Thaisa Galvão

2 de abril de 2019 às 18:02

Saiba tudo sobre bactéria que matou o neto de Lula [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha:

Neto de Lula morreu com infecção pela bactéria Staphylococcus aureus

Microrganismo causa infecções de pele; hospital em Santo André disse que causa era meningite meningocócica

Cláudia Collucci

Wálter Nunes

SÃO PAULO

O menino Arthur Araújo Lula da Silva, neto do ex-presidente Lula, morreu por sepse (infecção generalizada) originada pela bactéria Staphylococcus aureus, muito presente em infecções de pele, ou mesmo contusões, que podem ser a porta de entrada para o organismo.

A Folha confirmou a informação com quatro infectologistas que tiveram conhecimento do caso e com uma fonte próxima ao ex-presidente Lula, mas que preferem se manter no anonimato em respeito à família, que não fala sobre o assunto.

Nesta segunda (1), a Prefeitura de Santo André confirmou que Arthur não havia morrido de meningite meningogócica, como havia sido previamente informado pelo hospital à época.

De acordo com a nota da prefeitura, logo após a morte do menino a Secretaria de Saúde local encaminhou amostras coletadas no hospital para análise e confirmação do Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo e os exames descartaram “meningite, meningite meningocócica e meningococcemia”.

“Todos os procedimentos de proteção e profilaxia dos comunicantes foram realizados seguindo os protocolos do Ministério da Saúde”, diz a nota da prefeitura.

O hospital ainda não se pronunciou sobre o caso nem sobre a real causa da morte. A família também não fala sobre o assunto.

Nesta segunda (1º), o deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP) publicou em seu perfil no Twitter que espera que o hospital “esclareça quais procedimentos de apuração já realizou para o vazamento de diagnóstico que se revelou antiético para com a família e irresponsável com a saúde pública da região”.

Procurado, Padilha disse por meio da assessoria que, pelo ponto de vista ético, não falará sobre a bactéria e não tratará sobre o assunto.

Afirmou ainda que só se manifestou para que Secretaria de Saúde de Santo André informasse a população de que não havia um caso de meningite bacteriana circulando na cidade e que para que o hospital explique sobre o diagnóstico errado e o vazamento da informação

A informação de que a morte de Arthur foi por meningite meningocócica levou a uma corrida aos postos de vacinação e a críticas ao SUS que não dispõe de todas as vacinas que imunizam contra o agente causador da meningite.

O risco de uma infecção pela bactéria levar à morte pessoas saudáveis, como menino Arthur, é muito baixo, mas pode acontecer. Depende de uma série de fatores, tanto das características da bactéria quanto do paciente e sua suscetibilidade imunológica.

Não há vacina que previna a infecção pela bactéria e, segundo os médicos, não há motivo para pânico. É possível prevenir a contaminação com simples cuidados básicos de higiene, principalmente se houver machucados na pele: lavando as mãos e o local do ferimento.

STAPHYLOCOCCUS AUREUS

É transmitida pelo contato direto com uma pessoa infectada (por meio de objetos contaminados ou inalação de pequenas gotículas infectadas ao espirrar ou tossir)

O Staphylococcus aureus está presente no nariz (em geral temporariamente) de cerca de 30% dos adultos saudáveis e na pele de cerca de 20%.

Os percentuais são maiores em pessoas que são pacientes ou trabalham em um hospital. As pessoas podem mover a bactéria do nariz para outras partes do corpo com as mãos, por vezes levando à infecção

As infecções de pele por essa bactéria são comuns, mas as bactérias podem se espalhar pela corrente sanguínea e infectar órgãos distantes

• As infecções de pele podem causar bolhas, abscessos, vermelhidão e inchaço da área infectada.

• O diagnóstico é baseado na aparência da pele ou identificação da bactéria em uma amostra do material infectado.

• A lavagem bem feita das mãos pode ajudar a prevenir a propagação da infecção.

• Os antibióticos são escolhidos com base na probabilidade de serem eficazes contra a cepa que causa a infecção

Fatores que aumentam o risco de contrair uma infecção estafilocócica:

• Gripe

• Distúrbios pulmonares crônicos (como enfisema por fibrose cística)

• Leucemia

• Tumores

• Um órgão transplantado, um dispositivo médico implantado ou um cateter inserido em um vaso sanguíneo por um longo período

• Queimaduras

• Distúrbios crônicos da pele

• Cirurgia

• Diabetes mellitus

• Medicamentos, como corticosteroides, medicamentos que suprimem o sistema imunológico (imunossupressores), quimioterapia para câncer ou drogas ilícitas injetadas

• Radioterapia

Fonte: Manual MSD

2 de abril de 2019 às 17:18

Ex-presidente Michel Temer vira réu pela segunda vez [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do site O Antagonista:

O ex-presidente Michel Temer vira réu no segundo processo.

O primeiro foi o da mala, onde o ex-deputado Rocha Loures foi flagrado levando 500 mil reais em uma mala, supostamente para entregar a Michel Temer.

2 de abril de 2019 às 15:49

Um dia depois de ser desafiado por ex-ministro, Rogério Marinho admite tirar itens polêmicos na reforma da Previdência [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Um dia depois do ex-ministro da Previdência, Carlos Gabas, desafiar o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, para um debate sobre a reforma da Previdência apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro…

Rogério afirmou que o governo pode debater eventuais mudanças no texto da proposta…

As críticas feitas ontem por Gabas também foram feitas por deputados do PSD com os quais ele se reuniu hoje na sala do ministro da Economia, Paulo Guedes.

As mudanças serão debatidas na comissão especial que ainda está sendo formada.

“A ocasião em que iremos fazer o debate será na comissão de mérito, que é a comissão especial. Os senhores parlamentares serão apresentados aos números. Serão apresentados ao impacto que esperamos e, certamente, a vontade soberana do Congresso Nacional se fará ouvir representada”, declarou Marinho.

Os deputados do PSD criticaram as propostas que endurecem as regras de concessão da aposentaria rural e do concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC) – concedido a idosos de baixa renda.

Rogério disse que “vai continuar a defender os pontos que foram apresentados na integralidade do conjunto da PEC”, mas disse que, se for o entendimento da maioria”, esses dois itens polêmicos podem ser “suprimidos”.

2 de abril de 2019 às 15:38

Bancada discute preços de passagens aéreas na Agência Nacional de Aviação Civil [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por iniciativa do senador Jean-Paul Prates, parte da bancada do Rio Grande do Norte está reunida agora à tarde na Anac – Agência Nacional de Aviação Civil.

Na pauta, os altos preços de passagens aéreas nas rotas que incluem o Rio Grande do Norte.

Presentes além de Jean-Paul, os deputados João Maia, Benes Leocádio, Natália Bonavides, Walter Alves, Beto Rosado e Rafael Motta e o senador Styvenson Valentim.

2 de abril de 2019 às 15:32

Minuto da Câmara: prestando contas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Publicidade

Resumo das ações e eventos da Câmara Municipal de Natal:

2 de abril de 2019 às 1:19

Prefeitura de Apodi segue nesta terça-feira com programação para lembrar Dia do Autismo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Secretaria de Educação do município de Apodi programou uma série de ações para lembrar o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, neste 2 de abril.

Com o tema “Autismo não se cura, se compreende” o Município continua nesta terça-feira a programação do projeto TEAbraço, iniciada nesta segunda.

Nesta terça terá dia de lazer para as crianças autistas, na sede da AABBque será encerrado com uma caminhada pelas ruas da cidade a partir das 16h.

“A cada ano que realizamos este evento, vemos mais gente apoiando a ideia e participando dos debates. Isto é muito bom, pois fortalece a inclusão, que é um dos pilares do nosso Governo, e o respeito”, justificou o prefeito Alan Silveira.

2 de abril de 2019 às 0:02

Vídeo: Ex-ministro da Previdência Carlos Gabas desafia Rogério Marinho a debater sobre a reforma que ele critica [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Ex-ministro da Previdência nos Governos Lula e Dilma, secretário executivo (o número 2) na gestão do então ministro da Previdência Garibaldi Filho, Carlos Gaba participou em Natal, nesta segunda-feira, de seminário para tratar do tema que desperta interesse e medo, de parcelas diferentes da população: a reforma da Previdência.

Gabas, que é servidor de carreira do INSS, fez críticas ao modelo de reforma que foi apresentado ao Congresso, e fez um desafio: quer debater sobre reforma – que para ele não solucionará a crise financeira do Brasil – com o secretário nacional da Previdência, o ex-deputado potiguar Rogério Marinho.

O ex-ministro disse que debate com Rogério em qualquer planeta e sem um documento na mão.

O desafio foi lançado na entrevista que nos concedeu na noite desta segunda, no Jornal da Noite na 95MaisFM.

Entrevista que você pode conferir no vídeo.