#JornalismoSemFakeNews

2 de outubro de 2007 às 0:39

Assessor investigado bem que poderia ter poupado o chefe vereador

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Bem que Klaus Charlier, assessor do vereador Emilson Medeiros, e um dos citados no processo que apura a Operação Impacto, poderia ter poupado o chefe.

Mesmo sendo investigado, Charlier se valeu do apelido – Xaxá – para se candidatar a conselheiro titular.

Foi o quarto mais votado, tendo vaga garantida para assumir o cargo com salário de quase 1.500 reais.

Xaxá obteve 552 votos.

E Emilson Medeiros uma infinidade de chateações.

Há quem garanta que Xaxá não tomará posse.

Não poderia ter evitado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.