#JornalismoSemFakeNews

21 de setembro de 2007 às 11:17

Jornal da Câmara destaca cobranças ao presidente Lula

[0] Comentários | Deixe seu comentário.


O Jornal da Câmara, impresso que circula todos os dias na Câmara dos Deputados, e repercute em setores da política, em Brasília, dá destaque ao Rio Grande do Norte na edição de hoje. Com direito à chamada de capa com foto do pronunciamento do deputado João Maia, elogiando o governo Wilma de Faria e fazendo cobranças ao governo Lula.

Leia a reportagem:

 

Geral
João Maia destaca crescimento econômico do Rio Grande do Norte

 

O deputado João Maia (PR-RN) destacou o crescimento econômico do Rio Grande do Norte, elogiou a administração da governadora Wilma de Faria, e cobrou do Governo Lula mais atenção ao seu estado. Ele disse que a economia potiguar vive um momento excepcional, mas precisa de investimentos federais.
De acordo com o parlamentar, há urgência em se promover a ligação do Aeroporto de São Gonçalo à Zona de Processamento de Exportação; a construção do ramal ferroviário Mossoró-Natal e de um novo terminal-ilha exclusivamente para a exportação do minério local e ainda a implementação de um pólo gás-químico e de uma usina de biodiesel na região. “São investimentos que diminuem consideravelmente os custos de produção”, argumentou.


O deputado propôs ainda que o Governo Lula insira no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) a duplicação da rodovia Mossoró-Natal e do gasoduto Assu-Seridó.
Progresso e desenvolvimento
João Maia informou também que os bons índices econômicos trouxeram melhoria à vida de sua população. Segundo ele, o Rio do Grande do Norte é o segundo maior produtor brasileiro de petróleo; o quarto de gás natural e um dos maiores produtores e exportadores de camarão em cativeiro. “Produzimos ainda 95% do sal marinho do país e toneladas de frutas frescas”, prosseguiu. O deputado observou ainda que o estado figura também entre os principais produtores e exportadores de produtos têxteis.


Turismo
De acordo com Maia, o estado é hoje um dos mais procurados destinos turísticos do Nordeste. O setor de serviços, que inclui o de turismo, é responsável por boa parte da produção local de riquezas. “A rede hoteleira já conta com 42 mil leitos e, por ano, já são mais de 2,4 milhões visitantes, dos quais 350 mil estrangeiros”, informou. O parlamentar destacou ainda os vôos regulares que ligam Natal a Portugal, Itália, Espanha, Noruega, Suécia e Inglaterra, mas lembrou que o aeroporto da capital potiguar está esgotado em sua capacidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.