Thaisa Galvão

16 de abril de 2021 às 18:42

Chefe da Casa Civil do Governo, Raimundo Alves rebate críticas de Fábio Faria lembrando número de policiais assassinados na gestão que ele fez parte [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Ferve o Twitter na sexta…

Cuidado ao fazer coments nas redes sociais.

Se tem alguém com uma resposta pronta na ponta da língua…melhor nem postar.

Chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Raimundo Alves rebateu postagens do ministro Fábio Faria.

Detalhe que não vem ao caso…

Raimundo, aliado de Fátima há bastante tempo, é irmão da jornalista Estella Dantas, assessora de Fábio há bastante tempo.

16 de abril de 2021 às 18:24

Prefeitura de Natal segue decreto do Governo mas Álvaro Dias vai pedir à governadora fim do toque de recolher [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito Álvaro Dias, reunido até pouco tempo com o comitê científico, decidiu que Natal vai adotar as normas no decreto publicado pelo Governo do Estado prorrogando as medidas restritivas até o dia 23.

Porém, Álvaro vai solicitar à governadora Fátima Bezerra, que avalie a possibilidade de uma flexibilização do toque de recolher pelo menos para o setor de bares e restaurantes.

O decreto municipal deve ser publicado ainda nesta sexta-feira (16), em edição extra do Diário Oficial do Município.

O toque de recolher em vigor, definido pelo decreto do Governo do Estado, fecha bares e restaurantes às 20h de segunda a sábado, e em tempo integral aos domingos e feriados.

16 de abril de 2021 às 17:59

Ex-mulher de Henrique Alves cobra pensão alimentícia que ele não paga ao filho há 4 quatro anos e defesa pede prisão do ex-deputado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Twitter ferve nesta sexta-feira.

O ex-deputado Henrique Alves, que tem aparecido muito na rede social, comentando política, futebol e BBB, parabenizou os “guerreiros” aprovados no Enem…

Como não parabenizou o filho caçula por ter sido aprovado em 3 vestibulares de Medicina em São Paulo, a mãe, ex-esposa de Henrique, Priscila Gimenez fez o comentário na rede social

Porque se há motivo maior do que lava jato para botar alguém na cadeia…é negação de pensão alimentícia.

15 de abril de 2021 às 18:12

5 mil mortes por covid no RN: Secretário de Saúde Cipriano Maia é o entrevistado de hoje do ’30 Minutos com Thaisa Galvão’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O secretário de Saúde do Estado, Cipriano Maia, é o entrevistado desta quinta-feira do ’30 Minutos com Thaisa Galvão’, que é transmitido pelo Instagram @blogthaisagalvao e vai ar, ao vivo, às 19h30.

Ele vai falar entre outros assuntos da pandemia, da marca de 5 mil mortes registradas no Rio Grande do Norte por Covid-19.

15 de abril de 2021 às 15:46

Obras de drenagem e pavimentação do bairro Planalto atingem 30% de execução [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Iniciadas pela Prefeitura de Natal em outubro do ano passado, as obras de drenagem e pavimentação do bairro Planalto já atingiram 30% de execução. Nesta semana, os operários concentram seus serviços nas ruas Cafarnaum e Santa Adélia. Além dessas duas vias, o projeto vai alcançar ainda outras 16 ruas da comunidade.

A construção de uma lagoa de captação também está prevista. Estão sendo investidos R$ 16,3 milhões de reais na obra, sendo mais de R$ 1 milhão como contrapartida da Prefeitura.

O prefeito Álvaro Dias classifica como uma “marca positiva” o bom andamento da obra no Planalto. “Os serviços estão avançando e esperamos concluir o projeto dentro do prazo estipulado em contrato, que é de 12 meses. Essa era uma reivindicação antiga dos moradores. Com a chegada de mais drenagem e pavimentação ao bairro, diversos outros serviços públicos serão ofertados de uma forma melhor como transporte, esgoto, energia dentre outros. Tem também o aspecto econômico. Os imóveis da região ficarão mais valorizados e o desenvolvimento local vai se acentuar ainda mais”, prevê o prefeito. “Mesmo com a pandemia e as dificuldades financeiras, a Prefeitura tem trabalhado na execução de projetos de infraestrutura com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população. É o que estamos fazendo no Planalto”.

A lista de ruas contempladas nesta primeira fase do projeto é composta pela Maranata e São Bráulio (as duas são as vias de maior porte contidas nas obras), Vicente Fernandes, Cafarnaum, Santa Adélia, Vale do Pitimbu, Engenheiro Clodoaldo Caldas, Monte Celeste, Monte Sinai, Santa Rita, Carlos Filgueira, Trav. Irmã Dulce, 4° Travessa Cafarnaum, 5° Travessa Cafarnaum, 2° Travessa Mira Mangue, Avenida Mira Mangue, Nav. Delio Otoni e Monte das Oliveiras.

15 de abril de 2021 às 13:44

Prefeito Allyson acompanha superintendente do Incra na entrega de títulos de terra a moradores de assentamento que esperavam há 25 anos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, acompanhou o superintendente do Incra no Rio Grande do Norte, Marcelo Gurgel, o prefeito de Mossoró, nesta quinta-feira, à solenidade de entrega de títulos de terra a 68 agricultores do Assentamento Cabelo de Nego.

Criado há 25 anos, o assentamento seguia irregular durante todo esse tempo.

A luta de quase 3 décadas de seus moradores teve desfecho, finalmente, com a regularização das moradias.

“Depois de 25 anos de criação do Assentamento Cabelo de Nego efetivamente agora eles estão tendo a oportunidade de ter esse documento que lhe confere o direito de posse da terra. Esse é um trabalho árduo e até demorado, inclusive, mas agora chegou o ponto final deles que é efetivamente ele ter esse documento para dizer que a terra é deles. Sai do nome do Incra e passa para o nome do assentado”, disse Gurgel, afirmando que vai procurar entender porque alguns títulos não foram entregues, se houve algum problema com documentação.

“É uma entrega importantíssima. Ela dá ao agricultor de ‘Cabelo de Nego’ a propriedade definitiva da sua terra, dando fim a uma espera de 25 anos. Os assentados pediam e cobravam e agora com esse título de terra a espera de 25 anos chega ao fim. Isso é fundamental para que o agricultor possa, inclusive, buscar recursos, buscar trabalhar melhor sua terra”, comemorou o prefeito Allyson.

Fotos Wilson Moreno

15 de abril de 2021 às 13:30

João Maia cumpre agenda com ministros em Brasília [0] Comentários | Deixe seu comentário.

“Vale a pena vir a Brasília quando se obtêm resultados como os de hoje”.

A declaração é do deputado federal João Maia, que segue participando de sessões remotas da Câmara, ou em Natal onde mora ou em Messias Targino, onde a mulher Shirley Targino é prefeita.

Nessa semana cumpre agenda presencial onde tinha agendada reuniões em torno de políticas públicas para o Rio Grande do Norte.

Na agenda de ‘conterrâneos’, João teve audiência com o ministro de Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho e se reuniu com o coordenador da bancada do RN, deputado Benes Leocádio.

Além de contatos na Câmara, com o vice-presidente da Casa, deputado Marcelo Ramos (PL/AM) e o presidente nacional do PL, Valdermar Costa Neto, foi recebido pelo ministro da Casa Civil, General Ramos.

Também teve audiência com a ministra da Secretaria de Governo, Flavia Arruda, e com o secretário Nacional de Segurança Pública, Coronel Paim.

João Maia com General Ramos, com a secretária Flávia Arruda e com o secretário Paim

15 de abril de 2021 às 12:52

Morre de covid o repórter policial da TCM de Mossoró, Francileno Góis [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Morreu na UTI do hospital de Pau dos Ferros, o repórter policial Francileno Góis, que atuava na rádio da 95FM e na televisão TCM, em Mossoró.

Ele foi internado no dia 8 no hospital regional de Caraúbas, depois de ter contraído o coronavírus, e em seguida transferido para o hospital de Pau dos Ferros.

Francileno estava recebendo oxigênio através do ‘capacete Elmo’, mas o estado se agravou e nesta quarta-feira foi intubado.

15 de abril de 2021 às 12:23

Com hospitais se mantendo lotados no RN, Governo prorroga medidas restritivas até 23 de abril [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, ato do governo do Estado que prorroga as medidas restritivas em vigor no Rio Grande do Norte, em função da pandemia.

As medidas seguem valendo até o dia 23 de abril.

Ressaltando que permanecem o toque de recolher de segunda a sábado, das 20h às 6h do dia seguinte, e em tempo integral nos domingos e feriados, e as demais restrições do decreto anterior.

O rigor nos protocolos sanitários também continua, já que a taxa de ocupação de leitos críticos no estado ainda se entre 95% e 100% em todas regiões.

“O momento ainda é de extrema cautela. Nossos decretos são debatidos e dialogados com todos os setores e levam em conta as questões econômicas do nosso estado. Mas, a questão da saúde pública e salvar vidas continua sendo nosso foco central. Lembremos que a economia não sobrevive sem pessoas. Precisamos todos estar unidos agora para que possamos sair dessa situação, protegendo as vidas, diminuindo o número de ocupação de leitos. E isso só acontece, se as pessoas conseguirem respeitar os protocolos sanitários”, alertou a governadora Fátima Bezerra.

Entre as mudanças do decreto atual, em relação ao anterior, estão as regras estabelecidas em restaurantes de hotéis e pousadas da capital, que são agora estendidas para esses mesmos estabelecimentos no interior do estado: durante a incidência do toque de recolher, a vedação do acesso a não hóspedes e a consumação restrita à unidade hoteleira (quarto ou apartamento), excetuando-se, neste último caso, os serviços de café-da-manhã e de almoço, que poderão funcionar normalmente, desde que restrito ao hóspede.

Outra alteração é a liberação das atividades esportivas profissionais, já agendadas em campeonatos, mas sem a participação de público, tanto em treinos, quanto em jogos. Os Centros de Artesanato são retirados das restrições impostas ao funcionamento dos parques públicos, circos, museus, bibliotecas e equipamentos culturais.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O DECRETO NA ÍNTEGRA

15 de abril de 2021 às 11:59

Jean Paul e outros líderes de minorias acrescentam ‘crimes de responsabilidade’ ao pedido de impeachment de Jair Bolsonaro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os líderes da minoria no Senado, Jean Paul Prates (PT/RN); da oposição, senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP); das minorias na Câmara, deputado Marcelo Freixo (PSOL/RJ); da oposição, deputado Alessandro Molon (PSB/RJ), e o líder da minoria no Congresso, deputado Arlindo Chinaglia (PT/SP), protocolaram nesta quarta-feira, um aditamento ao pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro.

No dia 31 de março, esses mesmos líderes já haviam protocolado um pedido de impeachment de Bolsonaro, mas com base na tentativa do presidente de usar as Forças Armadas para promover seu projeto autoritário de poder, o que configura crime de responsabilidade.

No aditamento, os líderes incluíram a conversa nada republicana entre Bolsonaro e o senador Jorge Kajuru, onde Bolsonaro tentou direcionar a CPI da covid, para incluir governadores e prefeitos, tentando mudar o tom das investigações, inicialmente previstas para focar no governo federal.

Os dois também iniciaram uma discussão em torno de pedido de impeachment contra ministros do STF.

Segundo os parlamentares líderes, essas ações são consideradas crime de responsabilidade do presidente.

“Em um período de menos de 20 dias, o presidente Bolsonaro cometeu uma série de crimes de responsabilidade. Além de ‘cooptação às Forças Armadas’, no final de março, o presidente agora tenta impedir o livre funcionamento do Senado e constrange os ministros do STF. Caso ocorram mais crimes de responsabilidade do presidente, vamos incluir novos aditamentos. Pelo andar da carruagem, nos próximos meses, teremos uma lista enorme de crimes de responsabilidade e o impeachment do presidente da República pode se tornar inevitável”, afirmou o senador do Rio Grande do Norte, Jean Paul Prates.

“A tentativa de usar um senador da República para ameaçar um ministro do STF constitui um claro atentado contra o livre exercício do poder judiciário. E isso, pela lei número 1.079 de 1950, constitui crime de responsabilidade do presidente da República. Por esta razão, nós da oposição estamos entrando com um complemento ao nosso último pedido de impeachment para que também este crime de responsabilidade seja julgado pelo Congresso Nacional”, disse o deputado Alessandro Molon.

“Bolsonaro cometeu mais um crime de responsabilidade ao tentar intervir no Congresso Nacional e intimidar um ministro do STF para impedir as investigações dos crimes que praticou na pandemia. O presidente é um serial killer constitucional, sua irresponsabilidade está matando e por isso ele não pode permanecer no cargo. A Câmara precisa reagir e abrir o processo de impeachment”, ressaltou o deputado Marcelo Freixo.

15 de abril de 2021 às 11:23

Antes da CPI, Tribunal de Contas da União sinaliza que Eduardo Pazuello tem que ser punido por omissão na gestão da pandemia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Tá pegando…

E a brincadeira do ‘e daí’, do ‘todo mundo vai morrer mesmo’, do ‘ele manda a gente obedece’…vai custar caro ao governo Jair Bolsonaro.

Ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) sinalizaram nesta quarta-feira, 14, que devem punir o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e seus auxiliares por omissões na gestão da pandemia da covid-19.

Isso antes de ser iniciada a CPI onde Pazuello será apenas um dos investigados.

Relator da ação sobre a conduta do Ministério da Saúde durante a crise sanitária, o ministro Benjamin Zymler disse que a pasta evitou assumir a liderança do combate ao novo coronavírus no país.

Pois…

Pazuello não assumiu o Ministério. Ele apenas ocupou e obedeceu.

Agora, como um bom ‘obediente’, vai ter que obedecer à justiça.

Segundo o relator, uma das ações da gestão de Pazuello foi mudar o plano de contingência do órgão na pandemia, com a finalidade de retirar responsabilidades do governo federal sobre o gerenciamento de estoques de medicamentos, insumos e testes.

“Em vez de expandir as ações para a assunção da centralidade da assistência farmacêutica e garantia de insumos necessários, o ministério excluiu, por meio de regulamento, as suas responsabilidades”, afirmou Zymler.

No relatório do TCU, o ministro Bruno Dantas disse que a gestão do ministério “envergonha” e que já há argumentos para impor “condenações severas” a gestores da pasta. Segundo Dantas, as responsabilidades podem ser medidas “em números de mortos”.

Obedeça, Pazuello.

Vem por aí muitas ordens para você obedecer.

14 de abril de 2021 às 19:08

UTI do Giselda Trigueiro registra média de altas de pacientes de covid acima do índice nacional [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Hospital Giselda Trigueiro, referência em doenças infectocontagiosas, ficou acima da média nacional no atendimemto em UTI de pessoas atingidas pela Covid-19.

Segundo a Associação de Medicina Intensiva Brasileiro (Amib), o índice de óbitos nas UTIs públicas, que é de 36,6% e nas privadas de 29,7%, fica em 21,5% no Giselda.

O período contado é do início da pandemia em março do ano passado até agora.

Até o fim de março a unidade recebeu 1.140 pacientes com covid, e registrou 245 mortes.

“Ficamos satisfeitos em saber que os dados do Giselda Trigueiro são melhores que a média nacional. É uma recompensa a todo o esforço feito desde o início da pandemia. Um dos principais motivos para isso é que a gente trabalha para o atendimento da Covid-19 desde 20 de janeiro de 2020, quando começamos a fazer reuniões sistemáticas e a maioria das pessoas nem tinha ouvido falar sobre o novo vírus”, diz o diretor do hospital, André Prudente.

14 de abril de 2021 às 18:18

Embaixador brasileiro na França conta a piada do ano diante do fechamento do espaço aéreo francês para voos do Brasil: ‘Nossa economia não depende do turismo’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Alguém sabe dizer onde o embaixador do Brasil na França morava antes de ser embaixador?

Em qual continente?

Luís Fernando Sena se esparrachou geral na entrevista que concedeu nesta quarta-feira à agência de notícias francesa RFI, sobre o fechamento do espaço aéreo francês a voos com origem no Brasil.

Confira e chore:

Do portal francês RFI

A suspensão dos voos entre a França e o Brasil é notícia em todos os canais de TV e rádio franceses. Eles enviaram repórteres ao aeroporto Roissy-Charles de Gaulle para colher a reação dos passageiros que puderam embarcar nos últimos voos, antes do início da suspensão. A decisão foi anunciada nessa terça-feira (13) pelo primeiro-ministro Jean Castex, pressionado pela grave situação sanitária no Brasil, devido a variante brasileira, conhecida como P1, considerada a mais contagiosa e perigosa.

Os dois voos da Air-France, provenientes do Rio de Janeiro e de São Paulo, aterrissaram por volta das 7h30, horário local. O desembarque foi mais demorado que o previsto por causa da imposição de novas medidas. Além de apresentar um PCR negativo realizado 72 horas antes do embarcar, os passageiros tiveram que fazer um teste de antígeno e se comprometer a respeitar um isolamento de 7 dias. Mas todos estavam aliviados por terem conseguido viajar. Segundo eles, os aviões não estavam cheios e a viagem foi tranquila.

Um francês, residente no Brasil, ouvido pela Franceinfo, que veio de São Paulo, disse que “esperava um clima de pânico a bordo, mas que tudo foi tranquilo. “Meu problema agora vai ser voltar”, indicou. Um jovem, também entrevistado pela Franceinfo, disse que preferiu antecipar a viagem para não ficar retido no Brasil. Essa foi a opção relatada por vários passageiros entrevistados pela mídia francesa.

O estudante Luan Santos afirmou ao site do Le Figaro, ainda no Brasil, que “estava aliviado por poder embarcar” porque vai estudar em Portugal e precisa chegar ao país com uma certa antecedência. Luan escolheu passar pela França porque os voos entre Brasil e Portugal estão suspensos desde o final de janeiro e pelo menos até 15 de abril.

A medida impediu a viagem de franceses que já estavam com passagem marcada para o Brasil. Capucine, entrevistada pela RFI, que iria ao Rio de Janeiro a trabalho e aproveitaria para visitar a mãe, se sente ‘privada de sua liberdade” e critica a decisão “autoritária” do governo francês. Outra turista francesa, também entrevistada pela RFI, garante que “ela tem mais risco de pegar Covid na França, principalmente em cidades como Paris, do que no Brasil”.

Passar por um outro país europeu, onde os voos com o Brasil são permitidos, como a Suíça e a Holanda por exemplo, é uma solução imaginada por vários viajantes. Mas as autoridades alertam que esses passageiros podem ser impedidos de pegar a conexão para a França, uma vez que é o local inicial de embarque que será levado em conta.

Voos de repatriação

Até o dia 19 de abril, quando os voos ficarão suspensos, o governo francês estuda a adoção de medidas mais restritivas que permitiriam a retomada da ligação aérea. Entre as pistas estudadas, está um isolamento obrigatório em um hotel, na região do aeroporto, com as despesas pagas pelo viajante. Atualmente, a França recomenda o isolamento de 7 dias e um novo teste PCR no final deste prazo, mas não tem como controlar o cumprimento da medida.

A suspensão provocou críticas. A deputada francesa para a América Latina, Paula Fortaza, declarou em entrevista à RFI que impedir os franceses que estão no Brasil de voltar para a França representa “um risco sanitário grande” para essas pessoas. Ela pede a imposição do sistema obrigatório de quarentena como solução.

Enquanto isso, o governo francês examina a organização de voos para repatriar os franceses, turistas ou residentes no Brasil, que querem voltar para a França. “Nossos cidadãos têm o direito constitucional de retornar ao nosso território”, afirmou o secretário de Estado para Assuntos Europeus, Clément Beaune, à TV France 2.

“A culpa é da esquerda” acusa embaixador brasileiro

O embaixador brasileiro na França, Luís Fernando Serra, concedeu duas entrevistas ao canal BFMTV, a primeira na noite desta terça-feira (13) e a segunda nesta manhã. O diplomata disse respeitar a “decisão soberana da França”, mas minimizou o impacto da mesma ao lembrar que “a economia do Brasil não depende do turismo”.

Questionado pelos jornalistas, negou categoricamente a responsabilidade do presidente Jair Bolsonaro nessa crise.

“Vocês pensam que o presidente Bolsonaro faz pouco? Que a culpa é do presidente? Essa é uma boa oportunidade para dizer que o Brasil já vacinou 31 milhões de pessoas e é o 5° país que mais vacinou no mundo segundo a OMS”, apontou Serra.

“E as mortes, a decisão de não decretar lockdown, o caos nos hospitais?, perguntaram os apresentadores. “Proporcionalmente, em relação ao tamanho de sua população, o Brasil é o 19° país em número de mortes por um milhão de habitantes (…) A culpa dos hospitais lotados é da esquerda que não construiu hospitais durante os 24, 26 anos, que ficou no poder”, respondeu o embaixador.

Sobre o lockdown, repetindo o que afirma Bolsonaro, ele explicou que a culpa é do STF.

“O presidente Bolsonaro é solidário, mas quer que as pessoas trabalhem. Tem 35 milhões de brasileiros que vivem da economia informal e tem que sair de casa para trabalhar. O Brasil não tem um sistema social como a França. Se não trabalharem, eles vão morrer de outra coisa, de fome, de depressão”, insistiu Serra.

Mas se o embaixador fez questão de relativizar os 358 mil mortos pela Covid no Brasil, ele não fez o mesmo com a vacinação. Proporcionalmente, o Brasil vacinou apenas 11,5% da sua população e está abaixo de 60ª posição mundial.

14 de abril de 2021 às 12:14

Vereadora Nina Souza será a entrevistada de hoje do ’30 Minutos com Thaisa Galvão’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A vereadora Nina Souza protocolou na Câmara um requerimento solicitando que a Prefeitura de Natal instale um comitê para discutir a retomada da economia na capital.

Caberia ao comitê, de acordo com o que foi requerido, monitorar, avaliar e deliberar sobre as medidas constantes de enfrentamento à crise, e o estímulo ao desenvolvimento da cidade, a criação de empregos e a geração de renda para empresas e para a população.

Nina, que é a vereadora líder do prefeito Álvaro Dias na Câmara,  será a entrevistada desta quarta-feira do ’30 Minutos com Thaisa Galvão’, que será transmitido pelo Instagram @blogthaisagalvao a partir das 19h30.

14 de abril de 2021 às 11:58

Após teste positivo da esposa, mesmo com exame negativo, presidente da Assembleia Ezequiel Ferreira cumpre isolamento em casa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, está de quarentena em casa, em isolamento, depois que a esposa, Ingrid Ferreira de Souza, testou positivo para covid.
Ingrid teve contato com a mãe, Neide Maciel, que está internada reagindo bem ao vírus, e se isolou para evitar o contato com o marido.
O resultado do teste de Ezequiel foi negativo, mas pelo fato de ter dividido o mesmo quarto com a esposa, e para não transmitir o vírus mesmo não tendo nele se manifestado, cumpre as normas sanitárias e fica em casa.
Hoje a sessão da Assembleia foi comandada pelo vice-presidente Galeno Torquato.

A equipe da presidência também cumpre isolamento.

À Assembleia segue fechada, com trabalhos administrativos e sessões acontecendo de forma remota.

Teste positivo de Ingrid

Teste negativo de Ezequiel

14 de abril de 2021 às 11:21

Prefeito Álvaro Dias anuncia parceria para garantir transporte e vacina para idosos e profissionais de saúde [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Prefeitura de Natal fez convênios com empresas de transporte por aplicativo para garantir a ida de idosos e profissionais de saúde aos pontos de vacinação contra covid na capital.

O prefeito Álvaro Dias fez o anúncio em suas redes sociais.

Natal tem mais de 3 mil idosos atendidos pelos programas coordenados pela Semtas que vai mapear esse público-alvo para identificar as pessoas aptas a tomar a primeira ou a segunda dose da vacina.

Ao confirmar a necessidade através da busca ativa, será disponibilizado o código para chamar a corrida. Para os idosos com dificuldade no manuseio da ferramenta, os próprios servidores da Semtas farão a chamada. Os vouchers disponibilizados para os profissionais do Município que atuam nas ações de vacinação ficam sob a responsabilidade das respectivas Secretarias.

14 de abril de 2021 às 11:08

RN receberá mais vacinas nesta quinta-feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da governadora Fátima Bezerra nas redes sociais nesta quarta-feira:

14 de abril de 2021 às 11:01

Lamento da governadora é publicado em forma de cobrança para sua equipe de segurança explicar sobre crimes contra policiais [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O setor de segurança pública do Estado do Rio Grande do Norte tem um desafio grande pela frente.

Investigar e dar resposta sobre o que está causando a morte de tantos policiais.

O lamento da governadora vem acompanhado de uma cobrança.

São 6 atentados contra policiais em uma semana, com saldo de 3 mortes.

14 de abril de 2021 às 6:24

Minuto da Câmara – prestando contas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Conteúdo sobre a lei Maria da Penha terá que ser inserido na rede pública de ensino de Natal. O projeto foi aprovado na Câmara de Vereadores.

Mais detalhes no Minuto da Câmara.

14 de abril de 2021 às 1:11

Assembleia Legislativa emite nota de pesar pela morte do publicitário Rafael Maia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Assembleia Legislativa, nota de pesar pela morte do servidor, o publicitário Rafael Maia, vítima de acidente na noite desta terça-feira.

Nota de pesar

O momento é de dor para todos que compõem a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) com a morte prematura do servidor Rafael Pessoa Maia, que faleceu na noite desta terça-feira (13), em um acidente automobilístico na estrada de João Câmara, na região do Mato Grande.

A Assembleia Legislativa transmite os mais sinceros votos de condolências aos familiares, à noiva Elen Vitória e amigos, em nome dos 24 deputados estaduais e dos servidores do Legislativo.

Sorridente e leal, Rafael dedicou os últimos seis anos às atividades do Legislativo Estadual como assessor parlamentar no gabinete do ex-deputado estadual José Adécio, e mais recentemente no setor de Cerimonial da Assembleia Legislativa.

Presença constante nas sessões da Assembleia, Rafael era formado em Publicidade e fez pós-graduação em Gestão Pública na Escola da Assembleia, onde formou-se em 2017.

A despedida de Rafael enluta amigos, familiares e companheiros de trabalho, que tiveram o prazer de conviver com um ser humano tão especial.

O Poder Legislativo – em nome do presidente Ezequiel Ferreira, dos deputados estaduais e dos servidores – se solidariza e lamenta o falecimento precoce do estimado servidor.

Descanse em paz, Rafael.

Palácio José Augusto
Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte