Thaisa Galvão

8 de setembro de 2007 às 7:15

Jarbas Vasconcelos admite disputar lugar de Renan, onde Lula pensa em botar Sarney [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Nem Garibaldi, nem Agripino.

Segundo o jornalista Josias de Souza, no seu blog, o pernambucano Jarbas Vasconcelos, do PMDB, já aceita disputar a sucessão de Renan Calheiros, caso ele – de um jeito ou de outro – saia da presidência do Senado.

Jarbas vinha resistindo à idéiam mas, na noite da última quarta-feira, sondado pelo presidente do PSDB, Tasso Jereissati (CE), começou a mudar de idéia.

“Aceito discutir. Mas, antes, precisamos resolver o problema Renan”, declarou Jarbas, que vem acompanhando a guerra do Planalto para resgatar Renan.

O senador José Agripino Maia, líder do DEM, apóia Jarbas, mas, como diz o Blog do Josias, manifesta enorme contrariedade com a simples menção do tema sucessório. “Falar nisso agora é dar um tiro no pé”, temendo que a precipitação do assunto termine por empurrar o governo para a operação de resgate de Renan.

Já Lauro Jardim, no Radar da Veja, está dizendo que, se Renan for cassado na quarta-feira, “Lula é Sarney desde criancinha”.

Apoiará o senador ex-presidente da República para o cargo.

Segundo o colunista, Sarney é defensor de Renan, mas morre de vontade de sentar na cadeira dele.

E não admite o desejo nem para a mulher dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.