Thaisa Galvão

16 de março de 2019 às 21:31

Secretária do Governo da Paraíba é presa sob acusação de desvios, corrupção, lavagem e peculato [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Para quem no Rio Grande do Norte, entende como exemplar o Governo da Paraíba, eis a notícia bombástica do começo da noite deste sábado: a prisão da secretária estadual de Administração, dentro de um contexto que inclui desvios de recursos públicos, corrupção, lavagem de dinheiro e peculato, tudo na área da saúde.

Veja publicação do G1-PB:

Secretária de Administração da PB, Livânia Farias, é presa em João Pessoa, diz advogado

Livânia é acusada pelo Ministério Público da Paraíba de recebimento de propinas pagas pela Cruz Vermelha

A secretária de administração do Estado, Livânia Farias, foi presa neste sábado (16), em João Pessoa, quando retornava de Belo Horizonte. Ela é acusada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate à Corrupção (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba, de recebimento de propinas pagas pela Cruz Vermelha Brasileira filial Rio Grande do Sul.

Segundo os advogados da secretária, Livânia foi presa pela Gaeco e Polícia Civil e encaminhada para a Acadepol, em João Pessoa.

Além da prisão preventiva, autorizada pelo desembargador Ricardo Vital de Almeida, o mandado também inclui o sequestro de dois bens da secretária, que seria um carro de luxo e uma casa no valor de R$400 mil, localizada na cidade de Sousa.

A secretária e o marido dela, Elvis Farias, além de familiares, servidores públicos e dirigentes do Hospital de Trauma de João Pessoa, são alvos da terceira etapa da Operação Calvário, desencadeada nesta quinta-feira (14).

As informações têm como base depoimento do ex-assessor da pasta, Leandro Nunes de Azevedo, preso na segunda etapa da operação.

A operação investiga uma organização criminosa responsável por desvios de recursos públicos, corrupção, lavagem de dinheiro e peculato, por meio de contratos firmados juntos às unidades de saúde da Paraíba, na ordem de R$ 1,1 bilhão.

16 de março de 2019 às 19:46

Presidente nacional do PSC chama de mau caráter quem plantou destituição de Renato Fernandes mas confirma intervenção no RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente do PSC, Renato Fernandes, que desde ontem não atendeu ligação do Blog, através de sua assessoria enviou áudio do Pastor Everaldo, chamando de ‘mentiroso e mau caráter’ o filiado ao seu partido que falou que ele tinha sido destituído da presidência da legenda.

A assessoria de Renato Fernandes garantiu que a intervenção foi feita sim, mas no setor jurídico do PSC, justificando irregularidades na prestação de contas dos anos de 2015 e 2016, quando o presidente era o ex-vereador Adenúbio Melo.

Porém, apesar de dizer que Renato continua presidente, o Pastor Everaldo deixa claro em seu áudio que o partido está sob intervenção…

Eis a íntegra do áudio do Pastor Everaldo encaminhado a Renato Fernandes:

“Amigo Renato, boa noite, aqui é o Pastor Everaldo, presidente nacional do PSC. Quero dizer, Renato, que você pode usar esse áudio meu, repassar para quem você quiser, que essa notícia é falsa, caluniosa, de que Renato Fernandes foi destituído da presidência do diretório, isso é mentira, é calúnia, é falsidade. A pessoa que f[plantou essa notícia é mau caráter, porque o que aconteceu foi uma reunião, e tendo em vista uma desorganização, que a culpa nem é do Renato, de uma situação administrativa, que tem que regularizar o partido, coloquei o Eliel Santana, terceiro vice-presidente nacional como um supervisor interventor, até regularizar, pois eu não posso estar aí toda hora, e o Eliel mora na Bahia, então é mais fácil se deslocar praí. Essa é a verdade. Um abraço Renato, boa noite”.

 

16 de março de 2019 às 19:44

Pastor Everaldo considerou ‘muito boa’ conversa com o deputado Coronel Azevedo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sobre a possível filiação do deputado Coronel Azevedo ao PSC, o presidente nacional da legenda, Pastor Everaldo, conversou com o parlamentar eleito pelo PSL.

E quando descia no elevador do hotel em Natal, depois da reunião onde anunciou a intervenção no PSC do Rio Grande do Norte, comentou que a conversa tinha sido muito boa.

E falou em ‘reunir forças para colocar o PSC em dia com a vinda desses nomes’…

Nomes como o do Coronel Azevedo.

16 de março de 2019 às 19:42

Para a Justiça Eleitoral, PSC no Rio Grande do Norte está ‘sem registro’ e presidente está ‘inativo’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Apesar do Pastor Everaldo declarar em áudio enviado a Renato Fernandes, que ele não havia sido destituído da presidência, no site do Tribunal Superior Eleitoral o PSC no Rio Grande do Norte aparece como “sem registro encontrado”.

E na consulta sobre presidência, o nome de Renato Fernandes consta como “inativo”.

Comparando com o diretório da Bahia, citado pelo Pastor Everaldo, o PSC aparece com “Órgão Provisório”, e o presidente Heber de Sousa consta como “Ativo”.

Confira:

RIO GRANDE DO NORTE

BAHIA

16 de março de 2019 às 17:11

Intervenção: Pastor Everaldo destitui Renato Fernandes e toda a comissão provisória do PSC no RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente nacional do PSC, o Pastor Everaldo esteve em Natal nesta sexta-feira.

E decretou intervenção na legenda no Rio Grande do Norte, destituindo o atual presidente, Renato Fernandes.

A saída de Renato dos quadros do presidente foi pedida pelos integrantes da Comissão Provisória.

A reunião de ontem, no Hotel Oton Suites, em Natal, foi tensa.

Mas terminou com o Pastor Everaldo – aquele que de vez em quando se candidata a presidente da República – anunciando como interventos, para responder interinamente pelo PSC no Rio Grande do Norte, o presidente do partido na Bahia, Héber de Sousa.

16 de março de 2019 às 17:10

Nome do Coronel Azevedo é o mais forte para comandar o PSC e ser candidato a prefeito de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com a janela aberta para abrigar um novo presidente, o PSC no Rio Grande do Norte pode ser a solução para acabar com o clima pouco amigável dentro do PSL do Estado.

É que o partido do presidente Jair Bolsonaro parece estar ficando pequeno para abrigar um deputado federal e um deputado estadual.

Com a janela aberta do PSC, fica no PSL o federal General Girão, e deverá sair o estadual Coronel Azevedo.

No PSC, o nome de Azevedo é hoje o mais forte para assumir a presidência da legenda, e até ser candidato a prefeito de Natal.

O deputado estadual ainda não se pronunciou.

Mas no PSC, onde outros nomes são cogitados para a presidência, o do deputado estadual militar é o mais indicado.

16 de março de 2019 às 13:42

Padre Motta recebe relíquia do Vaticano que será abrigada pela Paróquia de São Pedro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O altar da Igreja Matriz de São Pedro Apóstolo, no Alecrim, em Natal, vai abrigar uma relíquia da Basílica Vaticana.

Segundo o Padre Francisco Mota, pároco da igreja, a chegada da relíquia será durante as comemorações do centenário da Paróquia, no início do segundo semestre deste ano.

O arcebispo metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, já havia solicitado uma relíquia do Apóstolo Pedro ou da Basílica Papal para a Igreja de São Pedro, que está sendo restaurada.

Em resposta ao pedido, o Cardeal Angelo Comastri, vigário geral do Papa Francisco e arcipreste da Basílica de São Pedro, enviou a relíquia.

“Ela é de significativo valor histórico e devocional, por se tratar, na terminologia arqueológica, de areia do muro  chamado ‘Campo P’, ou seja, do local onde, no  século II, foi erigido um monumento fúnebre por cima do sepulcro de São Pedro e que, no século IV,  o Imperador Constantino fechou com um invólucro marmóreo,  chamado de ‘Memória Constantiniana’, antes mesmo da construção da primitiva Basílica Vaticana, no século IV”, explica o Padre Flávio Medeiros Filho, que é do clero da Arquidiocese de Natal e exerce o ministério sacerdotal na Basílica de São Pedro.

Padre Flávio é o Cerimoniário do Vaticano.

A  relíquia, concedida pelo Cardeal Comastri, foi trazida de Roma pelo próprio Padre Flávio, e na manhã desta sexta-feira foi entregue por Dom Jaime, ao superior da Congregação dos Missionários da Sagrada Família, Padre Itacir Brassiani, e ao Padre Mota.

Padres Mota e Itacir, Dom Jaime e Padre Paulo Henrique

Fotos Cacilda Medeiros