Thaisa Galvão

19 de março de 2019 às 14:32

Coronel Azevedo diz que foi boicotado pelo PSL no evento onde até ‘assessor de deputado’ falou [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Apesar de dizer que pretende se manter no PSL, partido pelo qual se elegeu deputado estadual, o Coronel Azevedo confirmou que há divergências entre ele e o deputado federal General Girão.

Há poucos dias o Blog publicou que o PSL estava pequeno para os dois parlamentares.

Azevedo ressaltou o clima ruim dentro do PSL, referindo-se ao “PSL Day”, evento realizado pelo partido onde ele foi impedido de falar.

“Até assessor falou”, disse Coronel Azevedo, que discursou por 18 minutos mesmo sem estar programado para se pronunciar.

“Eu sou deputado, como não posso falar e um assessor pode?”, questionou o deputado.

Coronel Azevedo relembrou que se elegeu deputado estadual disputando a vaga com mais outros 15 candidatos, ressaltando que o PSL apoiou 16 candidaturas, ao contrário do General Girão, que foi eleito com apoio do partido, mas era o único candidato a deputado federal pelo PSL no Rio Grande do Norte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*