Thaisa Galvão

13 de agosto de 2007 às 22:15

O discurso saudoso do deputado acariense [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O discurso do homenageado foi recheado de lembranças da história de sua vida.
Desde os tempos em que ele foi vendedor de pão em Acari, exatamente na mercearia de dona Vicência de Antenor Cabral, mãe do vereador Isaías Cabral, que lhe propôs o título de cidadão.

“Hoje percebo que a lenha nas padarias tem o tronco mais fino por causa da desertificação”, disse Vicentinho, dirigindo-se ao relator da Lei do Gás (João Maia), para falar da importância de trazer o gás para o Seridó.

De volta ao passado, Vicentinho lembrou também que foi embora de Acari e ficou devendo uma conta na mercearia de dona Vicência.
E voltou 5 anos depois só pensando na dívida.
Logo que chegou em Acari foi direto quitar a conta.

Fazendo um discurso divertido, ele ainda falou sobre Madalena, uma moça de Carnaúba dos Dantas que ele namorou em uma festa de Nossa Senhora da Guia.

Sem dinheiro, disse não à moça quando ela pediu para dar uma volta na roda-gigante.
Deu um não à moça quando ela pediu um chiclete.
E ao pedido de um cachorro-quente, ele saiu para ir buscar…e não voltou mais.

Depois da solenidade, o deputado Vicentinho não parava de exibir o título de cidadão acariense.
No verso do documento, a imagem do açude de Gargalheiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*