Thaisa Galvão

13 de outubro de 2018 às 10:23

O palanque festivo de Fátima e o clima de derrota no palanque de Carlos Eduardo [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O segundo turno começa com dois palanques bem opostos no Rio Grande do Norte.

No palanque da candidata Fátima Bezerra (PT), uma maioria de 222.217 votos sobre o segundo colocado, uma senadora eleita com 660.315 votos (Zenaide), o segundo e terceiro deputados federais mais votados (Natália Bonavides e Mineiro), três deputados eleitos pela coligação, sendo dois do PT (Isolda, Chico do PT e Souza)…e um presidenciável ainda na disputa (Haddad).

No palanque de Carlos Eduardo Alves (PDT), dois senadores derrotados (Garibaldi Filho e Antônio Jácome), um senador que não conseguiu se eleger deputado federal (José Agripino), um deputado federal derrotado (Beto Rosado), e dois candidatos DA CASA a deputado estadual,derrotados (Adjuto Dias, filho do prefeito de Natal Álvaro Dias, e Nina Souza, candidata do próprio Carlos Eduardo). Nem presidenciável restou no palanque, já que Ciro Gomes (PDT) não foi para o segundo turno, restando o apoio a um candidato que rejeita o apoio dele…

Resta saber agora para onde irão as forças políticas do Estado…

Mas…que forças políticas?

Os grandes líderes, reconhecidos por seus sobrenomes poderosos, estão fora do jogo.

Assim como os grandes figurões da política brasileira, também foram derrotados.

Resta saber então, para onde irão cada eleito e seus grupos setorizados…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*