Thaisa Galvão

5 de maio de 2018 às 6:35

Fim do G10 salva a pele de deputados com dificuldades de reeleição [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E o G10, grupo formado por 10 partidos, com intenção de formar uma coligação para eleger deputados estaduais e um federal…implodiu.

Foi o que foi avaliado em reunião nesta sexta-feira, comandada pelo advogado Luiz Gomes (Patriota), já que o coordenador do grupo, Paulinho Freire, não mais compareceu às discussões desde que se filiou ao PSDB.

Pela reunião desta sexta, o PTC e o Avante, bandeados para o governo Robinson Faria, estariam expulsos do grupo.

E o PTB e PPS, que oficialmente se integraram ao projeto de reeleição do governador, foram intimados a escolher: ou ficam no grupo ou ficam no governo.

No grupo do PSD de Robinson, os partidos integrarão uma coligação boa também e perderão pouco com a saída do G10, logo, não deverão se intimidar.

Com o esfacelamento do grupo – porque com apenas 6 partidos o número de votos obtidos numa coligação será bem menor – quem achou a maior graça mesmo foram deputados com dificuldades de reeleição

Porque o tal G10 era uma ameaça diante da possibilidade de eleger vários novos, provocando uma renovação maior no plenário da Assembleia Legislativa.

O fim de um grupo que parecia forte, salvou a pele de alguns deputados.

Só para lembrar, o G10 foi formado pelos seguintes partidos:

PSDC, Avante, PSL, PMB, PMN, PRP, PPS, PTB, Patriota e PTC.

Desses, além dos 4 que já se foram, mais 4 já estão de conversê com o grupo do governador.

Só o PSL e o Patriota não admitem trocar de lado.

O PSL porque era o Livres, mais independente, e o Patriotas…porque já foi de lá, fica chato voltar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*