Thaisa Galvão

5 de setembro de 2019 às 21:18

Fiscalização no Porto de Natal impede embarque de cocaína em carga de sal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mais uma apreensão de drogas no porto de Natal e dessa vez não foi em carregamento de frutas, e sim de sal.

A Companhia Docas emitiu nota sobre o ocorrido:

Nota

A Polícia Federal (PF) realizou uma apreensão de drogas no Porto de Natal, nesta quinta-feira (05), reafirmando a eficiência do trabalho em conjunto entre a PF, a Receita Federal e a Guarda Portuária da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN).

Ressalta-se que o entorpecente foi detectado acondicionado no contêiner de sal empacotado, que não foi inserido dentro da área portuária.

Entre os focos, a Diretoria da CODERN estabeleceu como uma de suas prioridades de gestão o aprimoramento na segurança do Porto de Natal de forma a recuperar a certificação do Código Internacional para Proteção de Navios e Instalações Portuárias (ISPS CODE) e obtenção de um scanner.

Enfatiza-se, ainda, que tem sido recorrente a apreensão de drogas nos Portos do Brasil.

Companhia Docas do Rio Grande do Norte

5 de setembro de 2019 às 15:30

Álvaro Dias e Eudiane Macêdo: chapa completa no Beco da Lama [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Há quem aposte numa chapa com o prefeito de Natal Álvaro Dias como candidato à reeleição, tendo como vice a deputada Eudiane Macêdo.

Terminados os trabalhos na Assembleia na tarde desta quinta-feira, Eudiane foi encontrar Álvaro no Beco da Lama.

A rua revitalizada que fica vizinha à Assembleia e à Prefeitura.

5 de setembro de 2019 às 13:34

Presidente quer o comando da Polícia Federal e Ministério Público [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Jair Bolsonaro vai trocar o comando da Polícia Federal.

O presidente Jair Bolsonaro, sem respeitar a lista tríplice definida pelos procuradores da República, vai definir o nome do novo procurador geral.

O presidente Jair Bolsonaro quer manter na sua mão, o controle remoto dos órgãos de investigação.

Quer mandar na Polícia Federal, e quem pensar diferente é ‘babaca’…ele disse assim…

E quer mandar no Ministério Público.

Com isso ficará livre de investigações.

Ele e os filhos, como o senador Flávio Bolsonaro, acusado de desviar dinheiro da Assembleia Legislativa quando era deputado estadual.

 

O controle remoto do presidente Jair Bolsonaro põe em xeque a carta branca que ele deu ao ministro Sergio Moro, que abriu mão da carreira para botar o pé na escada para ingressar em outra: no STF.

Só que o preço está alto demais.

Bolsonaro manda e o ex-juiz, que julgava e dava sentenças, apenas baixa a cabeça e obedece.

Moro tem sido humilhado…

Em silêncio para não perder o caminho da carreira no STF.

Mesmo assim Bolsonaro já afirmou que não prometeu cargo nenhum a Sergio Moro no Supremo Tribunal Federal.

5 de setembro de 2019 às 13:33

Bolsonaro tem até hoje para vetar dispositivos na lei de abuso de autoridade [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Bolsonaro disse que vai vetar 36 dispositivos no projeto de lei do abuso de autoridade, aprovado no Congresso e no aguardo da sanção presidencial.

Uma vez formalizados, os vetos precisam ainda ser analisados pelo Congresso Nacional, que tem o poder de derrubá-los.

Bolsonaro disse que, apesar dos vetos, “o espírito do projeto será mantido”.

E negou que, com a decisão, esteja “afrontando o parlamento” ou fazendo “média com a população”.

“Mas 36 emendas [vetos] serão apresentadas. Queremos combater o abuso de autoridade, mas não podemos aplicar um remédio excessivamente forte que vá matar o paciente”, declarou o presidente, em cerimônia de lançamento de um programa para a implementação de escolas cívico militares no Brasil.

Apesar de revelar o número de itens que serão barrados, o presidente não detalhou quais serão os vetos realizados. O projeto endurece as punições por abuso de autoridade de agentes públicos, incluindo juízes, promotores e policiais.

Críticos do texto —que foi aprovado pelo Congresso em 14 de agosto— dizem que ele pode inviabilizar investigações do Ministério Público e da Justiça Federal. Já os parlamentares que apoiaram o projeto dizem que ele visa coibir abusos cometidos por esses órgãos.

O prazo final para que Bolsonaro apresente seus vetos termina nesta quinta-feira (5).

5 de setembro de 2019 às 6:49

Prefeito Álvaro Dias e a surpresa de aniversário [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Do prefeito Álvaro Dias, quando chegou em Natal, vindo de Brasília na madrugada.

A mulher Amanda Diógenes e funcionários do gabinete do Palácio Felipe Camarão foram receber o aniversariante.

5 de setembro de 2019 às 6:00

Minuto da Câmara: Prestando contas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Qualquer intervenção urbana de reordenamento do bairro Alecrim terá que ser aprovada pela Câmara. É o que propõe o Projeto de Lei de autoria da vereadora Nina Souza (PDT), aprovado pela Comissão de Justiça da casa.

Essa e outras notícias no Minuto da Câmara, um resumo do trabalho do legislativo municipal de Natal.

Acompanhe:

5 de setembro de 2019 às 4:43

PSDB estica o prazo para criação das comissões provisórias no RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

As Comissões Provisórias do PSDB no RIo Grande do Norte terão novos prazos para fazer diretórios com vigência de dois anos.

 

A decisão atende orientação do diretório nacional do partido, que vai mobilizar comissões de todo o Estado.

 

O novo prazo será de 21 de setembro a 6 de outubro.

O calendário foi aprovado pelo presidente estadual da legenda, deputado Ezequiel Ferreira.

 

“Estamos dando sequência ao trabalho com o objetivo de fortalecer ainda mais o PSDB no Estado, contribuindo para que a legenda tenha forte atuação nos municípios potiguares e esteja representada nas próximas eleições na maior quantidade de cidades do RN”, disse Ezequiel.

5 de setembro de 2019 às 4:38

Senadora Zenaide Maia é escolhida para presidir frente parlamentar mista em defesa da soberania [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Foi com gritos de “Lula livre” e “fora Bolsonaro” que a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional foi lançada nesta quarta-feira no Congresso Nacional, em Brasília.

O grupo terá como presidente a senadora do Rio Grande do Norte, Zenaide Maia (PROS) e coordenado pelo deputado e ex-ministro do Desenvolvimento Social do governo Lula, deputado Patrus Ananias (PT-MG).

A criação de um projeto em “defesa da soberania nacional” foi articulada pelo ex-presidente Lula.

Em seu discurso, Zenaide Maia criticou as privatizações.

5 de setembro de 2019 às 4:17

Dilma Rousseff volta ao Congresso 3 anos depois do impeachment [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Exatamente 3 anos depois de perder o mandato através de impeachment, a ex-presidente Dilma Roussef foi ao Congresso Nacional pela 1ª vez.

Ela participou de um ato contra privatizações que marcou o lançamento de uma frente parlamentar em ‘defesa da soberania nacional’.

A última visita de Dilma ao Congresso, em 29 de agosto de 2016, foi para se defender de acusação de crime de responsabilidade fiscal, as chamadas pedaladas fiscais.

Em um discurso de meia hora, a ex-presidente chamou o governo de Jair Bolsonaro de ‘neofascista’.

Leia trechos do discurso de Dilma:

“Hoje em dia nós vivemos com a consciência de que este país, que havia resistido por quatro eleições presidenciais consecutivas, resistido ao neoliberalismo, hoje vê que foi necessário o surgimento de um governo neofascista para implantar o neoliberalismo”.

“Esse grupo que está no poder não tem o menor compromisso com a nação, portanto, não tem compromisso com a soberania”.

“É importante a gente notar que o processo de desmonte da imagem da Petrobras tem a ver também com o ataque da Lava Jato. A Lava Jato é responsável também por ferir economicamente as empresas nacionais, sobretudo a Petrobras”.

“A privatização das estatais não é privatização coisa nenhuma, é desnacionalização, principalmente as maiores. A Petrobras não será privatizada, mas desnacionalizada. Não há no Brasil capital suficiente para comprar e desenvolver a Petrobras”.

*

Na chegada ao Congresso, Dilma Rousseff foi recebida por parlamentares do PT, como o senador do Rio Grande do Norte, Jean-Paul Prates.

https://www.thaisagalvao.com.br/wp/wp-content/uploads/2019/09/img_2910.trim_.mov

Vídeo e fotos Ricardo Borges

5 de setembro de 2019 às 0:50

Presidente do Chile rebate ataque do ‘aliado’ Bolsonaro à menória do pai da ex-presidente [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, repudiou a declaração de Jair Bolsonaro sobre o assassinato do pai da ex-presidente chilena Michelle Bachelet e seu elogio à ditadura de Augusto Pinochet. 

Piñera, que é de direita e aliado de Bolsonaro, fez um pronunciamento cricando o presidente brasileiro.

Nesta quarta-feira 4, Bolsonaro fez mais um de seus ataques: ele elogiou a tortura e morte do pai de Bachelet pelo regime sanguinário de Pinochet, afirmando que o Chile “só não é uma Cuba graças aos que tiveram a coragem de dar um basta à esquerda em 1973”.

“Não concordo, em absoluto, com a declaração feita por Bolsonaro a respeito de uma ex-presidente do Chile e, especialmente, a um tema tão doloroso quanto a morte de seu pai”, disse o presidente do Chile.

5 de setembro de 2019 às 0:35

Infarto mata filho do pentacampeão Cafu [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Globo Esporte/SP

Danilo Feliciano de Moraes, filho mais velho do pentacampeão Cafu, morreu aos 30 anos nesta quarta-feira vítima de um infarto enquanto jogava bola na casa da família, em Barueri, região metropolitana de São Paulo.

A informação foi confirmada pelo tetracampeão Paulo Sergio. Amigo da família, o ex-jogador disse que Danilo se sentiu mal depois de brincar por dez minutos, foi levado ao hospital, mas não resistiu.

Na foto abaixo, postada por Cafu no último Dia dos Pais, Danilo, de branco, aparece ao lado dos dois irmãos com o pai.