselhado a se preservar [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Tempo fechado no aeroporto de São Gonçalo no final da tarde, no embarque do vôo 1791 da Gol, com destino a Brasília.

Assunto em pauta: o retroativo a 1996 das licenças-prêmio dos juízes do Rio Grande do Norte.

Conversa ouvida por leitora do Blog deu conta da chateação do presidente da AMARN, juiz Herval Sampaio, que desabafava com a juíza do Trabalho, Maria Rita Manzarra, sobre a entrevista ao vivo que concedeu ao RNTV.

Sampaio falava em alto e bom tom sobre o juízo de valor feito pela InterTV Cabugi que quase concluía a entrevista sem que ele se explicasse.

Na entrevista Herval falava da legalidade do retroativo e a apresentadora Emmily Virgílio questionava a moralidade de juízes receberem retroativo de até 365 mil reais.

O presidente da AMARN falava de uma nota oficial que queria emitir.

Na nota mostrada a Manzarra, um trecho falava da “incompreensão” da imprensa e de parte da sociedade.

A juíza pediu, quase que encarecidamente, para tirar essa parte.

E deu um conselho final ao juiz: “se preserve”.

Os dois entraram no avião, ela se dirigindo a uma poltrona da fila 3 e ele a uma poltrona da fila 10.

Ah…

Antes os dois combinaram de conversar com uma pessoa chamada Jaime….e de marcar um encontro com Expedito.

Os dois juízes na fila do embarque:

Quando eles embarcavam, Ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) anunciava que não autorizava o pagamento de licenças-prêmio aos magistrados do Poder Judicário potiguar.

E com a decisão o Tribunal de Justiça suspendeu o pagamento.

16 de abril de 2018 às 17:24

Karla Veruska tem nome cogitado para compor chapa com o governador Robinson Faria [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Chamado de vice de todos, antes de entrar para a política e ser cogitado para vice de várias chapas que disputavam a Prefeitura de Natal, Raniere Barbosa foi eleito vereador…

Eleito, reeleito…

Agora o presidente da Câmara está às voltas com mais uma situação parecida.

Presidente do Avante no RN e pré-candidata a deputada federal, a mulher de Raniere, Karla Veruska, vem sendo sondada para vice.

Pelas conversas que vem acontecendo, Karla seria um nome para compor a chapa de reeleição do governador Robinson Faria (PSD).

Por enquanto sondagens…

16 de abril de 2018 às 17:12

Palocci, Marcelo Odebrecht e mais 40 vão falar no processo que investiga “Quadrilhão do MDB” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por Camila Bomfim, TV Globo, Brasília

O Juiz da 12ª Vara da Justiça Federal em Brasília , Marcus Vinicius Reis, autorizou os depoimentos de 42 pessoas no processo em que amigos do presidente Michel Temer se tornaram réus acusados de integrar uma organização criminosa.

O juiz atendeu a pedido do Ministério Público Federal no Distrito Federal.

Do total de 42 testemunhas, a maioria é de delatores – 36 são colaboradores da Lava Jato – que serão ouvidos no processo do chamado “quadrilhão do MDB”.

Entre os réus dessa ação penal, estão os ex-deputados Eduardo Cunha e Henrique Alves e os amigos do presidente Michel Temer João Batista Lima Filho, ex-coronel da Polícia Militar de São Paulo; o advogado José Yunes, ex-assessor de Temer; e o ex-deputado e ex-assessor da Presidência Rodrigo Rocha Loures.

Entre as testemunhas a serem ouvidas no processo estão o ex-ministro Antônio Palocci , o empresário Marcelo Odebrecht, do grupo Odebrecht; Ricardo Pessoa, da empreiteira UTC; o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró ; o operador Fernando Baiano; o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado e o ex-senador Delcidio do Amaral.

O Ministério Público diz que Yunes e Lima serviam de emissários e arrecadadores de propina para o partido e para Temer.

De acordo com o MP há suspeita de que Loures fosse emissário de Temer na Caixa Econômica Federal em um suposto esquema de desvios.

Todos negam as acusações. O MP pediu as prisões dos investigados sob o argumento de que havia risco de cometerem crimes, mas o juiz Marcus Vinicius Reis negou o pedido.

Os amigos do presidente, Yunes , Lima e Loures já foram presos em outras investigações. Yunes e Lima cumpriram prisão temporaria na Operação Skala, no início do mês, que investiga empresários do setor de portos e as relações deles com amigos do presidente em troca de supostos benefícios .

A pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, os soltou antes do fim do prazo inicial da prisão temporária.

Loures foi preso a partir da delação da JBS, em junho do ano passado, por causa da mala com R$ 500 mil que teria recebido de Ricardo Saud, delator e ex-diretor do grupo J&F. Menos de um mês depois ele conseguiu liberdade com restrições, por decisão do ministro Edson Fachin, do STF.

16 de abril de 2018 às 12:20

Rogério Marinho conta com apoio do prefeito de Macaíba [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Rogério Marinho (SDB) está certo de que terá o apoio do prefeito de Macaíba, Fernando Cunha.

No PSD, se diz que Cunha vai apoiar a reeleição do deputado Fábio Faria.

Rogério conta com o apoio a partir das emendas destinadas a Macaíba desde seu primeiro mandato na Câmara.

16 de abril de 2018 às 11:04

Projeto de recuperação de barragens do RN começa pelo município de Lucrécia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Governo do Rio Grande do Norte começou pelo município de Lucrécia, no Oeste, o projeto de recuperação das barragens do Estado.

O contrato para obra emergencial foi assinado no sábado pelo secretário de Assistência Social e coordenador do Governo Cidadão, Vagner Araújo e o secretário de Recursos Hídricos, Mairton França.

Desde que foi construído, na década 30, a barragem de Lucrécia não recebeu reparos ou manutenção.

A licitação para recuperação, manutenção e infraestrutura das barragens de Lucrécia e de Pataxó, em Ipanguaçu, já foi publicada no Diário Oficial.

O investimento previsto nessas duas obras é de 7,2 milhões, e os recursos são do Governo Cidadão através do Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial.

O deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB) e a prefeita de Lucrécia, Ceição Duarte, acompanharam a assinatura do contrato.

Fotos  João Vital

16 de abril de 2018 às 9:42

Termina com sucesso a edição Natal da Campus Party [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Foi sucesso a edição Natal da Campus Party, a maior experiência tecnológica do mundo que aconteceu na capital do Rio Grande do Norte pela primeira vez, entre 11 e 15 de abril.

Dos 5 mil campuseiros presentes, 2 mil estiveram acampados em 1500 barracas, sendo mil barracas simples e 500 duplas.

O público entre 18 e 29 anos dominou, com 74% dos participantes nessa faixa etária.

O evento foi mais masculino, tendo recebido entre seus visitantes e participantes, 62% de homens e apenas 38% de mulheres.

Foram mais de 250 horas de conteúdos e mais de 300 palestrantes

A Campus Party já produziu edições na Espanha, Holanda, Alemanha, Reino Unido, Argentina, Panamá, El Salvador, Costa Rica, Colômbia e Equador, Itália e Cingapura.

A edição Natal foi encerrada no sábado à noite pelo presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia, e o governador Robinson Faria.

 

16 de abril de 2018 às 8:39

Ezequiel Ferreira participa de cavalgada a convite do prefeito de Espírito Santo, Fernando Teixeira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito do município de Espírito Santo, Fernando Teixeira (PSDB), foi o anfitrião deste domingo.

Ele recebeu, para a tradicional Cavalgada dos Amigos, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

A cavalgada fez o percurso entre Espírito Santo e Jundiá e reuniu centenas de cavaleiros.

Terminada a cavalgada, como sempre faz em suas visitas ao interior, Ezequiel conversou com lideranças dos dois municípios e lembrou de ações de seu mandato na região como operação tapa-buracos, doação de viatura policial e ambulância, pavimentação de ruas e o veículo refrigerado para o transporte da produção da agricultura familiar…

16 de abril de 2018 às 8:25

Bispos da igreja católica do RN cobram ação da bancada federal para garantir programa de cisternas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A igreja católica do Rio Grande do Norte está cobrando da bancada federal, ações esforços junto ao Ministério do Desenvolvimento Social  para garantir a liberação de recursos para execução do Programa de Cisternas – Água na Escola.

Eis a nota:

 

Aos Senadores e Deputados Federais do Rio Grande do Norte

A/C – Deputado Felipe Maia – Coordenador da Banca Federal-RN no Congresso Nacional.

 

A Igreja Católica no Rio Grande do Norte, por seus pastores: Dom Jaime Vieira Rocha, arcebispo metropolitano de Natal; Dom Mariano Manzana, bispo diocesano de Mossoró; e Dom Antônio Carlos Cruz Santos, bispo diocesano de Caicó, une-se às organizações da sociedade civil que integram a Rede Asa Potiguar, para requerer dos Senadores e Deputados Federais do Rio Grande do Norte, maior esforço junto ao Ministério do Desenvolvimento Social para que sejam garantidos e liberados os recursos financeiros previstos no último Edital de Chamamento Público nº 03/2017 – Lote 7/RN – MDS/SESAN – o qual previa a seleção de entidades sem fins lucrativos para a execução do Programa de Cisternas – Água na Escola, em nosso Estado, no valor de 10 milhões de reais.

 

Publicado o resultado final do Chamamento Público, a entidade selecionada para executar o programa, no Rio Grande do Norte, foi a AP1MC, (Associação Programa Um Milhão de Cisternas) – conforme consta no extrato do resultado do certame publicado no site oficial do referido Ministério.

Estranhamente, no momento em que foi apresentado o Plano de Trabalho pela AP1MC, o Estado Potiguar foi excluído por orientação do MDS, sem nenhuma explicação plausível que justifique tão gravosa decisão.

 

Excluir o Rio Grande do Norte de mais uma oportunidade de executar as tecnologias sociais de convivência com o semiárido, é contribuir para o agravamento ainda mais da escassez de águas para as famílias que vivem da agricultura familiar, no momento em que o Estado atravessa um dos piores ciclos da seca, que já perdura por seis (6) anos.

 

Dados recentes dão conta que dos 163 municípios do Rio G. do Norte, 95 estão sem água, já que suas fontes de abastecimento entraram em colapso total.

Hoje, dependem de carros-pipa para amenizar a falta d´água para o consumo humano e animal.

 

O programa de cisternas, sem nenhuma dúvida, tem se mostrado eficiente e eficaz, não somente para armazenar a águas das chuvas, mas, também, para dar suporte na distribuição de água transportada pelos carros-pipa.

 

Por essa razão é que reconhecemos a necessidade de somarmos esforços com todas as forças vidas da sociedade civil e os agentes políticos do nosso Estado para reivindicar do MDS/SESAN, os recursos financeiros necessários para a execução das cisternas, conforme previsto no Edital.

 

Por fim, no Tempo Pascal, onde celebramos alegremente a Vitória da Vida sobre a morte, pela gloriosa Ressurreição de Jesus – que é Deus-Conosco – rogamos abundantes graças e bênçãos sobre todos os que trabalham e se esforçam para a promoção e defesa do Bem Comum e da Justiça Social, especialmente, os que exercem a atividade parlamentar em nome do Povo Potiguar, a fim de que sejam fiéis aos compromissos republicanos que os motivam para a defesa e promoção dos legítimos interesses e direitos de nossa gente.

 

Natal(RN), 13 de abril de 2018

 

Dom Jaime Vieira Rocha

Arcebispo Metropolitano de Natal

Dom Mariano Manzana

Bispo Diocesano de Mossoró

Dom Antônio Carlos Cruz Santos

Bispo Diocesano de Caicó

Dom Heitor de Araújo Sales

Arcebispo Emérito de Natal

Dom Matias Patrício de Macedo

Arcebispo Emérito de Natal