Holiday

Thaisa Galvão

17 de outubro de 2018 às 17:01

MPF abre procedimento para investigar ameaças divulgadas em suposto grupo de whatsapp [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do MPF

O Ministério Público Eleitoral instaurou um procedimento para analisar as denúncias quanto ao suposto grupo de whatsapp “Opressores RN 17”, onde teriam sido feitas ameaças de morte, estupro e outros tipos de violência a eleitores contrários, através da possível organização de um grupo armado.

Após analisar os indícios de veracidade, ou não, do diálogo mantido na rede social, a Procuradoria Regional Eleitoral deverá decidir sobre a remessa do caso ao promotor eleitoral competente, se for o caso de apuração de possível crime do artigo 301 do Código Eleitoral (Usar de violência ou grave ameaça para coagir alguém a votar, ou não votar, em determinado candidato ou partido, ainda que os fins visados não sejam conseguidos).

Por outro lado, na hipótese de se tratar de propaganda falsa (grupo fake), com intuito de promover publicidade negativa de candidato, o procedimento será encaminhado para algum dos procuradores auxiliares eleitorais.

17 de outubro de 2018 às 9:53

Seta: Fátima Bezerra tem 56% e Carlos Eduardo Alves 44% [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os números do instituto Seta de hoje.

Votos válidos para o Governo do Rio Grande do Norte.

Fátima Bezerra – 56%

Carlos Eduardo Alves – 44%

Pesquisa registrada na justiça eleitoral sob números RN-00988/2018 e BR-08895/2018.

17 de outubro de 2018 às 9:05

Segundo turno: Hoje tem divulgação de intenções de votos dos institutos Seta e Ibope [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Seta e Ibope divulgam pesquisas hoje com os números do segundo turno em Natal.

Na segunda-feira o instituto Certus divulgou a primeira pesquisa da segunda temporada e estimou uma diferença de 6 pontos nos votos totais, e 8 pontos nos válidos entre os candidatos Fátima Bezerra (PT) e Carlos Eduardo Alves (PDT).

Nas próximas postagens veja como se comportaram Seta e Ibope nas pesquisas divulgadas na véspera das eleições do primeiro turno.

Reforçando o resultado das URNAS no Rio Grande do Norte.

Fátima Bezerra teve 748.150 votos – 46,17%

Carlos Eduardo Alves teve 525.933 votos – 32,45%

Robinson Faria teve 192.037 – 11,85%

Breno Queiroga obteve 106.345 votos – 6,56%

Carlos Alberto foi votado por 31.306 eleitores – 1,93%

Freitas Júnior teve 9.067 votos – 0,56%

Heró Bezerra terminou com 4.327 votos – 0,27%

Dario Barbosa teve 3.379 votos – 0,21%

17 de outubro de 2018 às 8:58

Instituto Seta acertou Governo na margem de erro e apontou vitória de Styvenson e Zenaide [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Hoje é dia de divulgação de pesquisas do segundo turno no Rio Grande do Norte.

Estão aptas a serem divulgados os números dos institutos Seta e Ibope.

Na última pesquisa antes da eleição, o Seta apontou, para o Senado, a vitória do Capitão Styvenson e Zenaide e um empate entre Geraldo Melo e Garibaldi Filho.

Os números dos votos válidos foram os seguintes:

Styvenson 32% (teve 25,63%)

Zenaide 21% (final foi 22,69%)

Garibaldi Filho (MDB) e Geraldo Melo (PSDB) empatados com 14% (deu Geraldo com 13,14% e Garibaldi com 12,93%).

 

Para Governo o Seta estimou uma diferença entre Fátima e Carlos Eduardo de 11% e no final foi de 13%, dentro da margem de erro.

O instituto Seta foi o único que se aproximou dos índices de votação do quarto colocado Brenno Queiroga.

Veja os últimos números:

Fátima Bezerra (PT) – 42% (final foi 46,17%)

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 31% (terminou em 32,45%)

Robinson Faria (PSD) – 17% (foi 11,85%)

Breno Queiroga (SD) – 6% (6,56)

17 de outubro de 2018 às 8:56

Ibope cravou diferença entre Fátima e Carlos no primeiro turno mas insistiu que Garibaldi poderia ser reeleito [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ibope, que tem pesquisa pronta para divulgar hoje, cravou no alvo a diferença entre Fátima Bezerra e Carlos Eduardo Alves no primeiro turno: 13%.

Veja os números divulgados um dia antes das eleições:

Fátima 45% (foi 46,17%)

Carlos Eduardo 32% (totalizou 32,45%)

Robinson 15% (11,85%)

Breno Queiroga – 4% (6,56%)

 

Para o Senado, o Ibope continuou, até a última hora, insistindo na reeleição impossível do senador Garibaldi Filho. Criou um cenário que não existia nos números que pesquisou. Mexeu nas intenções de votos dos eleitores colocando Garibaldi em segundo lugar, quando no final ele foi o quarto, e isso outros institutos já apontavam. O Ibope foi legal com Garibaldi.

Veja o último resultado:

Styvenson 23%

Zenaide e Garibaldi – 18%

Geraldo – 17%