Thaisa Galvão

16 de novembro de 2018 às 7:57

Cuba retira médicos do Brasil por não aceitar que salários pagos aos profissionais não sejam mais desviados para o governo ditador [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Que o programa Mais Médicos, que trouxe profissionais de Cuba para atuar em quase todo o Brasil, é importante, isso nem há o que discutir, visto que os médicos brasileiros, na sua maioria, não querem trabalhar nos lugares mais distantes, nas cidadezinhas menores, nas comunidades mais carentes..:

Isso é fato e nem mesmo salários superiores a 10 mil reais são suficientes para atrair os médicos brasileiros.

Os cubanos vieram, aceitaram viver nesses lugares e aceitaram os bons salários oferecidos.

Só que, o que muita gente não sabe, é que os profissionais não recebem esses salários.

Eles são “desviados”, num percentual superior ao que fica com os trabalhadores, para o governo cubano.

O que significa que os médicos trabalham e o governo cubano bota o dinheiro no bolso.

E eles se submetem porque em Cuba seria ainda pior.

E foi exatamente esse modelo que o presidente eleito Jair Bolsonaro questionou e anunciou que mudaria, que fez o governo cubano anunciar o fim do programa com o Brasil.

Porque ao governo cubano não interessa que o dinheiro pago pelo trabalho dos médicos, vá para a conta deles.

Sobre o assunto Bolsonaro tratou em seu twitter:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*