Thaisa Galvão

14 de fevereiro de 2019 às 22:31

Ministro Gustavo Bebianno engasgado com os Bolsonaros [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do deputado federal Paulo Teixeira, terceiro mandato, vice-presidente nacional do PT, em seu twitter nesta quinta-feira:

Não é Bebianno que está publicando.

É o deputado que está assumindo a informação.

Mas…

Hoje perguntei no nosso programa da 95MaisFM se já estaria na hora de Bebianno delatar.

Pelo jeito…

Ministro dos mais próximos do presidente, Gustavo Bebianno se sente o mais raso dos humilhados pelo filho de Bolsonaro.

Na manhã desta quinta ele demonstrou a humilhação, em entrevista ao jornalista Gerson Camarotti.

“Não se dá um tiro na nuca do seu próprio soldado. É preciso ter um mínimo de consideração com quem esteve ao lado dele o tempo todo”.

E disse mais, a outras pessoas de seu convívio:

“Não vou sair escorraçado pela porta dos fundos”.

Porém…

Não dá para não perceber que o ministro já está na porta dos fundos.

Resta saber se o presidente vai resgatá-lo ou vai deixar o filho empurrar o ministro pela escada.

14 de fevereiro de 2019 às 17:07

Depois do filho de Bolsonaro chamar ministro de mentiroso, ata do PSL contradiz o que o auxiliar do governo tem falado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Não adianta o ministro da Secretaria Geral do Governo, Gustavo Bebianno dizer que não há crise formada no coração do Palácio do Planalto.

Que nome se daria onde o filho do presidente da República chama o ministro do governo do pai…de mentiroso?

E ainda prova, mesmo que para isso exponha pai, mãe, gato, cachorro e papagaio?

O vereador carioca e filho de presidente, Carlos Bolsonaro, viralizou que o ministro, que afirmou ter falado com o presidente 3 vezes quando ele estava no hospital, disse que isso não aconteceu.

E postou áudio do presidente dando uma dispensada no auxiliar, quando ele tentava falar…

E na tarde desta quinta-feira, reportagem da Folha reforça a tese do filho do presidente.

Leia e entenda melhor a raiz da crise que deverá provocar a primeira baixa na equipe do presidente Jair Bolsonaro:

Camila Mattoso/Ranier Bragon

BRASÍLIA

Ata de uma reunião da Executiva Nacional do PSL realizada em 11 de julho do ano passado mostra que o partido do presidente Jair Bolsonaro definiu Gustavo Bebianno, então presidente interino da sigla, como o responsável pela distribuição de verbas públicas a candidatos nos estados na eleição de 2018. 

O encontro também decidiu os critérios eleitorais que deveriam balizar os repasses dos fundos de campanha.

Desde que a Folha revelou o esquema de candidaturas laranjas do PSL nos estados, Bebianno, ministro da Secretaria-Geral da Presidência, tem dito que as decisões sobre chapas nos estados foram das direções regionais e que cuidou apenas da eleição presidencial.

“A responsabilidade cível e criminal é bem dividida. É dos diretórios regionais. A mim competiu trabalhar para eleição do presidente. Para eleição dos deputados estaduais, federais, senadores e governadores, cada diretório montou sua chapa e conduziu”, disse à Folha na noite de terça-feira (12).

Declaração similar foi dada a Globonews na noite de quarta-feira (13).

De acordo com a ata da reunião de julho, porém, houve uma votação e, por unanimidade, ficou decidido que caberia “ao presidente da Comissão Executiva Nacional do PSL decidir sobre a distribuição dos recursos.”  

Em seguida, o documento trata dos critérios que deveriam ser seguidos, “levando em consideração a prioridade de reeleição dos atuais mandatários, a probabilidade de êxito das candidaturas, bem como a estratégia político-eleitoral do partido em âmbito nacional, no tocante ao crescimento de suas bancadas na Câmara dos Deputados e no Senado Federal”.

Na mesma ata, o PSL formalizou que, “para que o candidato receba recursos do fundo eleitoral, deverá fazer requerimento formal, por escrito, à presidência da comissão executiva nacional”.

O encontro de julho ocorreu em Brasília, às 14h, com a presença dos membros da comissão executiva nacional do PSL, e foi presidido pelo próprio Bebianno. A primeira assinatura da ata é do hoje ministro de Bolsonaro.

A Folha procurou o ministro, que até a publicação desta reportagem não se manifestou.

*

Segundo a Folha apurou, Bolsonaro esperava que Bebianno já tivesse pedido demissão quando saísse do hospital onde esteve internado em São Paulo e chegasse à tarde a Brasília com trunfo para conter os impactos do caso.

14 de fevereiro de 2019 às 17:03

Detran divulga emissão do boleto digital de taxas na mídia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Detran começa a veicular amanhã a campanha publicitária para reforçar a informação do pagamento online do Licenciamento, IPVA, DPVAT e Taxa de Proteção contra Incêndio, Salvamento e Resgate em via Pública.

A medida é somada a outras formas de divulgação já realizadas pelo Detran, no sentido de deixar o cidadão consciente de que o carnê físico impresso com as taxas de veículos não será mais enviado aos endereços cadastrados, e que todo o processo deve ser realizado via site do Órgão, aplicativo (Detran-RN), agências do PágFácil ou bancos.

A intenção é esclarecer os procedimentos, além de mostrar como o sistema simplifica a vida do cidadão, podendo fazer os pagamentos sem sair de casa.

14 de fevereiro de 2019 às 16:26

Drogas embarcadas pelo Porto de Natal podem revelar esquema montado no RN, Pernambuco e Minas Gerais [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Codern tem dado apoio total às operações da Polícia Federal e Receita Federal, quem em dois dias fizeram duas grandes apreensões de drogas que seriam embarcadas para a Europa

A primeira em um carregamento de mangas, e a segunda em um conteiner de melões.

O que o Blog apurou é que as frutas vem de Pernambuco e os operadores de Minas Gerais.

Resta saber de onde vem a droga que é colocada no meio das caixas de frutas.

Mas tanto PF quanto Receita já estão investigando o que foi rastreado até aqui, e que possibilitou as primeiras apreensões.

Com apoio da Codern que não tem escondido informações sobre o que vem ocorrendo dentro do Porto de Natal, escolhido por traficantes para distribuir drogas pelo mundo afora

Fotos da última operação:

14 de fevereiro de 2019 às 14:13

Oposição ao governo Fátima Bezerra tenta comandar as duas principais comissões na Assembleia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A oposição ao governo Fátima Bezerra na Assembleia Legislativa tentou até a última hora, acabar com uma praxe na Casa, que desde sempre destina o comando das principais comissões temáticas – Constituição e Justiça e Finanças – à oposição e ao governo.

Na atual legislatura, a Comissão de Finanças será presidida pelo deputado Tomba Farias, da oposição, e ficou acertado que o deputado Raimundo Fernandes, governista, seria presidente da CCJ.

Porém uma chapa foi formada tendo o deputado Hermano Morais (MDB), de oposição, como presidente, e o deputado Kleber Rodrigues (Avante), governista (?) como vice.

Depois de discussões internas e externas, o deputado Kleber se posicionou como da bancada do governo, e permanece como vice na chapa…só que tendo na presidência o deputado Raimundo Fernandes.

*

E hoje mais uma comissão temática definiu presidente e vice.

A Comissão de defesa do Consumidor terá o deputado Sandro Pimentel (PSOL) como presidente, e o deputado Ubaldo Fernandes (PTC) como vice.

14 de fevereiro de 2019 às 11:52

Publicada a nomeação e a missão do ex-deputado Fernando Mineiro no governo do Estado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Saiu hoje, com pompas e circunstâncias no Diário Oficial do Estado, a nomeação do ex-deputado Fernando Mineiro como secretário extraordinário para Gestão de Projetos e Metas de Governo e de Relações Institucionais.

Da publicação consta a missão do secretário que,apesar de já estar na função, ainda não tinha sido nomeado porque até o final de janeiro ainda era deputado.

Confira:

I – Assessorar o Executivo Estadual no relacionamento com os demais Poderes e Entes da Federação;

II – Gerir ações previstas no Programa de Governo, em articulação com outros entes federativos e demais pastas da Administração Pública Estadual;

III – Coordenar, elaborar, gerir e implementar projetos, planos e metas voltados ao desenvolvimento do Estado, bem como a execução de políticas públicas;

IV – Proceder ao levantamento das informações referentes aos projetos desenvolvidos pelos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual e avaliá-los, propondo os ajustes necessários, quando for o caso;

V – Atuar na articulação entre os órgãos do governo;

VI – Auxiliar o Executivo Estadual na articulação com as entidades da sociedade civil;

VII – Coordenar a implementação e monitoramento de instrumentos de consulta e participação popular nos órgãos governamentais;

VIII – Desempenhar outras atividades correlatas que lhe forem atribuídas.

14 de fevereiro de 2019 às 0:05

Veja os pontos de alagamento em Natal na noite desta quarta [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A chuva que caiu em Natal na noite desta quarta-feira (vale ressaltar que na minha casa mal chuviscou), provocou pontos de alagamentos.

As pistas expressas e a marginal da BR-101 ficaram alagadas na altura de Potilândia.

A rua Auris Coelho, entre a Rui Barbosa e Salgado Filho, ficou intransitável.

A Capitão Mor Gouveia, entre a Jaguarari e a São José, foi interditada por causa do alagamento.

Veja o vídeo:

Em Lagoa Nova, uma equipe da STTU foi à rua Lucrécia onde a área ficou intransitável (foto).