Holiday

Thaisa Galvão

1 de janeiro de 2019 às 11:23

O alerta ao novo governo do médico Sebastião Paulino sobre a situação do servidor público [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No primeiro dia do ano, um relato que chama atenção do Governo que com 2019 se inicia…

Assinado pelo médico, ex-diretor do Walfredo Gurgel, Sebastião Paulino, intensivista e plantonista da UTI mais movimentada do Rio Grande do Norte.

Eis:

SERVIDORES PÚBLICOS DO RIO GRANDE DO NORTE

Os servidores públicos do Rio Grande do Norte, paradoxalmente, cavalgam ofegante e sem um “norte”.

Muitos de seus súditos suplicam por uma aposentação especial, vez que já adernaram o próprio sangue, o suor e a saúde, salvando vidas e atenuando o sofrimento dos que gemem de dor.

Em um lamento tristonho e silencioso, pouco a pouco, vão ocupando o mesmo limite de chão que pertenceu a outro, durante o dia de ontem.

Faltam-lhes remédios, lençóis, alimentos e calor humano.

Amigas, amigos e colegas de plantões suplicam por “socorro”. Já não conseguem exercer o ofício escolhido com a mesma dignidade de antes.

Muitos sufocaram o choro incontido, ignoraram a vergonha e saíram mendigando algumas moedas que lhes garantissem o retorno ao trabalho no dia seguinte.

Corredores com exorbitância no número de macas; leitos sempre ocupados e a vida indo embora, dia após dia, com uma intensidade que surpreende e causa extrema indignação.

No ambiente familiar já não há o “sustento” que havia no passado.

A vida adoeceu… a falta do alimento ensejou a mendicância.

O “Natal em família” de muitos, bem diferente do passado, foi tão somente um momento de jejum e oração.

Nunca, em momento algum, durante toda a minha vida profissional, vi um “fim de ano” tão fatídico para o Servidor Público.

Inesquecível!

Esta é a dura realidade daqueles que dependem da folha salarial do Rio Grande do Norte, no momento presente.

Não fosse pelas vidas salvas, não faria sentido tanta luta.

E assim é com a saúde, com a segurança pública e com outros ramos da atividade humana.

O riso transformou-se em lágrimas e a gratidão virou revolta.

Que 2019 ingresse em nossa vida com um cenário “humano” e promissor. Eu ainda tenho fé.

Que Deus nos abençoe!

Natal, 31 de 12 de 2019.

Sebastião Paulino da Costa.

Médico: CREMERN 2495

Advogado: OAB/RN 2994

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*