Thaisa Galvão

13 de janeiro de 2019 às 12:04

No Governo Fátima Bezerra ‘ninguém solta a mão de ninguém’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Desde a posse dos secretários, no dia 2 de janeiro, que o Governo Fátima Bezerra adotou o mantra “Ninguém solta a mão de ninguém”.

A frase viralizada foi usada antes da posse pelos petistas em solidariedade ao deputado anunciado eleito federal, Fernando Mineiro, que numa recontagem de votos terminou ficando sem mandato.

“Ninguém solta a mão de Mineiro”, era o que se dizia…

Na posse dos secretários, Fátima pegou na mão de cada um…

E em outro momento, de posse de outros auxiliares, a pose de todos sem soltar a mão de nenhum…

 

De onde surgiu essa frase?

Foi a partir da ilustração da tatuadora e artista mineira Thereza Nardelli, que afirmou em redes sociais se tratar de algo que sua mãe sempre lhe disse, como incentivo e reconforto em momentos difíceis.

Seria uma forma da oposição ao presidente Jair Bolsonaro, logo depois de eleito, se unir no sentimento de incerteza com o futuro do país, especialmente por parte da população LGBT, negra, feminina e indígena…

 

Mas há outra definição surgidas nas redes sociais.

Que seria um “grito de pavor” nos barracos improvisados do curso de Ciências Sociais da USP durante a ditadura militar…

No Rio Grande do Norte a frase já tem uma definição: no Governo Fátima, ou todo mundo estará unido ou…pede pra sair.

13 de janeiro de 2019 às 11:52

Depois de garantir apoio de 6 deputados, Rodrigo Maia vem ao RN em busca dos votos de Rafael Motta e Natália Bonavides [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Quando tudo parecia correr às mil maravilhas para a reeleição do presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM), eis que o PSB bota as mangas de fora e levanta a hipótese de ficar fora do jogo.

O partido se alia o PDT e PCdoB e pode não ir em grupo para a reeleição de Maia depois que o PSL do presidente Jair Bolsonaro declarou apoio ao projeto de Rodrigo Maia seguir comandando a casa legislativa.

O que isso muda ou pode mudar no cenário potiguar?

Vai depender do que disser o presidente da legenda no Rio Grande do Norte, Rafael Motta, que é deputado federal e vai votar no pleito de primeiro de fevereiro, quando tomará posse para mais um mandato na Câmara.

A bancada do RN que apoia Rodrigo vê como certo o voto de Motta, que ainda não se pronunciou.

Hoje Rodrigo Maia tem apoio formal do seu partido, o DEM, do partido de Bolsonaro, o PSL, e do PSD, PR, PRB, PSDB, Solidariedade, Podemos e PPS.

O PT está fora, mas, no Rio Grande do Norte, a deputada Natália Bonavides não se pronunciou.

Rodrigo Maia desembarca na quinta-feira em Natal e terá, antes de reunir a bancada, um encontro com a governadora Fátima Bezerra (PT).

De certo mesmo, Rodrigo Maia já tem os votos, da bancada potiguar, dos deputados Benes Leocádio (PTC), João Maia (PR), General Girão (PSL), Walter Alves (MDB), Beto Rosado (PP) e Fábio Faria (PSD).

No aguardo as posições de Rafael e Natália.

*

Da oposição radical, o deputado Marcelo Freixo, do PSOL, é candidato a presidir a Câmara.

13 de janeiro de 2019 às 10:39

Após decreto de ‘posse’, veja como fazer e quanto gastar para ter uma arma em casa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O jornal O Globo deste domingo faz um levantamento de como o cidadão comum pode ter uma arma e quanto ele pode gastar pela posse.

Por enquanto a promessa do Governo Federal é liberar a posse, mas há quem aposte que o decreto que o presidente Jair Bolsonaro vai editar nesta semana poderá também incluir o porte, quando o cidadão poderá transportar a arma.

No caso da posse, ele só poderá tê-la em casa.

Há uma discussão polêmica em torno desses dois formatos, mas por enquanto, o que é certo é que o decreto vai permitir a posse, que permitirá ao cidadão ter a arma em casa ou no trabalho, desde que prove que é proprietário do estabelecimento.

Veja abaixo como fazer e quanto gastar para ter uma arma “em casa”.

13 de janeiro de 2019 às 10:36

Santa Cruz: Candidatos Ivanildinho e Péricles fazem campanha na disputa pela Prefeitura [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Faltando 21 dias para a eleição suplementar que vai escolher o novo prefeito de Santa Cruz, os candidatos e seus líderes políticos participaram de mobilização política.

 

No palanque da situação, os candidatos a prefeito e vice, Ivanildinho e Glauther (PSB), fizeram comício na Praça da Bíblia na noite de sexta.

Fotos Wallace Azevêdo

No mesmo dia, em que os candidatos da oposição, Péricles e Paulo César, fizeram campanha no bairro Paraíso.

 

No palanque de Ivanildinho estava o deputado Tomba Farias (PSDB), marido da prefeita afastada Fernanda Costa (MDB).

Também presente o prefeito interino Fábio Dias.

 

No palanque de Péricles, presença do médico Marcos Lima, ex-candidato a prefeito de Santa Cruz e vereadores, de vereadores e ex-veradores.

13 de janeiro de 2019 às 0:55

Deputados do Ceará aprovam lei que permite pagamento de recompensa a quem denunciar ataques [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em sessão extraordinária neste sábado na Assembleia Legislativa do Ceará, os deputados aprovaram, já à noite, a Lei da Recompensa, que paga recompensa a quem denunciar ataques.

Os parlamentares votaram um pacote apresentado pelo Executivo para dominar os ataques de facções criminosas que acontecem já há mais de 10 dias em Fortaleza e outros municípios do Estado.

Os deputados também aprovaram a lei que cria o Fundo de Segurança Pública, que garantirá recursos para pagar as recompensas.

O governador Camilo Santana (PT) vai baixar um decreto estabelecendo o valor do benefício da Lei da Recompensa.

 

Também vai virar lei no Ceará, assim que a aprovação de hoje for sancionada pelo Governo, a retirada de todas as tomadas das celas de presídios.

Também foi aprovado um projeto que permite a convocação de policiais da reserva para aumentar o efetivo.