#JornalismoSemFakeNews

15 de maio de 2008 às 0:18

Os potiguares da linha de frente do Senado Federal

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Teve sotaque bem nordestino, quase 100% potiguar o lançamento do Jornal do Senado em Braille, nesta quarta-feira em Brasília.
A solenidade foi comandada pelo presidente Garibaldi Filho, o primeiro secretário, senador paraibano Efraim Morais, e pelo diretor geral do Senado, o norte-rio-grandense de Jardim de Piranhas, Agaciel Maia.
O serviço de edição em braile foi implantado no Senado em 1998, mas recentemente duas máquinas modernas e de médio porte, com capacidade para imprimir, cada uma, até 1.200 páginas por hora, foi adquirida. Além disso, a equipe de profissionais foi ampliada e passou a ser composta, também, por revisores e novos impressores.
"Tenho orgulho de poder dizer que nós, do Senado Federal, temos assumido um papel de vanguarda no esforço contínuo de inclusão e valorização da pessoa com deficiência. Não só criando leis que possibilitam soluções definitivas para a plena inclusão da pessoa com deficiência, mas também apresentando à sociedade exemplos concretos como este, que torna nosso trabalho acessível a todos os cidadãos brasileiros", disse Efraim.
Agaciel lembrou que, além do jornal, o Senado foi a primeira instituição a publicar o pequeno dicionário em braille e expor em diversas feiras de livros do país.

\"\"                                                          Garibaldi Filho (RN), Efraim Morais (PB) e Agaciel Maia (RN)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.