#JornalismoSemFakeNews

6 de maio de 2008 às 23:28

Alexandre Macedo critica falta de humildade e o \”sapato alto\” do PT

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Vale repercutir o comentário desta terça-feira do publicitário Alexandre Macedo na 96FM.
Para Macedo, já não bastam os problemas internos no PMDB e PSB, que tiveram de fazer seus candidatos a prefeito desistirem de enfrentar as urnas…
Vem o PT botando mais lenha na fogueira da crise que começa a queimar a novíssima aliança que lançou a candidatura da deputada Fátima Bezerra.
O publicitário avalia que por mais que Wilma e Garibaldi tentem, o PT não facilita.
E é porque o PT sabe que, sem essa aliança que juntou Wilma, Garibaldi, Henrique e Carlos Eduardo, o partido jamais teria condição de eleger um prefeito de Natal.
E o comentário continua com Macedo avaliando que mesmo mantes do jogo começar, o PT bota banca…monta no salto alto…e começa a fazer o que não deve.
Como se já tivesse ganhado a eleição e sem a ajuda dos grandes líderes.
E Alexandre Macedo continua botando o dedo na ferida da candidata apoiada pela governadora, para quem o publicitário trabalha há anos…
Diz que o PT deve ter mais humildade, porque se continuar esticando a corda, pode ver o barco da candidatura de Fátima se encher de água e naufragar precitipitadamente.
Ele comenta o fato do PT não abrir a coligação formal para o PMDB e o PSB na chapa proporcional, argumentando que nem Wilma nem Garibaldi vão querer ver seus partidos na poeira.
“Não é assim que se faz política. Todo mundo sabia que o PT do Rio Grande do Norte sempre foi difícil de fazer alianças. Mas a governadora Wilma de Faria; o senador Garibaldi Filho; o prefeito Carlos Eduardo; o deputado Henrique Alves; o vice-governador Iberê Ferreira de Souza; e as torcidas do ABC e do América, estavam certos de que o PT tinha amadurecido politicamente”…disse Alexandre…
Que terminou sua participação diária (18h) na 96FM, dizendo que se Fátima não resolver dar um basta nessa confusão toda, correrá o risco de ficar ouvindo dois ditados populares.
1 – Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura…
E…
2 – Alegria de pobre dura pouco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.