Thaisa Galvão

25 de janeiro de 2019 às 19:10

Assu: Programa especial e missa de sétimo dia farão homenagem ao comunicador Régis de Sousa neste sábado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Será neste sábado, das 11 horas ao meio dia, na Rádio Nova 89FM de Assu, que será exibido o programa Registrando Especial.

O programa que durante anos foi apresentado por Régis de Sousa que morreu essa semana, fará uma homenagem a ele com participação de várias pessoas que marcaram a importante carreira do comunicador.

Quem quiser pode acompanhar o programa pelo site http://nova89fm.com.br

Será neste sábado também que será celebrada a missa de sétimo dia de morte de Régis de Sousa.

A missa será celebrada às 17h30 na Igreja Matriz de São João Batista, em Assu.

25 de janeiro de 2019 às 18:27

Prefeita Rosalba Ciarlini emite nota explicando que não responde a processo de improbidade [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A assessoria da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, emitiu nota sobre a decisão da Justiça de indisponibilizar seus bens com base em ação do Ministério Público, que acusa a prefeita de improbidade administrativa quando era governadora do Estado:

 

Nota

Rosalba afirma que não praticou improbidade e lembra que foi excluída de processo pelo Tribunal de Contas do Estado

 

A respeito da decisão judicial, que determinou a indisponibilidade dos bens de Rosalba Ciarlini, informamos que se trata de decisão monocrática, que será oportunamente submetida ao colegiado no Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte.

A ação judicial foi baseada em relatório do Tribunal de Contas do Estado, mas Rosalba Ciarlini foi excluída do rol dos responsáveis pelo próprio TCE.

A defesa preliminar demonstrou que a então governadora não praticou nenhum ato de improbidade administrativa, nem determinou nenhuma prática que pudesse causar prejuízo ao erário nem desvio de finalidade de atos, como sempre se pautou ao longo de sua vida pública. Pelo contrário, determinou a abertura de processo para cancelar o contrato com a empresa Marca que administrava o Hospital da Mulher.

Embora o ato isolado de indisponibilidade de bens possa representar erroneamente para a sociedade uma antecipação de culpa, não houve nenhuma decisão nesse sentido contra a ex-governadora. Em caso semelhante, o Poder Judiciário determinou o desbloqueio de seus bens.

Reafirma-se que confia e continuará confiando na Justiça e poderá, mais uma vez, comprovar sua inocência e retidão de comportamento, que caracterizou toda sua trajetória pública.

25 de janeiro de 2019 às 13:12

Justiça determina indisponibilidade de bens dos ex-governadores Rosalba Ciarlini e Robinson Faria [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O juiz Eduardo Pinheiro deferiu pedido do Ministério Público Estadual e decretou a indisponibilidade dos bens da ex-governadora e atual prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, do ex-secretário estadual de Saúde, Domício Arruda, da Associação Marca e de outras 23 pessoas físicas ou jurídicas que são partes no processo.

Segundo o Ministério Público, os demandados são responsáveis por desvios de dinheiro público no âmbito do Estado do Rio Grande do Norte, mediante a realização de termo de parceria com a Associação Marca para administração do Hospital da Mulher Parteira Maria Correia – que passou por uma intervenção judicial em 2013 e depois acabou fechado, em 2016.

 

Já o juiz Francisco Seráphico da Nóbrega Coutinho, da 6ª Vara da Fazenda Pública de Natal, determinou a indisponibilidade de bens do ex-governador Robinson Faria, com bloqueio de R$ 6,3 milhões em contas bancárias, além de carros e imóveis.

A decisão foi tomada após pedido do Ministério Público, na ação d a Operação Dama de Espadas, que investigou desvio de recursos na Assembleia Legislativa do RN.

25 de janeiro de 2019 às 13:01

Ex-diretor geral da Emater é nomeado para voltar ao cargo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Diário Oficial do Estado publica hoje a nomeação da diretoria da Emater.

Para a diretoria geral, o agrônomo Cesar José de Oliveira.

Ele comandou a Emater de 2015 a 2016, no governo Robinson Faria e sob indicação do PT.

Cesar Oliveira é natural de Parelhas, formado pela UFERSA, especialista em Cooperativismo pela UFRPE, pós-graduado em Formulação e Análise de Políticas Agrícola e Agrária pelo Instituto de Economia da Unicamp, mestre e doutorando em Ciências Sociais (UFRN).

Foi superintendente do INCRA no Rio Grande do Norte de 2003 a 2005, diretor nacional do INCRA entre 2005 e 2011 e assessor especial do Ministério do Desenvolvimento Agrário entre 2011 e 2013.

25 de janeiro de 2019 às 11:58

Jornalista e candidata pelo PSL do Ceará, Regina Vilella mostra em vídeo que Jean Wyllys foge do Brasil porque mandou matar Bolsonaro e a PF já descobriu [3] Comentários | Deixe seu comentário.

A jornalista Regina Vilella, do canal ‘Política Play’, no youtube, está jogando nas redes a bomba do século.

Ela está dizendo, com base no que ela entende como provas, que o deputado federal Jean Wyllys é o mandante do crime de morte contra o presidente Jair Bolsonaro.

No vídeo que fez e jogou nas redes, ela mostra a relação de Jean Wyllys com Adélio, o homem que deu a facada no então candidato a presidente…

E também com a presidente do PT, Gleisi Hoffman e com o ex-presidente Lula.

O vídeo é longo e interessante e vale ser assistido para tirar suas próprias conclusões.

Em um ponto a jornalista cita o envolvimento do ex-prefeito de Maricá, no Rio de Janeiro, Washington Quaquá (PT) e fala que ele estaria sendo nomeado por um eleito pelo PT no Brasil citando o nome de “Fátima Bezerra”.

Vale adiantar que no Rio Grande do Norte essa pessoa não está trabalhando, nunca foi nomeado, sequer sondado como já ressaltou o grupo da governadora Fátima Bezerra.

A notícia de que petistas históricos chegariam ao Rio Grande do Norte com a eleição de Fátima já foi desmentida logo após o resultado das urnas.

No vídeo a jornalista Regina Vilella diz que está claro que Jean Wyllys mandou matar Bolsonaro, ao mesmo tempo que conclui que “são coincidências demais e ele fugiu”…

Ela fala ainda que a entrada de Adélio, o autor da fcada, na Câmara Federal, foi registrada, mas que o presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia, não permitiu que a Polícia Federal checasse quem fez a inscrição dele para permitir sua entrada…

Repetindo: o vídeo com a live de Regina Vilella é longo, mas vale ser assistido até o fim para que se tire conclusões.

 

 

Quem é Regina Vilella?

Jornalista, professora de Jornalismo, carioca, candidata a deputada federal pelo PSL do Ceará nas eleições de outubro.

Obteve apenas 2.988 votos, o equivalente a 0,07% dos votos no Ceará, ficando na 84ª posição depois dos 21 deputados federais eleitos no Estado.

É autora dos livros “Quem tem medo da imprensa?”, um guia prático de mídia training, e “Profissão: Jornalista de TV”.