Thaisa Galvão

15 de outubro de 2007 às 16:01

João Maia: “Ensino público deteriorado separa os filhos de quem pode, dos filhos de quem não pode” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado João Maia citou seu próprio exemplo de vida durante discurso hoje de manhã, na sessão solene na Câmara Federal, em homenagem aos professores.

Como estudante da rede pública que foi, João lembrou que a deterioração das escolas públicas acabou gerando um apartheid na Educação, onde os bem aquinhoados estudam nas escolas particulares e os mais humildes não têm outra alternativa, senão as escolas do governo.

“Essa deterioração impediu até o convívio entre as classes. É impossível o filho de uma pessoa de classe média ser colega de classe do filho de um trabalhador”, criticou o deputado.

Na tribuna do Plenário Ulysses Guimarães, ele criticou a forma como a Educação é tratada no Brasil. “O ensino fundamental fica a cargo do ente mais frágil, que é o município, e o ensino superior é que fica com o governo federal”, lembrou o deputado, afirmando que a base – bem mais importante na vida de um estudante – acaba relegada a último plano.

“Todo mundo sabe que a Educação é fundamental. Mas faltam recursos”, disse o parlamentar, repetindo que a qualidade no ensino público desde cedo “separa os filhos de quem pode, dos filhos de quem não pode”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.