Thaisa Galvão

24 de abril de 2018 às 8:04

Delação de Eduardo Cunha volta à cena e preocupa ainda mais o presidente Michel Temer [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E por Brasília, nos bastidores jurídicos, já se dá como certa a delação do ex-deputado Eduardo Cunha (MDB), preso há um ano e meio por corrupção apurada pela lava-jato.

Cunha já tentou delatar mas o ex-procurador geral da República, Rodrigo Janot, não demonstrou um pingo de interesse.

Queria deixar Cunha na prisão até prender mais amigos do ex-presidente da Câmara.

Porém…

O que se diz em Brasília é que a atual procuradora Raquel Dodge já admite a delação que vem sendo negociada, e inclusive fez muitas exigências que Cunha teria acatado.

Teria aceitado até cumprir parte da pena.

Deve falar.

E encalacrar ainda mais os amigos Geddel, Henrique, e, claro, o presidente Michel Temer, alvo maior do interesse na delação de Eduardo Cunha.

No Planalto, preocupação extra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*