Thaisa Galvão

27 de novembro de 2019 às 13:43

Empresas chinesas que atuam no RN deverá ampliar investimentos no Estado de acordo com protocolo assinado com a governadora Fátima [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em seu segundo dia de atividades em Pequim, na China, a governadora Fátima Bezerra assinou protocolo de intenções com a diretoria da China General Nuclear e Power Corporation (CGN).

O documento aponta a decisão da empresa em expandir seus investimentos em geração de energia no Rio Grande do Norte.

“Após a missão na Europa, que fui em busca de novos investimentos para o nosso querido Rio Grande do Norte, trago, hoje, uma excelente notícia. Assino, aqui na sede da CGN, com o vice-presidente da empresa, Jiang Nan, este protocolo de intenções, que manifesta o desejo de ampliar os investimentos no estado nas áreas de energia solar, eólica e de gás”, disse a governadora.

”Eles também estudam a possibilidade de instalar uma fábrica para produção de equipamentos na área de energia”, disse Fátima, que começou a tratar com o grupo no início no segundo semestre.

“A CGN é uma gigante chinesa no mercado solar e eólico. Já está no Brasil há 10 anos, inclusive com projetos no RN. Agora, eles se comprometem em ampliar os investimentos no estado e estamos batalhando também para trazer uma fábrica de painéis solares e componentes, o que irá gerar ainda mais empregos para a população”, acrescentou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, lembrando que a CGN adquiriu este ano dois campos de produção de energia eólica no RN, uma em João Câmara e outra em Parazinho.

Três novos projetos para o Rio Grande do Norte estão em estudo: Santana do Matos, Rio do Fogo e Pedro Avelino.

Fátima cumpre agenda internacional até o início de dezembro, onde participa do Seminário de Comunicação e Cooperação Financeira Internacional da iniciativa “Um Cinturão, Uma Rota”, nas cidades de Pequim e Lisboa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*