Thaisa Galvão

21 de junho de 2019 às 23:28

Ministro da/sem educação se mostra incapaz de um gesto de humanidade [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Globo:

A educação do ministro Abraham Weintraub ficou de fora do avião em que ele embarcou no domingo passado (16), de São Paulo para Brasília. Sentado em sua poltrona, o ministro da Educação foi abordado pela comissária antes da aeronave decolar. Ela perguntou se Weintraub poderia atender ao pedido de um pai de família que sentava algumas fileiras à frente e gostaria de trocar de lugar para ficar com a mulher e os dois filhos. 

Não se tratava de colocá-lo em um assento pior. Ao contrário. O lugar oferecido ao ministro era uma poltrona conforto, aquela com mais espaço para as pernas.

O caçula, de 5 anos, chorava e chamava pelo pai. Weintraub, que estava sozinho, não se comoveu e disse que não trocaria de lugar. A família viajou separada até Brasília.

21 de junho de 2019 às 22:59

Detran anuncia entrada em vigor da Lei da remissão das dívidas para motocicletas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A lei que autoriza o Estado do Rio Grande do Norte a conceder remissão de crédito  tributário, relativo ao Imposto de Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e licenciamento, já está em vigor.

O Detran esclarece que terão direito ao benefício os proprietários de motocicleta ou motoneta de até 150 cilindradas.

Eles terão que quitar débitos de 2019 (IPVA, DPVAT e Licenciamento), todas as multas de trânsito que o veículo tenha registrado, e o seguro DPVAT de 2018.

O benefício vale apenas para um veículo por proprietário.

Para consultar a situação do veículo, basta acessar o site do Detran, clicar em “consulta de veículos e boletos”, preencher com placa e  Renavam que aparecerá uma tela com todos os débitos listados.

O documento poderá ser solicitado em uma unidade de atendimento do Detran (que esteja habilitada a emiti-lo) ou o interessado deverá aguardar o recebimento no endereço cadastrado, mediante o pagamento da taxa dos correios (RS7,00).

21 de junho de 2019 às 8:29

Paróquia de São Pedro segue programação até o dia 29 em comemoração aos 100 anos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Segue à programação comandada pelo Padre Motta, para celebrar a festa de São Pedro, na Paróquia que chegou aos 100 anos.

Na igreja do bairro do Alecrim, em Natal, segue o novenário, celebrado sempre às 19 horas.

Nesta sexta-feira o tema será “Há cem anos resgatando a dignidade humana”, e o pregador será o padre Luís Telmo Feitosa.

Neste sábado o padre José Élcio Salviano pregará “Há cem anos formando jovens cristãos”

No domingo o tema será “Há cem anos dando testemunho de oração” e o pregador será o padre Valquimar Nogueira do Nascimento, Reitor do Centenário Seminário de São Pedro em Natal.

A festa seguirá até o dia 29 quando será encerrada com uma programação durante todo o dia:

21 de junho de 2019 às 7:50

Filho de pastor assassinado suspeita de envolvimento da mãe deputada federal e diz que desespero durante enterro era ‘teatro’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1 sobre o assassinato do pastor, marido da deputada federal Flordelis (PSD):

Filho diz à polícia que deputada Flordelis e 3 irmãs podem estar envolvidas na morte de pastor

Por Felipe Freire e Leslie Leitão, RJ2

Um dos filhos da deputada Flordelis contou nesta quinta-feira (20) à Polícia Civil que suspeita do envolvimento da mãe e de três irmãs na morte do pai, o pastor Anderson Carmo, morto a tiros no último domingo. Segundo o jovem, uma delas ofereceu R$ 10 mil ao irmão Lucas dos Santos para matar o pastor.

Procurada, a deputada afirmou por meio da assessoria que não irá se pronunciar sobre o assunto.

O rapaz, que não teve a identidade revelada, disse que a mãe e três irmãs colocavam remédio na comida do pai e que isso seria a causa de seus problemas de saúde. Ele contou também que Anderson mostrou uma ameaça de morte que tinha recebido em fevereiro.

O jovem afirmou ainda que o irmão Lucas recebeu proposta de R$ 10 mil de uma das irmãs para matar Anderson. Lucas não estava na casa no momento do crime, mas teria comprado a arma usada no assassinato.

No depoimento, o filho disse que não houve barulho, confusão e nem moto em fuga no momento da morte. Ele afirmou que viu o irmão Flávio, que confessou ter dado seis tiros no pai, ao lado do corpo ensanguentado, recolhendo uma mochila de couro e o telefone celular do pastor. O aparelho foi entregue para a mãe Flordelis, segundo o depoimento.

Os policiais ainda não encontraram os celulares de Flordelis, do pastor e de Flavio. Também não acharam a mochila.

Segundo o filho, Flordelis teria afirmado que “a hora do pai estava chegando”. Ele descreveu o comportamento desesperado dos parentes no velório como “teatro”.

Nesta quinta-feira (20), a Justiça do Rio de Janeiro aceitou o pedido da Polícia Civil e determinou a prisão temporária de Lucas e Flávio. O pedido foi feito ao Judiciário após os investigadores realizarem uma acareação entre Flávio e Lucas.

21 de junho de 2019 às 6:52

Depois de prometer fim de reeleição, Bolsonaro já faz campanha para mais uma disputa [1] Comentários | Deixe seu comentário.

E assim como acontece com todos os políticos, o presidente Jair Bolsonaro foi mordido pela mosca azul da reeleição.

E ontem, durante a Marcha para Jesus, promovida pela igreja Renascer em Cristo, na cidade de Eldorado, interior de São Paulo, o presidente fez discurso de improviso…

“Meu muito obrigado a quem votou e a quem não votou em mim também. Lá na frente todos votarão, tenho certeza disso”, disse o presidente…

“Tenho a certeza de que o senhor vai fazer a marcha por mais oito anos. O senhor é um homem de Deus. Com coragem de declarar Deus acima de todos”, disse o apóstolo Cezar Augusto, da Igreja Apostólica Fonte da Vida, presente ao evento.

De volta à capital, Bolsonaro foi questionado sobre a declaração e disse que descarta a ideia caso seja aprovada “uma boa reforma política”. Do contrário, estará à disposição dos eleitores, afirmou.

“Olha, se tiver uma boa reforma política eu posso até, nesse caldeirão, jogar fora a possibilidade de reeleição. Posso jogar fora isso aí. Agora, se não tiver uma boa reforma política e se o povo quiser, estamos aí para continuar mais quatro anos.”

Nas eleições do ano passado, faltando apenas uma semana para o segundo turno, Bolsonaro falava em fim da reeleição para presidente.

“O que eu pretendo, tenho conversado com o Parlamento também, é fazer uma excelente reforma política para acabar com o instituto da reeleição, que, no caso, começa comigo, se eu for eleito”…era a promessa feita aos brasileiros.

Em abril, apenas 6 meses depois da promessa feita em outubro, Bolsonaro começou a falar em reeleição.

*

Com informações da Folha de S.Paulo