Thaisa Galvão

29 de março de 2019 às 23:46

RN não tem deputado federal respondendo processo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Rio Grande do Norte ficou fora da lista de deputados federais sendo processados.

Veja:

VEJA A LISTA DE DEPUTADOS COM PROCESSO CRIMINAL POR ESTADO (clique nos links em cima dos nomes para ver as ações e as respectivas defesas):

 

Acre: não há deputados com processos

Alagoas: Isnaldo Bulhões (MDB)

Amapá: Camilo Capiberibe (PSB) e Vinícius Gurgel (PR)

Amazonas: Capitão Alberto Neto (PRB), Marcelo Ramos (PR), Sidney Leite (PSD) e Silas Câmara (PRB)

Bahia: Charles Fernandes (PSD), Igor Kannário (PHS) e Tito (Avante)

Ceará: Capitão Wagner (PROS), Júnior Mano (PR), Luizianne (PT), Robério Monteiro (PDT) e Roberto Pessoa (PSDB)

Distrito Federal: Celina Leão (PP), Érika Kokay (PT) e Julio Cesar (PRB)

 

Espírito Santo: não há deputados com processos

 

Goiás: Alcides Rodrigues Filho (PRP), Magda Mofatto (PR) e Rubens Otoni (PT)

Maranhão: Gil Cutrim (PDT), Josimar Maranhãozinho (PR) e Junior Lourenço (PR)

Mato Grosso: Juarez Costa (MDB)

Mato Grosso do Sul: Beto Pereira (PSDB) e Vander Loubet (PT)

Minas Gerais: Aécio Neves (PSDB), André Janones (Avante) e Marcelo Álvaro Antonio (PSL)

Pará: Delegado Éder Mauro (PSD) e Júnior Ferrari (PSD)

Paraíba: Julian Lemos (PSL)

Paraná: Boca Aberta (PROS), Filipe Barros (PSL), Schiavinato (PP) e Vermelho (PSD)

Pernambuco: Augusto Coutinho (SD), Eduardo da Fonte (PP) e Ricardo Teobaldo (PODE)

 

Piauí: não há deputados com processos

 

Rio de Janeiro: Christino Áureo (PP), Dr. Luiz Antônio Teixeira Jr (PP), Gutemberg Reis de Oliveira (MDB) e Pedro Paulo (DEM)

 

Rio Grande do Norte: não há deputados com processos

Rio Grande do Sul: não há deputados com processos

Rondônia: não há deputados com processos

 

Roraima: Edio Lopes (PR)

Santa Catarina: Fábio Schiochet (PSL)

São Paulo: Alexandre Frota (PSL) e Geninho Zuliani (DEM)

Sergipe: Valdevan (PSC)

Tocantins: Professora Dorinha (DEM)

29 de março de 2019 às 23:23

Apontados como matadores de Marielle, ex-policiais são transferidos de Bangu para Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Acusados de executar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, no Rio de Janeiro, o sargento reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz, que estavam presos no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, foram transferidos nesta quinta-feira para o presídio de segurança máxima de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Só nesta sexta a informação foi noticiada.

Presos preventivamente, Lessa e Anderson são réus e responderão à ação penal por duplo homicídio triplamente qualificado.

29 de março de 2019 às 16:02

Estadão: Erick Pereira e a ‘enigmática’ corrida pelo armazenamento e manipulação de dados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No blog do jornalista Fausto Macedo, do Estadão, o advogado potiguar Erick Pereira assina artigo nesta sexta-feira:

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do artigo onde ele fala dessa ‘época enigmática’ marcada por uma espécie de corrida do ouro, em que o garimpo implica a coleta, o armazenamento e a manipulação de dados.

29 de março de 2019 às 13:17

Prefeitura de Mossoró antecipou para hoje pagamento com reajuste dos salários dos servidores [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A prefeita Rosalba Ciarlini antecipou o pagamento dos servidores municipais para hoje.

Os salários já estão na estão nas contas com o reajuste, como anunciado pela prefeita.

A Prefeitura também vai pagar os novos pisos salariais dos professores e agentes de saúde e endemias.

Além do reajuste de 3,75%, os servidores estão recebendo hoje as vantagens como Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ), plantões da saúde e do trânsito, férias, entre outros.

Esses valores estão entrando nas contas agora no começo da tarde.

Apenas o 13° dos nascidos em março será pago na próxima segunda-feira.

No levantamento da Femurn, Mossoró se destaca pelo pagamento em dia, e também por conseguir reajustar os salários dos servidores.

29 de março de 2019 às 11:41

Prefeito Álvaro Dias visita presidente do Senado Davi Alcolumbre [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, termina hoje a agenda administrativa em Brasília, onde foi com o secretário de Obras do Município, Thomás Neto.

Agora há pouco o prefeito foi ao Senado para uma visita de cortesia ao presidente da Casa, Davi Alcolumbre.

Álvaro e Davi são amigos dos tempos em que os dois eram deputados federais.

Thomás, Alcolumbre e Álvaro

29 de março de 2019 às 7:52

Até que ponto vale segurar o ministro gringo da Educação [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Bolsonaro chamou de fake news o furo da jornalista Eliane Cantanhede sobre a demissão do ministro da Educação.

Mas ontem à noite, questionado por jornalistas sobre a situação do ministro, Bolsonaro não deu um pio.

A impressão que dá é que tirar o ministro Ricardo Velez é muito mais necessário para o Brasil do que ‘desmoralizar’ a apresentadora da Globonews, que deveria estar certíssima, dando o furo checadíssimo…

Até que ponto o presidente vai conseguir segurar o ministro gringo que cuida da Educação sem sequer falar fluentemente a língua portuguesa?

Além de ser emparedado pela deputada Tábata, de 25 anos, veja a série de polêmicas – ou destrambelhos – do gringo que ontem nomeou – para agradar o presidente? – um militar como secretário executivo do Ministério que a cada dia se distancia mais da Educação.

Demitiu doze auxiliares em apenas 3 meses, entre eles o presidente do Inep;

Pediu a escolas que filmassem alunos cantando Hino Nacional e enviassem o vídeo ao MEC. Depois de críticas, recuou. Ou foi obrigado a recuar;

Disse em entrevista que o brasileiro parece um “canibal” quando viaja ao exterior. Depois de críticas, disse ter sido “infeliz” na declaração;

Afirmou que a universidade não é para todos.

E sobre o militar nomeado ontem…ele é o terceiro Número 2 da Educação até agora. Saldo: um por mês.

 

Aí…

Fica a questão.

Até que ponto vale ‘desmoralizar’ a jornalista para manter esse ministro no cargo?

29 de março de 2019 às 2:23

Quem está mentindo? [1] Comentários | Deixe seu comentário.

De quem é a fake News?

A assessoria da Embratur e o Ministério do Turismo informaram na tarde desta quinta-feira que a presidente do órgão, Teté Bezerra, pediu demissão ao ministro Marcelo Álvaro Antônio.

Na live da noite, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que foi ele quem mandou demitir.

Alguém está faltando com a verdade.

O fato é que há um clima de queda no governo…

Confira o que falou o presidente sobre o assunto:

“Chegou ao meu conhecimento que na semana que vem – olha só você, brasileiro – a Embratur, a sua presidente, está patrocinando um jantar. Então, a Embratur patrocinando um jantar. Eu acho que o Alceu Valença, se não me engano, ia cantar no jantar, certo? Preço do jantar: R$ 290 mil. Você ia pagar a conta”, disse o presidente.

“O que nós fizemos, no dia de ontem mesmo? Entramos em contato com o ministro do Turismo, falei para ele simplesmente cancelar o jantar e também, tendo em vista o tamanho do descalabro aqui, que cancelasse também a função ali da responsável pela Embratur. Então, ela foi exonerada no dia de hoje e também página virada”, acrescentou o presidente.

Na avaliação de Bolsonaro, não se pode “admitir passivamente” o preço estimado para o jantar. “Isso é um escracho, um deboche para com o brasileiro que está cansado de pagar imposto, está cansado de quase que ser extorquido e não ter na ponta da linha uma prestação de serviço”, concluiu.

Eis a nota do Ministério do Turismo:

NOTA

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, aceitou o pedido de exoneração encaminhado pela presidente do Instituto Brasileiro de Turismo – Embratur, Aparecida Maria Borges Bezerra, nesta quinta-feira (28). Ele agradece os trabalhos prestados e deseja sucesso nas próximas missões.

O próximo presidente da autarquia, encarregada por promover o Brasil internacionalmente, será um nome alinhado com a gestão do presidente Jair Bolsonaro, que preza pela austeridade, economicidade e eficiência.