Thaisa Galvão

14 de outubro de 2018 às 23:54

Postagens do deputado eleito General Girão sobre caravana de Bolsonaro em Natal não citam candidato a governador [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Até que ponto declarar apoio ao presidenciável Bolsonaro vai reverter o apoio em votos para o candidato a governador Carlos Eduardo Alves (PDT)?

Neste domingo o candidato foi às ruas no que ele chamou de caravana da virada

Não anunciou a presença de líderes da campanha de Jair Bolsonaro, como o senador derrotado Magno Malta, do PR do Espírito Santo, e o caicoense senador eleito pelo Podemos do Mato Grosso, José Medeiros.

Pelo que os bolsonaristas postaram em suas redes sociais, o movimento era em prol do candidato a presidente, e não do candidato a governador.

Malta não citou Carlos Eduardo em suas redes sociais como mostra a postagem anterior…

E o General Girão, eleito deputado federal pelo PSL do Rio Grande do Norte, também não fez referência à campanha local.

Pelo que foi postado por Girão, o movimento foi da campanha presidencial.

Confira as postagens de Girão, que pode até ter pedido votos para o candidato a governador, mas não quis documentar.

A campanha do Rio Grande do Norte não foi citada nem nas #hashtegs finais…

Foi uma caravana pró Bolsonaro, como deverão ser as próximas pelo interior

14 de outubro de 2018 às 19:48

Grupo do deputado Ezequiel Ferreira definirá palanque de segundo turno nesta semana [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente do PSDB, o deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza, mais votado nas eleições de 7 de outubro, está conversando com aliados antes de se definir sobre o palanque do segundo turno.

Com Ezequiel, seguirá também alguns deputados estaduais, prefeitos, lideranças do interior.

Também no grupo, o deputado federal mais votado, Benes Leocádio (PTC).

O anúncio será feito nesta semana que está começando.

14 de outubro de 2018 às 19:39

Bolsonaro só apoia 3 candidatos a governador neste 2º turno: de Roraima, Rondônia e Santa Catarina [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidenciável Jair Bolsonaro deixou bem claro, segundo noticiário do jornal O Globo deste domingo:

Só apoia 3 candidatos a governador neste segundo turno: em Roraima, Rondônia e Santa Catarina.

O presidenciável mantém a linha de não apoiar candidatos que não sejam do seu partido.

Veja trechos da reportagem do Globo:

14 de outubro de 2018 às 19:28

Derrotado nas urnas do Espírito Santo, senador Magno Malta acompanha Carlos Eduardo Alves em carreata mas nas redes sociais não cita o candidato do RN [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Derrotado nas urnas do Espírito Santo, apesar de defensor do presidenciável do PSL e de quase ter sido o vice de Bolsonaro, o senador Magno Malta foi o exemplo de que o fenômeno Bolsonaro não dá certo para todo mundo.

Ou melhor…

Não dá certo para quem não é do PSL.

Magno Malta é do PR.

No Senado desde 2003, Malta foi derrotado.

Perdeu para um candidato da Rede e um do PPS.

Hoje Magno Malta esteve em Natal.

Sem pompas nas redes sociais.

Nas redes do candidato a governador Carlos Eduardo Alves (PDT), nenhuma cotação à presença do senador derrotado.

E uma foto registrando muito timidamente, e para quem conhece, a presença de Magno Malta.

Nas redes de Magno Malta, nenhuma citação a Carlos Eduardo.

Na postagem abaixo, a única citação de Magno Malta a um potiguar foi ao senador do Mato Grosso José Medeiros, que nasceu em Caicó.

Medeiros é senador pelo Pode, partido presidido no Rio Grande do Norte pelo deputado Antônio Jácome, candidato a senador e derrotado, que estava no palanque móvel ao lado de Carlos Eduardo e de Magno Malta…mas não foi citado nas postagens.

Para Magno Malta, a carreata de hoje em Natal não foi de Carlos Eduardo Alves.

Foi de Bolsonaro.

14 de outubro de 2018 às 18:55

Quinto mais votado na Assembleia, Nelter Queiroz não terá palanque no segundo turno das eleições [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Filiado ao MDB que está no palanque do candidato a governador Carlos Eduardo Alves (PDT), mas eleitor do governador Robinson Faria (PSD) no primeiro turno, o deputado Nelter Queiroz não vai participar do segundo turno das eleições.

Primeiro da coligação MDB/DEM/PDT/Pode e quinto mais votado na totalização dos votos para deputado estadual, Nelter se manterá distante dos palanques dos candidatos em quem não votou no primeiro.

Ao Blog ele explicou que suas bases eleitorais pelo interior do estado estão divididas.

São lideranças que votaram nele e em vários candidatos a governador.

Por isso ele diz que evitará o palanque do segundo turno para se manter fiel aos seus apoiadores.

Para Nelter, nem Carlos Eduardo nem Fátima Bezerra.

14 de outubro de 2018 às 18:45

Rosalba na segunda fila do palanque móvel [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o Blog mostrou ontem, a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) perdeu o protagonismo da campanha do candidato a governador, Carlos Eduardo Alves (PDT) em Mossoró neste segundo turno.

Assumiu o comando da campanha o General Girão, até bem pouco tempo seu secretário de Segurança, que se elegeu deputado federal pelo PSL, partido do presidenciável Bolsonaro.

Apostando que vai acontecer a mesma coisa com o candidato agora bolsonarista Carlos Eduardo, a campanha mudou a identidade.

Perdeu os senadores Garibaldi Filho (MDB) e José Agripino Maia (DEM), o deputados federal Beto Rosado (PP), a deputada estadual Larissa Rosado (PSDB), a vereadora Sandra Rosado (PSDB)…

E tirou da fila da frente do palanque móvel de carreatas e comícios, a prefeita Rosalba.

Ontem a prefeita participou da mobilização em Mossoró, mas, como coadjuvante.

Na fila da frente, Girão, Carlos Eduardo e Kadu.

Uma aparição rápida de Rosalba foi postada na rede social dela.

A imagem abaixo não consta das redes dos candidatos.

Durante o discurso do filho Kadu, Rosalba circulou pela segunda fila do palanque móvel

14 de outubro de 2018 às 13:26

Em Barcelona, prefeito faz mobilização para comemorar vitória de Ezequiel Ferreira e Benes Leocádio [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Deputados estadual e federal mais votados nas eleições de 7 de outubro, Ezequiel Ferreira (PSDB), reeleito, e Benes Leocádio (PTC) foram juntos neste sábado ao município de Barcelona.

Foram recebidos pelo prefeito Neto Mafra (PCdoB), bem avaliado no município.

Mafra afirmou a Ezequiel que no segundo turno seguirá alinhado com ele.

14 de outubro de 2018 às 13:14

Certus: Instituto que nunca admitiu quarta posição para o senador Garibaldi Filho divulga pesquisa nesta segunda-feira [2] Comentários | Deixe seu comentário.

O instituto Certus divulgará pesquisa nesta segunda-feira.

Vai apresentar os números do segundo turno no Rio Grande do Norte para presidente e governador.

O Certus errou em pesquisas do primeiro turno.

Nunca admitiu colocar o senador Garibaldi Filho na quarta colocação, como foi no resultado das urnas.

Pelo instituto Certus, Garibaldi começou em primeiro lugar, passou para segundo e, no máximo, assumiu a terceira posição.

Isso quando outros institutos revelavam a posição mais desfavorável do senador do MDB.

O Certus continuou insistindo em segurar um cenário que não existia.

Na pesquisa da véspera da eleição, os percentuais do Certus para o Senado eram os seguintes:

 

Capitão Styvenson com 16,31%. Nas urnas ele ficou com 25,63%

Zenaide com 13,58%, Nas urnas o resultado foi 22,62%

Garibaldi Filho em terceiro lugar com 12,41%. Nas urnas, resultado equivalente – 12,93% – só que em quarta posição

Geraldo Melo, segundo o Certus, terminava a campanha em quarto lugar com 12,13% dos votos. Terminou em terceiro, com 13,14%

 

Para o Governo:

 

De acordo com o instituto Certus, na última pesquisa antes da eleição, Fátima Bezerra teria 36,1% dos votos. Obteve 46,17.

Carlos Eduardo Alves era o segundo colocado com 25,82%. Terminou em segundo, mas com 32,45%

Robinson Faria teria 9,65%, de acordo com o Certus. Segundo as urnas, ficou com 11,85% dos votos.

Breno Queiroga foi o grande erro do instituto Certus, que apontou o candidato na quarta colocação com apenas 2,7% dos votos. As urnas deram 6,56% dos votos ao quarto colocado.

*

Segundo o instituto Certus, a maioria de Fátima Bezerra sobre Carlos Eduardo seria de 10,28%.

Segundo as urnas, a maioria de Fátima Bezerra sobre Carlos Eduardo foi de 13,72%

14 de outubro de 2018 às 1:35

Eleito deputado na Paraíba, ex-secretário de Justiça do RN, Lampião chama de “viadagem” a “esculhambação” que tomou conta do Brasil [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do site paraibano ‘Bastidores da Política’ sobre o delegado Walber Virgulino, o “Virgulino Lampião” que foi secretário de Justiça no Rio Grande do Norte e se elegeu deputado estadual na Paraíba.

O delegado Walber Virgulino (Patriotas), eleito deputado estadual, concedeu entrevista ao Jornal da 101 FM nesta semana, onde agradeceu o apoio e os votos recebidos, apontou ideias para o mandato, seu compromisso com a segurança da Paraíba e disse que vai acabar com a “viadagem” se referindo a desordem. Ele garantiu que “a partir de janeiro nem um policial não vai sofrer mais”.

“A segurança tem pessoas sérias, o Brasil foi tomado por uma gigantesca viadagem. Quando falo viadagem, não é homofobia, não, porque eu tenho muitos amigos homossexuais, amigos sérios, homens de bem. O que eu estou me referindo não é a sexualidade, mas a esculhambação em que o Brasil se encontrou. O povo quer de um candidato seriedade. Estou dentro da política pra provar que política não é sacerdócio, você se torna político, e que política é coisa séria. Não quero ser chamado de deputado, mas de delegado”, disse Virgulino.

O delegado é aliado de Jair Bolsonaro (PSL) e acredita que a insegurança foi um dos pontos preponderantes para sua eleição, além do “fruto de 13 anos de trabalho na polícia sem corrupção”. Ele disse que não fica em cima de muro e terá um gabinete aberto à população.

Virgulino não poupou críticas ao grupo adversário no âmbito nacional. “Hoje tem um presidiário comandando a política de dentro do presídio, que é Lula. Um cara que diz que salvou a pátria e está lá dentro condenado com um bocado de provas, e um bocado de imbecil aqui fora achando que ele vai salvar o país. É o momento da seriedade, é o momento dos homens de bem do Brasil. O povo tem em mim uma pessoa de bem que vai defender os interesses dela”, afirmou.

Virgulino obteve 47 mil votos no Estado, sendo o segundo mais votado, ficando atrás apenas de Cida Ramos, do PSB.

Com Paraíba Todo Dia

14 de outubro de 2018 às 0:37

O teste de Andreia Alves em Parnamirim [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Não é mais novidade o que se fala nos bastidores da política, caso o candidato a governador, Carlos Eduardo Alves (PDT), não consiga se eleger.

O nome de Andreia Ramalho Alves, mulher dele, é cotadíssimo para disputar a Prefeitura de Parnamirim.

Natal fora de cogitação, pois o segundo mandato de Carlos Eduardo como prefeito só seria concluído no final de 2020 e tanto ele quanto Andreia não podem concorrer, visto que Carlos Eduardo iria para o terceiro mandato consecutivo, contrariando a legislação eleitoral, e Andreia como mulher dele ficaria impedida de concorrer.

Mas Parnamirim é outra jurisdição…

Neste sábado, aproveitando a campanha do marido, Andreia fez campanha como protagonista em Parnamirim.

Como quem está fazendo um teste.

Em Parnamirim, Andreia tem como trunfo as gestões do sogro já falecido, Agnelo Alves.

Confira a passagem dela por Parnamirim neste sábado: