SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral3(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
  • Jimmy Vitara
  • novembro 2014
    S T Q Q S S D
    « out    
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
  • SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
  • @thaisagalvao

    • SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio lateral2(240x200)'ORDER BY RAND() LIMIT 0,1;
      • Grand Vitara
      21
      nov

      Da Agência Brasil:

      Operação Lava Jato: Fernando Baiano nega ter relações com PMDB

      O advogado Mário Oliveira Filho, que representa o empresário Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, preso na Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF), disse que seu cliente negou ter relações com o PMDB, em depoimento prestado hoje (21) à PF em Curitiba (PR). Segundo o advogado, Soares respondeu a todas as perguntas formuladas pelos delegados durante a oitiva, que durou aproximadamente duas horas. Oliveira Filho preferiu não dar mais detalhes sobre o depoimento ao deixar a Superintendência da PF.

      Fernando Soares entregou-se à PF na terça-feira (18), depois de ser considerado foragido. A prisão temporária de cinco dias vence amanhã (22) e caberá ao juiz federal Sério Moro, responsável pelas investigações, decidir se ele vai continuar preso.

      Em depoimento de delação premiada, o doleiro Alberto Youssef disse que o investigado arrecadava propina para o PMDB por meio de contratos com a Petrobras. Em entrevista na quarta-feira (19), o advogado confirmou que o empresário tinha negócios lícitos com a Petrobras, mas negou que ele tenha qualquer ligação com o partido. Em nota, a legenda repudiou a acusação.

      Em relatório enviado quarta-feira (19) pelo Banco Central ao juiz federal Sérgio Moro, a instituição informou que foram bloqueados R$ 8,5 mil na conta do empresário no Citibank e R$ 304 em outra conta, no Santander. Em entrevista na quarta-feira, o advogado Mário Oliveira Filho disse que Fernando Soares faz “prospecção de negócios”. O representante do empresário disse ainda que não há obra sem propina no país.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Home Angels
      21
      nov

      Da Veja Online:

      Palácio do Planalto adia anúncio de novos ministros

      Expectativa era que a presidente Dilma Rousseff anunciasse nesta sexta-feira os nomes que irão ocupar as pastas do Planejamento, da Fazenda, do Desenvolvimento e Indústria e da Agricultura

      Sem dar explicações, o Palácio do Planalto cancelou o anúncio dos primeiros integrantes da nova equipe ministerial, que estava previsto para esta sexta-feira.

      A principal expectativa era a escolha do ministro da Fazenda: os nomes de Joaquim Levy, ex-secretário do Tesouro, e de Nelson Barbosa, ex-secretário-executivo da Fazenda, estavam entre os cotados. Alexandre Tombini, atual presidente do Banco Central, era outra opção cogitada.

      O senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE) deve assumir o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Ele esteve com a presidente Dilma Rousseff no Palácio da Alvorada na manhã desta sexta-feira. A chegada dele ao governo representa uma tentativa de aproximação da presidente com o PTB, que fez parte da aliança do tucano Aécio Neves nas eleições. Para a Agricultura, a senadora Kátia Abreu (PMDB) é a mais cotada.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;
      • D' Amis - Moda Feminina
      21
      nov

      A receita de Carlos Eduardo para os adversários

      21 de novembro de 2014 às 16:47 — Comente aqui

      E disse que precisa rezar muito para administrar Natal.
      Deu a receita para os adversários que já são muitos para 2016: os deputados estaduais Hermano Morais (PMDB) e Fernando Mineiro (PT), o federal eleito Rogério Marinho (PSDB), o presidente da Câmara, Albert Dickson (PROS), o professor Robério Paulino (PSOL)…

      IMG_2237.PNG

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;

      O julgamento da Operação Impacto pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, parece ter posto fim num assunto que vem incomodando a população de Natal há 7 anos.

      Mas, o caso que envolveu vereadores, ex-vereadores e um empresário, que teriam negociado, em troca de dinheiro, a aprovação de um plano diretor para a capital, condizente com o mercado imobiliário e de construção civil, ainda vai render.

      Como há recurso, a defesa de todos os condenados irá bater nas portas do Superior Tibunal de Justiça.

      Porém, como as penas impostas na condenação em primeiro grau foram reduzidas no julgamento de ontem, daqui que o STJ se pronuncie e o caso transite em julgado…as penas já terão sido prescritas.

      Portanto, o efeito moral da condenação de ontem, não deverá ter o efeito jurídico esperado.

      Fora incluir os réus na lista dos 'ficha sujas', o resultado de ontem não coloca ninguém na cadeia e sequer tira mandato de alguém.

      Sem contar que estar na lista de 'ficha sujas' é apenas uma condição, e não uma sanção.

      Lembrando que os mandatos dos vereadores condenados vão até o fim de 2016 e o processo se estenderá até mais do que isso, os vereadores Adão Eridan, Aquino Neto e Júlio Protásio continuarão vereadores.

      Até o trânsito em julgado, quando eles ficarão, de fato, inelegíveis, não podendo disputar reeleição.

      E disputar reeleição antes do trânsito em julgado pode significar o risco de perder o mandato caso seja eleito, com a conclusão do processo.

      Logo, os vereadores poderão nem pensar em outra legislatura, mas, seguirão tranquilos no plenário da Câmara até 31 de dezembro de 2016.

      O resultado do julgamento de ontem foi muito mais uma resposta à sociedade que cobrava providências para o caso, do que uma condenação aos envolvidos.

      Que continuarão atuando normalmente, enquanto o caso não prescreve e só depois o STJ se pronuncie.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;
      • L200 Top Car

      O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, viajou a Europa para receber, em Portugal, um prêmio do Instituto Ambiental Biosfera.
      Mas o prêmio maior ele recebeu antes, no Vaticano.
      É que Jaime teve a emoção de ter um encontro com o Papa Francisco.
      Encontro articulado por dois acarienses: o advogado Leonardo Braz junto ao Padre Flávio, que atua há anos no Vaticano, e com muito prestígio.

      O prefeito Jaime entregou ao Papa uma medalha da Terra dos Mártires de Uruaçu, e recebeu do Papa Francisco, um terço com o brasão papal.

      A comitiva que acompanhou o prefeito assistiu ao encontro e participou da celebração de uma missa solene na basílica de São Pedro, em comemoração ao aniversário da congregação do templo.

      O Padre Nunes, titular da paróquia de Neópolis, em Natal, também acompanhou o prefeito.
      Além de Leonardo e Francielly, dos auxiliares Mario David, Nazareno Alexandre, Joelma Máximo, e do assessor parlamentar Francisco Costa.

      IMG_2200.PNG

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;
      • Carnatal

      Em entrevista à 98FM nesta véspera de feriado, o prefeito Carlos Eduardo Alves foi provocado pelo apresentador Robson Carvalho sobre dois secretários que estariam de malas prontas para o governo Robinson Faria: Marcelo Toscano e Virgínia Ferreira.
      Carlos rendeu elogios aos titulares da Semurb e do Planejamento.
      Disse que sabe que Marcelo – indicado de Robinson ao prefeito – trocará o Município pelo Estado, mas, que Virgínia permanecerá na Prefeitura.
      Carlos disse que conversou ontem com sua auxiliar e assim ficou definido.
      Virgínia já havia dito ao Blog que valor de salário não iria interferir em sua decisão, mas não custa lembrar que ela ficou entre o atual cargo, agora com salário de 12 mil, e o convite para o governo, com salário bruto de 8 mil.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;
      21
      nov

      Quem do PMDB?

      21 de novembro de 2014 às 0:09 — Comente aqui

      Sobre sucessão na mesa diretora da Assembleia Legislativa….
      O que quis dizer o deputado Nelter Queiroz quando falou, em entrevista ao JH, que se o deputado federal Henrique Alves tivesse candidato a presidente da Assembleia, “tinha que torcer por alguém do PMDB”?
      O que há por trás dessa frase ‘despretensiosa’?

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 6,1;
      • DNA Center

      Do TJ-RN

      A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) manteve as condenações impostas na primeira instância pelo juiz da 4ª Vara Criminal de Natal, Raimundo Carlyle, aos 16 réus condenados na sentença judicial do processo da Operação Impacto.

      A denúncia de autoria do Ministério Público Estadual apontou a existência de um esquema de compra de votos envolvendo parlamentares da Câmara Municipal de Natal e empresários do ramo imobiliário e da construção civil durante a votação do Plano Diretor de Natal em 2007.

      Os membros da Câmara Criminal também reformaram a sentença no tocante à absolvição do ex-vereador Edivan Martins, agora condenado pelo crime de corrupção passiva.

      Ao final do julgamento, os desembargadores realizaram a dosimetria das penas, estabelecendo as punições definitivas de cada um dos réus.

      Durante o julgamento da Apelação Criminal, os desembargadores Glauber Rêgo, Gilson Barbosa e Ibanez Monteiro reconheceram que os denunciados aceitaram vantagem indevida para que votassem pela derrubada dos vetos do prefeito de Natal ao Plano Diretor, conforme interesses de um grupo de empresários do ramo imobiliário e da construção civil.

      O relator do processo, desembargador Glauber Rêgo, afirmou que restaram identificadas as culpabilidades dos envolvidos, seja por meio de interceptações telefônicas, provas materiais ou depoimentos de terceiros. O magistrado citou trechos de escutas telefônicas entre vereadores e assessores que comprovavam a existência do esquema. E observou que informação prestada por um dos delatores, o ex-vereador Sid Fonseca (absolvido no processo), dava conta de que o valor pago a cada parlamentar em troca da derrubada dos três vetos do prefeito era de R$ 30 mil.

      Detalhes importantes do processo foram mencionados pelo desembargador Glauber Rêgo, relator do recurso. Entre eles, o de que a propina seria fatiada entre os parlamentares na residência da mãe de um dos assessores – Francisco de Assis Jorge, funcionário do então vereador Geraldo Neto.

      Assis Jorge foi incumbido de receber a propina, por meio de dois cheques, sacá-los, e em seguida repassá-los aos vereadores. Ao apresentarem as respectivas defesas, os ex e atuais vereadores, assessores e empresários alegaram falta de provas e, no caso de Ricardo Abreu, a justificativa de que o recurso alvo de investigação não detinha fins ilícitos.

      Os desembargadores não reconheceram as argumentações e mantiveram as condenações.

      Foram condenados por corrupção passiva os então vereadores Emilson Medeiros, Dickson Nasser, Aluísio Machado, Sargento Siqueira, Geraldo Neto, Renato Dantas, Carlos Santos, Salatiel de Souza, Júlio Protásio, Adenúbio Melo, Aquino Neto, Adão Eridan e Edivan Martins.

      Os desembargadores também mantiveram a condenação por corrupção ativa do empresário Ricardo Abreu, bem como a condenação dos ex-funcionários da Câmara Municipal, Hermes da Fonseca, Klaus Charlie e Francisco de Assis Jorge, então assessores, respectivamente, dos ex-vereadores Dickson Nasser, Emilson Medeiros e Geraldo Neto.

      Perda de mandato e inelegibilidade

      As penas dos condenados incluem a perda de cargo, função pública ou mandato, a inelegibilidade para os que detêm mandato eletivo e penas a serem cumpridas nos regimes semi-aberto (Emilson Medeiros e Dickson Nasser) e aberto (demais citados). No primeiro caso, a punição somente se dará após o trânsito em julgado, ou seja, com o último recurso julgado.

      Quanto à inelegibilidade, a situação é outra. Neste caso, os condenados ficam impedidos de se candidatar a cargos eletivos com a publicação da decisão da Câmara Criminal no Diário da Justiça Eletrônico.

      O desembargador Glauber Rêgo decidiu – e os demais magistrados acataram – pela exclusão do valor mínimo de reparação do dano a todos os condenados e estipulou uma multa de 10 salários-mínimos ao advogado Rafael Cruz, então representante de Klaus Charlie, por ter renunciado à defesa do réu.

      CONFIRA AS PENAS:

      -Ricardo Abreu: pena de três anos e oito meses em regime aberto, com 51 dias-multa. A pena foi substituída por duas penas restritivas de direito que serão estabelecidas pelo juiz de Execução Penal.

      -Emílson Medeiros e Dickson Nasser: pena de quatro anos, três meses e dez dias, com 66 dias-multa em regime semi-aberto.

      -Geraldo Neto, Renato Dantas, Adenúbio Melo, Edson Siqueira, Aluísio Machado, Júlio Protásio, Francisco Sales, Salatiel de Souza, Carlos Santos, Edivan Martins: pena de três anos e oito meses e 51 dias multa, no regime aberto. As penas serão substituídas por duas penas restritivas de direito que serão definidas pelo juiz da Execução Penal.

      -Adão Eridan: pena fixada em dois anos, nove meses e 22 dias-multa, regime aberto. A pena foi substituída por duas penas restritivas de direito que serão estabelecidas pelo juiz de Execução Penal.

      -Klaus Charlie, Francisco de Assis Jorge Sousa e Hermes Soares Fonseca: pena de três anos e quatro meses e 43 dias-multa, regime aberto. As penas serão substituídas por duas penas restritivas de direito que serão definidas pelo juiz da Execução Penal.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 7,1;

      Terminada a sessão da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do RN, todos os atuais e ex-vereadores envolvidos na Operação Impacto foram condenados pelo crime de corrupção passiva.

      Os atuais vereadores são Aquino Neto, Adão Eridan e Júlio Protásio.

      Os ex-vereadores condenados são Edivan Martins, Aluísio Machado, Renato Dantas, Geraldo Neto, Carlos Santos, Adenúbio Melo, Salatiel de Souza, Edson Siqueira e Emilson Medeiros.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 8,1;

      A sessão exclusiva da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça para julgamento da Operação Impacto está acontecendo no pleno do TJ.

      A expectativa é que a sessão se estenda pela tarde, já que são vários vereadores envolvidos, com advogados de defesa inscritos para sustentação oral.

      A Operação Impacto aconteceu em 2007 quando vereadores foram alvo de buscave apreensão em processo instaurado pelo Ministério Público.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 9,1;
      20
      nov

      Morre o ex-ministro Márcio Tomaz Bastos

      20 de novembro de 2014 às 8:07 — Comente aqui

      Do G1

      Morre em São Paulo o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos
      Bastos foi internado na terça (18) para tratamento de fibrose pulmonar. O ex-ministro morreu no Hospital Sírio-Libanês aos 79 anos.

      O advogado e ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, de 79 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (20) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. A informação foi confirmada pela equipe médica.
      Bastos foi internado na terça-feira (18) para tratamento de descompensação de fibrose pulmonar, segundo boletim médico divulgado pelo hospital.
      Um dos advogados criminalistas mais influentes do país, Bastos foi convidado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para compor a equipe do primeiro mandato. Comandou o Ministério da Justiça entre 2003 e 2007.
      Mesmo depois de deixar o ministério, continuou em evidência ao atuar em casos de grande repercussão nacional. Atuou, por exemplo, no julgamento do processo do mensalão, no Supremo Tribunal Federal, em 2012. Na ocasião, defendeu o ex-vice-presidente do Banco Rural, José Salgado.
      Durante o período do julgamento, entrou com reclamação contra o então presidente do STF, Joaquim Barbosa, questionando o fato de Barbosa não ter levado pedidos da defesa dos réus para análise do plenário do tribunal.
      Também foi o responsável pela defesa do bicheiro Carlinhos Cachoeira, que responde a processo por suspeita de participação em esquema de jogos ilegais.
      Bastos atuou ainda na defesa do médico Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos de prisão por 48 ataques sexuais a 37 vítimas.
      A acusação dos assassinos de Chico Mendes, do cantor Lindomar Castilho e do jornalista Pimenta Neves são outros trabalhos de repercussão nacional no currículo do ex-ministro.
      Bastos era formado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) na turma de 1958.
      Em 1990, após a eleição do presidente Fernando Collor, integrou o governo paralelo instituído pelo Partido dos Trabalhadores como encarregado do setor de Justiça e Segurança. Em 1992, participou ao lado do jurista Evandro Lins e Silva da redação da petição que resultou no impeachment de Collor.

      É fundador do movimento Ação pela Cidadania, juntamente com Severo Gomes, Jair Meneghelli e Dom Luciano Mendes de Almeida. É fundador do Instituto de Defesa do Direito de Defesa.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 0,1;
      • Home Angels

      Caberá a Assembleia Legislativa aprovar ou não a alteração na Lei Orgânica do Ministério Público, onde o órgão quer trocar o valor do auxílio-moradia dos atuais 10% sobre os salários para quem tem direito, para um valor fixo de R$ 4.377,73.
      Caso a Assembleia aprove, só o teto do auxílio-moradia passará a ser quase o valor do que é pago hoje, como salário líquido aos secretários de Estado.
      Está exatamente aí um dos pontos mais dificultosos do governo Robinson Faria para escolher com rigor e critério seu secretariado.
      Quem, com porencial de trabalhar pelo crescimento de um Estado, com todos os pepinos e abacaxis, vai trocar as atividades – porque técnico competente nunca está desempregado – por uma função dessas e com um salário líquido de pouco mais de 6 mil reais?
      Caberá, também à Assembleia, cuidar do aumento de salários dessa categoria.
      Sob pena de as mudanças pensadas e planejadas não saírem do papel.
      E o mais do mesmo do serviço público continuar como vem se arrastando…
      Resta saber se, nos dois casos, haverá receita.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 1,1;
      • D' Amis - Moda Feminina

      Quem não dava muito crédito às articulações do deputado eleito Álvaro Dias para voltar a ser presidente da Assembleia Legislativa, começa a mudar de ideia.

      Álvaro, que presidiu a AL por 3 biênios, tem conversado…

      E nas conversas, tem constatado que o dia primeiro de fevereiro, quando depois de empossados os deputados elegerão a mesa diretora da Assembleia, será de muitas surpresas.

      Uma espécie de terceito turno das eleições estaduais no quesito "surpresa".

      Por enquanto, a hora é de muito silêncio.

      Silêncio que só faz barulho nas conversas de pé de ouvido.

      Como as do próprio Álvaro com o governador eleito Robinson Faria e com o atual presidente da Assembleia, deputado Ricardo Motta.

      Álvaro se encontrou com Robinson num shopping de São Paulo.

      Os dois se cumprimentaram e sentaram para uma conversa no dia seguinte, em outro shopping.

      Álvaro foi presidente da AL e teve Robinson como primeiro secretário.

      Terminado seu mandato, se elegeu deputado federal, mas apoiou a eleição de Robinson para presidente.

      Na conversa dos dois, que na eleição estiveram em palanques opostos, um revival dos tempos em que atuaram como parceiros.

      Mas Robinson deixou claro o que tem dito: vai se envolver o mínimo possível na eleição da mesa diretora.

      Com Ricardo Motta, a conversa de Álvaro Dias foi na Assembleia.

      Álvaro falou de seu projeto e ouviu de Ricardo a disposição de não arredar pé da reeleição.

      Ricardo segue candidato apostando na gestão e parceria com os deputados.

      Mesma arma de Álvaro, que foi presidente.

      Correndo por fora, as pré-candidaturas do vice-presidente Gustavo Carvalho e do recém-eleito para primeiro mandato, Galeno Torquato.

      E no silêncio que urge, novos nomes em discussão.

      Porém, os nomes não surgem como ameaça a Ricardo nem a Álvaro.

      Pelo andar da carruagem, os dois ou irão para disputa ou se aliarão.

      Caso tenham que bater chapa, o silêncio ensurdecedor será o fantasma da eleição.

      Assustando tanto um candidato quanto o outro, aventando a possibilidade do terceiro turno cheio de surpresas…

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 2,1;
      19
      nov

      Condenado na ação criminal sobre denúncias na Ceasa, o ex-diretor João Alves Carvalho Bastos e o servidor Liésio Correia de Andrade, foram inocentados na ação cível sobre o mesmo caso.
      No entendimento do juiz da 5a Vara da Fazenda Pública, Airton Pinheiro, os dois não estão envolvidos em esquema fraudulento.

      O magistrado inocentou João Alves e Liésio da acusação de improbidade administrativa feita pelo Ministério Público do RN, que questionava o processo de contratação de uma empresa de seguros, realizado em 2005.
      O juiz entendeu que eles não participaram do processo da concorrência e que João Bastos homologou com base em parecer jurídico.

      A sentença da justiça que inocenta João Bastos e Liésio Correia foi publicada no Diário da Justiça no último dia 4 de novembro de 2014.

      Ao reformar a sentença que condenava os dois, o juiz Airton Pinheiro afirmou inexistir “improbidade administrativa”.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 3,1;
      • L200 Top Car
      19
      nov

      São Gonçalo: Aeroporto fora de área

      19 de novembro de 2014 às 19:05 — 1 comentário

      O Aeroporto de São Gonçalo e suas gambiarras…

      Pois o Consórcio Inframérica, responsável pela construção e exploração do aeroporto, não se preocupou muito com a comunicação…

      E não negociou com operadoras de telefonia móvel para se instalar na longínqua área do aeroporto.

      Resultado: a Tim e a Claro instalaram suas antenas em carretas nas cercanias do aeroporto.

      Sem acesso físico…

      Sem contato telefônico…

      Totalmente fora do ar.

      Quem não sabe nada dos bastidores, tem certeza que tudo anda às mil maravilhas.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 4,1;
      • Carnatal

      O prefeito de Ceará-Mirim, Antônio Peixoto, ainda não se pronunciou sobre a Operação Baco, realizada ontem pelo Ministério Público e Polícia Militar, onde a residência dele foi alvo de busca e apreensão.
      A assessoria da Prefeitura de Ceará-Mirim informou que o prefeito não vai falar agora.
      Ele quer primeiro ter informações sobre o processo, que corre em segredo de justiça.
      As primeiras informações dão conta que a Prefeitura vinha sendo investigada após denúncias de esquema fraudulento.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 5,1;

      Para quem está de olho na diretoria da Ceasa no governo Robinson Faria, um alerta: a atuação no órgão tem dado dor de cabeça nos seus ex-gestores e nos últimos dias dois foram condenados.

      O primeiro, o ex-diretor e deputado eleito José Adécio, condenado à inelegibilidade por 8 anos.

      Hoje foi a vez do também ex-dirigente João Alves de Carvalho Bastos.

      Na mesma leva, também foram punidos o ex-chefe do setor de compras e o então dono da corretora de seguros Cabugi.

      No caso de Adécio, a condenação se deu por contratação irregular de cargos comissionados. No caso de João, sob acusação de participação em esquema fraudulento

      A sentença foi assinada pelo juiz Ivanaldo Bezerra Ferreira dos Santos, titular da 8ª Vara Criminal de Natal.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 6,1;
      • DNA Center

      A mesa diretora da Assembleia Legislativa comunicou agora, na sessão, a mensagem do Governo que pede a autorização da Casa para contrair um empréstimo de 850 milhões de reais junto ao Banco do Brasil.
      Os recursos terão como destino, obras de infraestrutura.
      O empréstimo foi tentado pela governadora Rosalba Ciarlini e não aprovado pelos deputados.
      Há poucos dias o governador eleito Robinson Faria discutiu o assunto com o presidente da Assembleia, Ricardo Motta.
      A matéria já foi lida e será discutida amanhã pela Comissão de Constituição e Justiça, e em seguida votada pelos deputados.

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 7,1;

      O deputado Hermano Morais amanheceu o dia conversando com os vereadores do PMDB.
      Presidente do diretório do partido em Natal, Hermano começa a ouvir a bancada na Câmara sobre…2016.
      Ao Blog, Hermano já afirmou que não descarta ser mais uma vez candidato a prefeito da capital, maasss…que tudo será uma questão de partido.
      E como a próxima eleição é municipal…
      Hermano tomou café da manhã com os vereadores Bertone Marinho, Ubaldo Fernandes e Felipe Alves.
      Continua com o discurso de não descartar candidatura própria daqui a 2 anos.
      “PMDB pode ter candidato e o nome é o de Hermano”, afirmou Ubaldo.
      “As discussões não podem começar por cima”, disse Bertone, lembrando situações em que o debate iniciado num patamar mais elevado terminou sem ser compreendido pela população eleitora.
      Sobre reeleição do prefeito Carlos Eduardo, os 4 foram unânimes: apesar do prefeito ter apoiado o candidato a governador do PMDB, não houve nenhum comprometimento do partido com a reeleição dele.
      Primo de Carlos Eduardo, o vereador Felipe Alves disse que Carlos vestiu a camisa do PMDB na campanha que passou, e que o PMDB deverá apoiar quem esteve por perto.
      Como Hermano. O próprio candidato.
      Foto Thaisa Galvão

      IMG_1781.PNG

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 8,1;

      O governador eleito Robinson Faria foi recebido com festa na noite desta terça-feira em Nova Cruz.
      Festa com palanque montado pelo prefeito Cid Arruda, para marcar sua cansidatura à reeleição em 2016.
      Cid é do PSD e vai aguardar as janelas que serão abertas pela justiça eleitoral e o destino partidário poderá ser o PL, partido que, assim como o PSD, está sendo articulado dentro do gabinete da presidente Dilma Rousseff, e no Rio Grande do Norte será comandado pelo grupo de Robinson.
      Na festa de Nova Cruz, onde foi destacada também a candidatura de Adeílson a prefeito de Baía Formosa, foi registrada a presença de Sandro Miranda, representando o vice-governador da Paraíba, Rômulo Gouveia, amigo de Robinson.

      IMG_1766.PNG

      SELECT * FROM `wp_bannerize_b` WHERE `trash` = '0' AND (`maximpressions` = 0 OR `impressions` < `maximpressions`) AND ( (`start_date` < NOW() OR `start_date` = '0000-00-00 00:00:00' ) AND (`end_date` > NOW() OR `end_date` = '0000-00-00 00:00:00') ) AND `group` = 'anuncio meio(630x90)' ORDER BY `sorter` ASC LIMIT 9,1;
      Carregar mais...