Thaisa Galvão

31 de agosto de 2018 às 11:37

Liminar: Juiz determina que TV Cabugi receba programas eleitorais sem cobrar dos candidatos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O juiz Ricardo Tinoco de Góes deferiu há pouco, pedido de liminar concedendo aos partidos e coligações, o direito de entregar os programas eleitorais em DVD.

A emissora havia imposto um sistema que só ela tem, e que é pago, onde cada programa seria entregue em link, e cada link custaria a cada candidato, o valor de 300 reais.

A procuradora eleitoral, Cibele Benevides, em reunião essa semana com representantes de partidos, considerou ilegal a imposição do formato pago.

Acionado pelo partido Rede, o juiz concedeu liminar proibindo a afiliada da Globo de fazer a cobrança, e obrigando a mesma a receber os programas em formato de DVD.

Mesmo com o combinado de todos os partidos de não pagarem a Cabugi, a campanha do candidato Carlos Eduardo Alves (PDT) saiu do combinado, pagou, e hoje as únicas inserções veiculadas foram as dele.

Veja trechos da liminar.

Veja trecho da mesma ação também impetrada pela campanha da candidata Fátima Bezerra (PT):

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*