Thaysa Galvão
Thaysa Galvão
Thaysa Galvão
Holiday

Thaisa Galvão

23 de julho de 2016 às 9:57

Cenário em preto e branco no endereço de Garibaldi [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Cenário em preto e branco na frente do prédio onde mora o senador Garibaldi Filho (PMDB):

Uma Hilux SW4 preta: carro do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT).

Uma Land Rover Discovery branca: carro do ex-ministro Henrique Alves (PMDB).

23 de julho de 2016 às 9:51

Henrique Alves chega ao apartamento de Garibaldi para reunião com o senador e o prefeito Carlos Eduardo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-ministro Henrique Alves, presidente do PMDB, chegou ao apartamento do senador Garibaldi Filho onde já estava o prefeito Carlos Eduardo Alves (PMDB).

A discussão sobre escolha do vice peemedebista do prefeito pedetista deve se alongar já que o prefeito e o PMDB não estão se entendendo.

O PMDB quer escolher o vice e entregar a Carlos Eduardo, num pacote contendo quase 10 minutos de tempo de propaganda em rádio e televisão.

Carlos Eduardo não quer apenas receber o tempo de propaganda com um vice de brinde. Quer escolher. Dizer quem ele quer.

E é isso o que está pegando.

Porque se assim for, cadê o poder do PMDB?

A escolha será do PDT?

Carlos Eduardo quer formar chapa com o presidente licenciado da Fecomercio, Marcelo Queiroz.

Nome rifado até agora, a menos que seja convencido, pelos peemedebistas, que hoje estão no par ou ímpar entre os deputados Hermano Morais e Álvaro Dias.

Carlos bate o pé.

E se houver rompimento?

Ou se o nome de Jaime Mariz, peemedebista tradicional e garibaldista de carteirinha, for tirado da carteira como uma solução “obrigada”?

O café no apartamento de Garibaldi, que também conta com a presença do deputado Walter Alves, promete se estender…até esfriar.

23 de julho de 2016 às 9:38

Prefeito Carlos Eduardo está no apartamento de Garibaldi conversando sobre vice com o senador [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sabe a reunião marcada pelo PMDB para acontecer hoje à tarde no apartamento do ex-ministro Henrique Alves?

Pode até ainda acontecer, mais aberta, com presença dos nomes cotados para vice peemedebista do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT).

Mas, uma reunião ‘preparatória’ já está acontecendo neste momento no apartamento do senador Garibaldi Filho.

Vizinhos viram o prefeito chegando no prédio onde mora Garibaldi e apertando o botão do 5º andar no elevador.

Sentiram cheiro de café no apartamento do senador…

E clima…pouco ameno.

O Blog apurou que Henrique também vai para essa reunião.

O prefeito chegou antes, talvez para uma conversa primeiro só com Garibaldi.

Pelo cheiro do café do apartamento de Garibaldi, o vice do prefeito Carlos Eduardo ainda não sai hoje.

23 de julho de 2016 às 1:51

Evento religioso ‘Exalta Serra’ movimenta Martins no final de semana [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O município de Martins está movimentado neste final de semana com a realização do Exalta Serra 2016.

O evento religioso começou na quinta-feira com show da banda Improviso de Cristo e do cantor Batista Lima.

Nesta sexta foi a vez de Ayrton e Silvana e Aureneide Liberato se apresentarem na praça Almino Afonso, onde também houve pregação com Padre Dian Carlos e via Skype, pregação do Padre Zezinho.
E para quem ainda não foi, a programação do sábado e domingo será extensa.
Neste sábado, às 8 horas, na Matriz de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, haverá Manhã da Misericórdia com direcionamento da psicóloga Tásia Trindade e do Padre Dian Carlos, seguido de confissões. 

A partir das 19 horas, também na igreja, será celebrada Missa da Misericórdia, com a presença da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida.

Às 21 horas, na praça Almino Afonso, haverá shows das bandas Louvar-te e Deus é Fiel.
No domingo a programação também começa cedo, às 7 horas, na Igreja Matriz, terá o Exalta Kids.

Às 9h30 começa a concentração para o Acorda Martins, com uma carreata e buzinaço pelas ruas da cidade.

Às 11h30 começa o Almoço do Exalta, na praça Almino Afonso, com pratos vendidos ao preço de 5 reais.

A programação do domingo continua às 15 horas, na praça da capela de Lagoa Nova, com a concentração para o arrastão da Banda Dominus.

O evento será encerrado com a Bênção do Santíssimo.

22 de julho de 2016 às 22:24

Noticiário alemão diz que atirador de shopping de Munique teria se suicidado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sobre o ataque em um shopping alemão:
As últimas informações dão conta que o tiroteio em Munique deixou 9 mortos, sendo um deles um provável atirador que teria se suicidado.

Relatos iniciais citavam 3 atiradores, mas agora polícia diz que seria só um.
Pelo menos 10 ficaram feridos.

O caso ocorreu no shopping OEZ (Olympia-Einkaufszentrum) e arredores.

Testemunhas disseram ter visto três atiradores com armas de cano longo, e a polícia chegou a alertar que eles teriam fugido. Mas, mais tarde, informou que encontrou um corpo de uma pessoa que se matou e que provavelmente seria do atirador, que teria agido sozinho.

Segundo relatos, a ação teria começado num restaurante McDonald´s e depois teria continuou no centro comercial, que fica próximo.

Um corpo encontrado a 1 km da cena do crime, que seria do suspeito, estava com uma mochila vermelha similar à usada pelo homem que atirou na lanchonete onde o massacre começou.

Um porta-voz da polícia de Munique disse em entrevista coletiva que não há indicação de terror islâmico e que a polícia está analisando vídeos do tiroteio. 

Uma testemunha ouvida pela emissora RTL afirmou que ouviu um suspeito gritar “estrangeiros de merda”. 

Ele estaria com uma bota do tipo militar.

O jornal “Bild” divulgou um vídeo que está circulando pelas redes sociais em que um suspeito aparece no telhado de um prédio, em área de estacionamento. 

No vídeo é possível ouvir “seus turcos de merda”, segundo o jornalista do “Bild”, Julian Röpcke.


Um funcionário dentro do shopping disse à agência Reuters por telefone que “muitos tiros foram disparados”. Uma atendente de uma farmácia que fica dentro do shopping disse por telefone ao jornal “Süddeutsche Zeitung” que a polícia ordenou que todos os trabalhadores do local ficassem em suas lojas. 

O ministro das relações exteriores do país, Frank-Walter Steinmeier, disse que o motivo do ataque ainda não foi esclarecido.

*com informações do G1/Reuters

22 de julho de 2016 às 17:55

Reunião do PMDB para discutir sobre vice de Carlos Eduardo será neste sábado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Será amanhã à tarde a reunião do PMDB para discutir o nome do partido para ser o vice do pré-candidato à reeleição, Carlos Eduardo Alves (PDT).
O Blog informou que a reunião seria agora à tarde, mas confirmou que será amanhã à tarde no apartamento do presidente da legenda, o e-ministro Henrique Alves.

O objetivo da reunião de amanhã é tentar sair do 8 que entraram o PMDB e o prefeito.

Carlos Eduardo não abre mão do presidente licenciado da Fecomercio, Marcelo Queiroz.
Henrique, o senador Garibaldi Filho e o deputado Walter Alves não comungam com o mesmo pensamento do prefeito, e hoje estão entre os deputados estaduais Álvaro Dias e Hermano Morais.

Sem consenso, o prefeito já deu recado no twitter: quem tiver pensando em ser vice para assumir a Prefeitura daqui a dois anos, quando há a possibilidade dele renunciar para disputar o Governo, pode tirar o cavalinho da chuva porque ele, reeleito, vai governar até o fim do mandato.

O oito segue…

22 de julho de 2016 às 17:22

Decisão de tornar sem efeito nova pasta foi tomada em conjunto entre Robinson e Kalina Leite [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O que fez o governador Robinson Faria tornar sem efeito a nomeação da delegada Kalina Leite como secretária extraordinária de Gestão de Projetos?

Recapitulando…
Kalina deixou a pasta da Segurança Pública com uma “menção honrosa” do Banco Mundial como a gestora de projetos do RN Sustentável que melhor aplicou os recursos destinados à pasta ainda pelo governo passado.
Terminado o período de férias pós-saída da Segurança, passou a auxiliar o governador exatamente na área dos projetos do RN Sustentável.
E o governador achou por bem, já que o Estado pode dispor de até 3 Secretarias Extraordinárias, nomeá-la para a função que ela já vinha exercendo.

Mas aí veio a reação de entidades jovens que não ‘curtiram’ a fusão da Secretaria da Juventude com a da Mulher – o que abriu espaço para a criação da nova pasta.
E em comum acordo, Robinson e Kalina optaram pelo retorno da Juventude, somando aí as 3 extraordinárias: Mulher, Juventude e Articulação com os Municípios.

Porém, o acompanhamento dos projetos do RN Sustentável, deverá ser feito por um Comitê Gestor sugerido ontem, em reunião realizada pela manhã na Caern, com técnicos do Banco Mundial, e com a participação de Kalina.

Portanto, nenhuma rusga entre o governador e a amiga delegada.
Pelo que o Blog apurou, uma questão de ajuste para evitar desgaste.
E não de um novo desgaste.

22 de julho de 2016 às 16:37

Nome de Jaime Mariz pode ser a solução para PMDB e Carlos Eduardo saírem do 8 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O PMDB e o prefeito Carlos Eduardo tem entrado num 8.

Fred Queiroz, Marcelo Queiroz,  Álvaro Dias, Hermano Morais, Fred Queiroz, Marcelo Queiroz, Álvaro Dias, Hermano Morais, Fred Queiroz, Marcelo Queiroz, Álvaro Dias, Hermano Morais….

E o vice do prefeito não sai.

De repente acontece de surgir um novo nome que faça os dois partidos deixarem o oito e marcarem o Bingo.

O Blog já apontou o nome do ex-secretário do governo e do Ministério de Garibaldi Filho, e hoje executivo da Fecomércio, Jaime Mariz.

Quem sabe o nome de Jaime seja discutido pelo PMDB na reunião do partido que acontecerá logo mais às 17 horas.

Aguardar…

22 de julho de 2016 às 14:40

Terror na Alemanha: tiroteio com morte em shopping de Munique [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha:
Tiroteio deixa ao menos 1 morto em shopping de Munique, diz mídia local
Um tiroteio deixou ao menos um morto e feridos em um centro comercial de Munique na Alemanha, nesta sexta-feira (22), segundo informações da polícia à imprensa local.
A direção da polícia de Munique ainda não confirma número de mortos, mas diz que pessoas ficaram feridas. Informou também, via Twitter, que uma grande operação está em curso e que a população deve evitar a área.

Segundo o jornal “Süddeutsche Zeitung”, de Munique, há pessoas feridas caídos nos corredores do shopping Olympia, mas as circunstâncias do tiroteio ainda não estão claras.
De acordo com o tabloide “Bild”, testemunhas relataram que um homem entrou atirando e teria corrido em direção à estação de metrô que fica anexa ao shopping. A circulação dos trens foi interrompida.
O shopping foi interditado, e funcionários das lojas foram orientados a fechar as portas e não sair. Um helicóptero da polícia sobrevoava o local.

22 de julho de 2016 às 8:55

Vendas do Carnatal superam números dos últimos 15 anos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Carnatal 2016 foi lançado já bombando.

Em apenas 3 dias foram vendidos 1.300 abadás.

Maior número registrado nos últimos 15 anos. 
“É um volume inusitado de vendas pelo período de retração em muitos segmentos. Mas aponto quatro fatores para este sucesso. O parcelamento no cartão, a transparência na programação e atrações do evento, o fator segurança que o evento indoor possibilitou ao fã nos dois últimos anos, ao ser realizado no largo do Arena das Dunas, e por fim o trabalho bem direcionado e posicionado em redes sociais que o Carnatal tem feito junto aos fãs”, define o consultor de negócios Fred Alecrim.
Abaixo os valores do lote de lançamento:

Me Abraça (Durval Lelys)

Sexta – R$ 200,00

Sábado – R$ 200,00

Temporada (Sexta/Sábado) – R$ 360,00

 

Vumbora?! (Bell Marques)

Quinta – R$ 200,00

Sexta – R$ 200,00

Sábado – R$ 220,00

 

Coruja (Ivete Sangalo)

Domingo – R$ 200,00

 

Vai Safadão (Wesley Safadão)

Domingo – R$ 220,00

Bicho (Ricardo Chaves)

Sábado –R$ 170,00

Domingo – R$ 160,00

Temporada – R$ 290,00

 

22 de julho de 2016 às 8:35

Secretaria de Justiça cria setor de inteligência do sistema penitenciário [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pela primeira vez na história do Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte foi criada e está sendo estruturada uma seção de inteligência, contra-inteligência e análise.

O setor, defendido pelo secretário de Justiça Walber Virgolino, e já publicado no Diário Oficial, é de fundamental importância, tendo em vista que o Sistema Penitenciário é um celeiro de informações. 

O setor vai subsidiar estrategicamente a Sejuc, além do sistema de segurança pública no combate ao crime organizado.

22 de julho de 2016 às 8:17

Escute o depoimento de Mônica Moura ao juiz Sérgio Moro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No depoimento ao juiz Sérgio Moro, Mônica Moura, mulher do marqueteiro João Santana, confirmou o caixa 2.

22 de julho de 2016 às 3:14

Provável substituto de Jô Soares, Marcelo Adnet dá selinho no apresentador no programa desta sexta-feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha:
Cotado para substituir Jô, Adnet dá selinho e imita apresentador no ‘Programa do Jô’
Marcelo Adnet, um dos nomes cotados para substituir Jô Soares no fim de noite da Globo, imitou o apresentador e até deu um selinho nele no “Programa do Jô” que vai ao ar nesta sexta (22).
O humorista, que estreia seu “late show” semanal, o “Adnight”, no dia 25 de agosto, se disse emocionado por estar ao lado de Jô, mesmo não sendo esta sua primeira entrevista ao talk-show. “Nunca imaginei que estaria aqui, você é um cara muito querido por todos”, disse Adnet.
Ele revelou estar ansioso para ver “Adnight” no ar. “Este é um projeto que vou apresentar sozinho, um terreno muito desconhecido, por isso dá uma ansiedade.”

22 de julho de 2016 às 3:02

Atriz que brilhou anos no 1º escalão da Globo usa facebook para pedir trabalho [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Uol:

Longe da TV e do teatro, Joana Fomm pede emprego aos 76 anos




Por Miguel Arcanjo Prado




A atriz Joana Fomm, de 76 anos, usou sua conta na rede social Facebook para pedir trabalho: “Amigos, estou precisando trabalhar. Como atriz ou jornalista. Tem horas que fica difícil ainda. Ainda não tinha encarado essa. Alguém precisa de mim”. Vários amigos foram solidários e compartilharam a mensagem.

A última peça em que atriz atuou foi “A Antessala”, em 2015, no Rio. 

No mesmo ano, participou das séries “Os Experientes”, na Globo, e “Magnífica 70″, no HBO. 

Sua novela mais recente foi “Boogie Oggie”, na Globo, em 2014, na qual viveu a personagem Odete. Neste ano, a atriz ainda não teve trabalho.
Joana Fomm é uma das grandes atrizes brasileiras. Ela nasceu em 17 de setembro de 1939 em Belo Horizonte, mas mudou-se com a família ainda pequena para o Rio, onde desenvolveu sua carreira. Nos anos 1960, mudou-se para São Paulo, onde fez parte do Teatro de Arena, voltando ao Rio no final desta década.
Na Globo, estreou em 1968, em “O Homem Proibido”, novela de Gloria Magadan. Na emissora carioca, fez grandes sucessos, sobretudo como vilã, caso da esnobe Yolanda Pratini de “Dancin’ Days”, de 1979, e da beata ardilosa Perpétua de “Tieta”, de 1989.
Esta não é a primeira vez que Joana Fomm lamenta a falta de oportunidade na televisão e nos palcos. Em 2013, ela revelou ao jornal Extra que enfrentou depressão após não ter o contrato renovado pela Globo. Em 2007, a atriz descobriu um câncer de mama, doença que enfrentou com coragem.

*
Em dezembro do ano passado, a atriz também usou sua conta no facebook para anunciar que estava vendendo seu apartamento.

22 de julho de 2016 às 2:47

Estratégia potiguar [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Ilimar Franco, n’O Globo:


Gaudêncio Torquato é potiguar, e assessora Michel Temer há mais de 20 anos.

22 de julho de 2016 às 1:45

Fim de caixa 2 ou fim de campanhas? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do marqueteiro João Santana, em depoimento ao juiz Sérgio Moro sobre caixa 2 em campanhas eleitorais:

“Ou faz a campanha dessa forma ou não faz”

E agora?
Sem doações de empresas, quem vai abastecer caixa 2 de campanhas?

Ou não se fará mais campanhas?

22 de julho de 2016 às 1:31

Escute o depoimento de João Santana ao juiz Sérgio Moro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O marqueteiro João Santana prestou depoimento nesta quinta-feira ao juiz Sérgio Moro.
Não se tratou de delação premiada, ainda, mas do processo de defesa de Santana.
Abaixo os áudios do depoimento de Santana.

22 de julho de 2016 às 1:07

Ação de 2004 contra Henrique Alves é reaberta pela justiça do Distrito Federal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1:

Justiça do DF reabre ação de improbidade contra Henrique Alves

Documentos detalham valores não declarados à Receita gastos no exterior.
Ex-ministro negou o que chamou de ‘ilação’ sobre conta fora do país

Mariana Oliveira
Da TV Globo, em Brasília

O juiz Marcelo Rebello Pinheiro, da 16ª Vara Federal do Distrito Federal, reabriu uma ação de improbidade administrativa iniciada em 2004 contra o ex-ministro e ex-deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).
A decisão foi tomada no dia 6 de julho e enviada nesta semana para o Ministério Público.

No processo, a ex-mulher de Alves – Mônica Azambuja – apresentou documentos e extratos bancários que detalham gastos fora do país entre 1996 e 2004. Os valores não foram declarados à Receita Federal, segundo as suspeitas.

Quando a ação contra Henrique veio à tona, após publicação de reportagem da Revista “Veja”, Alves disse refutar “qualquer ilação a respeito de conta no exterior” em seu nome, e afirmou estar “à disposição da Justiça”.
O processo estava parado na Justiça do DF em razão de questionamentos da defesa e de decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que anulou parte das provas.

Agora, as informações da ação serão reanalisadas pelo juiz e a defesa poderá novamente questionar dados do processo. Depois, o juiz terá que decidir se condena ou não o político por improbidade, que pode levar a punições como multa e ressarcimento aos cofres públicos.

De acordo com decisão do juiz, há provas suficientes para o prosseguimento da ação de improbidade.
“No caso, da análise dos autos, constata-se que a petição inicial desta ação civil pública descreve minuciosamente as circunstâncias fáticas e jurídicas que a embasam, de modo suficientemente preciso e capaz de ensejar o seu prosseguimento, sendo a instrução o momento processual adequado para se apurar a existência ou não do ato de improbidade administrativa imputado ao requerido”, afirmou o magistrado.
Ao reabrir a ação e decidir se serão utilizados dados de quebra de sigilo bancário que já foi efetivada, o magistrado também retirou o segredo de Justiça da ação, com exceção de documentos cujo sigilo é assegurado em lei: extratos bancários, faturas de cartão de crédito e dados fiscais, além de informações de processo que correm em vara de família.

“Todos os atos do Poder Público devem ser levados ao conhecimento externo, permitindo sua fiscalização pelo povo e pelos demais legitimados. Nessa perspectiva, é possível concluir que a decretação do segredo de justiça nas ações de improbidade administrativa, via de regra, não encontra apoio no arcabouço normativo do nosso ordenamento jurídico, maculando princípios de patamar constitucional e regras processuais”, entendeu o juiz.

22 de julho de 2016 às 0:53

João Santana e Mônica Moura prestam depoimento e marqueteiro diz que negou caixa 2 para não “destruir a Presidência” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha:

Mônica Moura diz que não admitiu caixa 2 para não agravar impeachment

MÁRCIO FALCÃO – DE BRASÍLIA
FELIPE BÄCHTOLD, REYNALDO TUROLLO JR. e FLÁVIO FERREIRA
DE SÃO PAULO

Em depoimento ao juiz Sergio Moro, Mônica Moura afirmou nesta quinta-feira (21) que não admitiu antes que os serviços prestados pelo marqueteiro João Santana foram pagos com dinheiro de caixa dois na campanha de 2010 para não “incriminar” a presidente afastada, Dilma Rousseff, durante o processo de impeachment.

A afirmação foi feita logo após Mônica, mulher de Santana, reconhecer que o pagamento de US$ 4,5 milhões feito pelo engenheiro Zwi Skornicki durante a campanha de 2010 foi de caixa dois.

Ela afirmou que o pagamento foi referente a uma dívida de quase R$ 10 milhões do PT, que foi protelada. Questionada pelo juiz por qual motivo ela não reconheceu a irregularidade no pagamento, Mônica respondeu que quis preservar Dilma.

Inicialmente, ela havia dito que o depósito era referente ao pagamento de uma campanha realizada pelo casal no exterior.

“No primeiro momento, quando fui presa em fevereiro, estava passando por uma situação extrema. Não é uma coisa nada natural na vida de uma pessoa o que eu passei em fevereiro. Segundo, o país estava vivendo um momento muito grave institucionalmente, político. As coisas que estavam acontecendo em torno da presidente Dilma, não preciso falar sobre isso, todos sabem”, afirmou.

“Para ser muito sincera, eu não quis atrapalhar esse processo [político], eu não quis incriminá-la, eu não quis colocar isso. Eu achava que eu ia piorar a situação, contribuir para piorar a situação do país falando o que realmente aconteceu e eu acabei falando que foi recebimento de uma campanha do exterior. Eu queria apenas poupar de piorar a situação do que estava acontecendo naquele momento”, completou.

João Santana também deu explicação parecida. Disse que não poderia “destruir a Presidência”, já que tinha ajudado a eleger Dilma.

Segundo Mônica, a dívida total não foi paga, sendo que a última parcela não foi depositada.

Ela disse que tinha receio de receber dinheiro no exterior, mas que era prática nas campanhas receber por caixa dois. Mônica afirmou que não tinha conhecimento de que o dinheiro era fruto de corrupção. A mulher do marqueteiro chegou a chorar na audiência, se disse arrependida e afirmou que quer colaborar com a Justiça.

O casal negocia um acordo de delação.

DEPOIMENTO DO OPERADOR

Também em depoimento a Moro na tarde desta quinta-feira, o engenheiro Zwi Skornicki confirmou o repasse para Mônica Moura, mas disse que o valor pago a ela foi de US$ 5 milhões, em dez parcelas.

Skornicki afirmou que operava propina oriunda das empresas de construção naval Keppel Fels e Sete Brasil em contratos da Petrobras para entrega de plataformas e sondas. Segundo ele, os contatos na estatal eram feitos com o ex-gerente Pedro Barusco, o qual dizia que as propinas tinham como destino ele próprio e o PT.

O engenheiro relatou que chegou a criar um conta corrente abastecida com propinas para repasses ao partido, e retirou desse fundo o montante transferido a Mônica Moura. Skornicki disse que fazia os pagamentos sob orientação do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, que está preso em Curitiba.

O depoente afirmou que recebeu Vaccari em seu escritório várias vezes e também manteve encontros com ele em hotéis.

Skornicki ainda declarou que providenciou o repasse de US$ 12 milhões ao ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque, por indicação de Barusco.

OUTRO LADO

Procurada na noite desta quinta (21), a assessoria da presidente afastada Dilma Rousseff disse que não comentaria o teor dos depoimentos de João Santana e de sua mulher, Mônica Moura.

Dilma já afirmou que a contabilidade das eleições de 2010 e 2014 foi declarada à Justiça Eleitoral e que, se João Santana fez uso de caixa dois, a responsabilidade seria do marqueteiro.

Em nota, o PT disse que as operações foram feitas dentro da legalidade.

22 de julho de 2016 às 0:22

PMDB sem projeto em Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mesmo bem posicionada nos números – reais ou irreais? – em Mossoró, depois da ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP), a ex-prefeita Fafá Rosado (PMDB) ainda não tem um papel definido para a s próximas eleições.

Tudo porque o PMDB, partido que ela preside no município, parece não estar preocupado com Mossoró.

Até agora o presidente estadual da legenda, ex-ministro Henrique Alves, não foi a Mossoró para conversar com o partido sobre os rumos de 2016.

Há alguns meses, o projeto do PMDB era o de não atrapalhar os planos de Rosalba.
Tudo combinado com o marido da ex-governadora, Carlos Augusto Rosado.

Mas os meses se passaram, a fila andou, e o PMDB continuou sem projeto para Mossoró.

Fafá segue fazendo sua parte, visitando eleitores, conversando, discutindo possibilidades, mas…sem orientação do comando do seu partido.

Se ainda tiver valendo a máxima discutida meses atrás, de não atrapalhar a candidatura de Rosalba, certamente Fafá será a vice da pré-candidata à prefeita.
Suposição apenas porque conversa em torno do tema…nenhuma.