Thaisa Galvão

30 de janeiro de 2019 às 7:56

Decisão que impede saída de Lula para enterro do irmão reforça tese de ‘preso político’ conferida ao ex-presidente [2] Comentários | Deixe seu comentário.

O despacho da juíza Carolina Lebbos, seguindo as manifestações da Polícia Federal e do Ministério Público, reforçam o discurso do PT de que o ex-presidente Lula é um preso político.

Depois do posicionamento do MP e da decisão do superintendente da PF, Luciano Flores, indeferindo a solicitação da defesa do ex-presidente, a magistrada negou a liberação de Lula, preso em Curitiba, para ir ao enterro do irmão mais velho, Genival Inácio da Silva, o “Vavá”, que morreu de câncer nesta terça-feira.

Vavá será enterrado às 13 horas em São Bernardo do Campo (SP).

A PF alegou que não tem aeronaves para levar Lula já que os helicópteros estão atuando no resgate de vítimas em Brumadinho.

Também alegou riscos de segurança com a presença de Lula no local.

O parecer da PF, antes da decisão da juíza, foi acompanhado pelo MPF e pelo TRF da 4ª Região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*