Thaisa Galvão

10 de julho de 2008 às 18:40

Tertuliano Pinheiro diz que intenção da Fecomércio é repetir o sucesso do debate de 2006 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Vem se transformando em quiprocó o debate dos candidatos a prefeito com 8 entidades empresariais, representadas pela Fecomércio…
Por causa da possibilidade de deixar de fora os candidatos mal posicionados nas pesquisas eleitorais.
Tanto que o publicitário organizador do evento, Tertuliano Pinheiro, vai procurar o presidente da Federação, Marcelo Queiroz, na próxima segunda-feira.
TP diz que a intenção dos empresários é repetir o sucesso do mesmo tipo de encontro realizado na última campanha.
O que fez os candidatos ao governo, Wilma de Faria e Garibaldi Filho, deixarem a bancada para parabenizá-lo pela organização.
Tudo presenciado pela jornalista convidada, Cristiana Lobo.

10 de julho de 2008 às 18:24

Problemas de saúde da mãe faz colunista Toinho Silveira desistir de candidatura [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O colunista Toinho Silveira, filiado ao PR…desistiu de ser candidato a vereador.
Mas ainda não decidiu quem irá apoiar.
Toinho não tem encontrado tempo para discutir política, desde que sua mãe começou a enfrentar problemas de saúde com vários internamentos.
Desde ontem dona Lourdinha Silveira está na UTI do Natal Hospital Center, aos cuidados dos médicos Itamar Ribeiro e Ricardo Fonseca.

10 de julho de 2008 às 18:19

Equipe de Fátima prepara jantar de adesão para arrecadar recursos para a campanha [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Admitindo que sua campanha será modesta…e que não tem lá tanto dinheiro assim…
A deputada Fátima Bezerra disse ao Blog que sua equipe está organizando um jantar de adesão, que terá data ainda a ser marcada para o final deste mês.
Segundo Fátima, o jantar, que custará 300 reais a senha, tem como objetivo reunir pessoas interessadas em colaborar com os custos da campanha.

10 de julho de 2008 às 18:14

Queda de braço entre ministro e juiz leva banqueiro para a cadeia novamente [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na queda de braço entre o presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, que vem criticando a espetacularização das operações executadas pela Polícia Federal, e o juiz paulista Fausto Martin de Sanctis, que mandou prender o banqueiro Daniel Dantas…
Sobrou mais uma vez para o banqueiro.
Que havia sido solto após o presidente do STF ter julgado habeas corpus em favor da sua liberdade.
*
Pois agora à tarde…Daniel Dantas voltou a ser preso.
A pedido do mesmo juiz Fausto Martin de Sanctis.
Que desta vez pediu a preventiva.
O que poderá fazer o banqueiro ficar mais tempo atrás das grades.
*
A nova prisão, segundo nota expedida pela PF, se deu "em razão de documentos encontrados nas buscas realizadas na última terça-feira" e também por uma testemunha que fortaleceu "a ligação entre o preso e a prática do crime de corrupção (suborno) contra um policial federal que participava das investigações".

-Com informações da Folha Online

10 de julho de 2008 às 18:06

Garibaldi não consegue conter Mesa Diretora que aumenta custos do Senado em 900 mil por mês [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O senador-presidente do Congresso Garibaldi Filho foi contra…mas foi voto vencido.
E a Mesa Diretora do Senado aprovou, agora à tarde, a criação de 90 novos cargos comissionados, com salários de quase 10 mil reais.
R$ 9.979,24 para ser precisa.
Os novos funcionários, que começarão a trabalhar – será? – depois do recesso e serão distribuídos pelos gabinetes dos 81 senadores.
"Pega mal, não vai ser bem entendido nem assimilado pela sociedade. O Senado não precisa criar mais cargos, há outras prioridades", reclamou o senador Garibaldi Filho, que chegou a fazer apelos na reunião para que a Mesa Diretora não criasse os cargos, já prevendo o desgaste da medida.
Mas os parlamentares não deram ouvidos aos apelos do presidente, e como eram maioria…seguiram a proposta do senador paraibano Efraim Morais (DEM), que é o primeiro-secretário do Senado e visto pelos colegas como um prefeito do Legislativo.
*
Diretor-geral do Senado, o potiguar Agaciel Maia, justificou que a Casa Legislativa sempre aumenta o número de servidores depois que a Câmara aprova reajustes em sua verba de gabinete –o que ocorreu em abril deste ano. "O que é praxe é que sempre que é aumentada a verba de gabinete na Câmara, como o Senado não tem essa verba, se cria cargos", afirmou.
Agaciel disse que o Senado gastou menos recursos que o previsto em seu orçamento deste ano, o que permite a contratação dos novos servidores.
*
Para o senador Garibaldi Filho, o Senado tem dinheiro para contratar os novos servidores, mesmo assim ele não concorda com a medida.
“O problema não é financeiro. O que eu acho é que é um problema político, de natureza estrutural", criticou.

-Com informações da Folha Online

10 de julho de 2008 às 10:31

Nós não estamos livres dos excessos das mega-operações [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Reportagem publicada hoje na Folha de S. Paulo, mostra que nós não estamos livres dos excessos das mega-operações espalhadas pelo Brasil afora, que prende e solta quem tem culpa no cartório ou quem não tem.
Na Operação Satiagraha, que prendeu o banqueiro Daniel Dantas, o investidor Naji Nahas e o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta, eis o estardalhaço que policiais federais fizeram em uma clínica de um dentista…que nada tinha a ver com os crimes dos quais os presos são acusados.
Leia a reportagem da Folha:
CONFUNDIDO COM DOLEIRO, DENTISTA RELATA EXCESSOS DE AGENTES DA OPERAÇÃO
LAURA CAPRIGLIONE
DA REPORTAGEM LOCAL
O policial vestido de preto gritava repetidamente "Você é o Marco Matalon. Fala, do-lei-ro Marco Matalon, fala". Gritava e apontava a metralhadora para o homem franzino que tinha sido encostado à força contra a parede. Descalço, de pijama, o homem respondia: "Sou o Fabio Bibancos. Sou dentista. Não sou Marco Matalon." Não adiantava.
Durou das 6h às 12h de anteontem a ação da Polícia Federal na rua Maurício Francisco Klabin, 401, na Vila Mariana. No local, os agentes acreditavam que funcionasse o escritório de Marco Ernst Matalon, que figura na investigação da PF como "um dos maiores doleiros do país" e está foragido.
Quando, às 6h, os agentes bateram à porta do imóvel, procurando por Matalon, foram atendidos, via interfone, pela caseira June Bernachi, 65. Ela lhes disse que não conhecia ninguém com tal nome e que não podia abrir a porta. Os "visitantes" insistiam e ela negava. Dez minutos depois, com um estrondo, a porta de vidro da frente foi destruída pelos homens. Que entraram.
A caseira, desesperada, telefonou para Bibancos, que mora em um edifício defronte ao local. Pedia socorro, achando que estivesse diante de assalto cometido por ladrões comuns. Bibancos correu para a clínica, convencido disso. "A gente vê o tempo todo nos telejornais ladrões fazendo-se passar por agentes da PF", diz ele.
"Pára de chorar, bichinha", gritou-lhe um agente, quando o dentista, de 45 anos, apavorado, tentava explicar-lhe entre lágrimas que não era Matalon (a quem conhecidos descrevem como homem corpulento, de mais de 70 anos), e que ali funciona o Instituto Bibancos de Odontologia, anexo ao qual estão instaladas a ONG Turma do Bem e a Escola do Pensamento em Saúde, projetos que ele anima.
Foi um mandado de busca e apreensão assinado pelo juiz federal Fausto Martin de Sanctis que autorizou a ação da PF no consultório de Bibancos. Segundo a Polícia Federal informou à Justiça, "teriam sido realizadas diversas vigilâncias" no local, que levaram aos seguintes apontamentos: "[tem] diversas características relacionadas à segurança (altos muros, guarita com segurança, câmeras de vigilância, interfone para identificação) que, em tese, seriam incompatíveis com as atividades desenvolvidas por ONG, havendo, assim, suspeitas de que poderia ser utilizado como "fachada" para atividades ilegais de câmbio ou até mesmo de lavagem de ativos."
"Eu não teria muros altos ou câmeras de vigilância se vivêssemos em um país seguro", defende-se Bibancos, uma estrela da odontologia paulista, que cuida, por exemplo, dos sorrisos dos atores Ana Paula Arósio, Marcelo Anthony, Marco Ricca e Fabio Assunção.
Os agentes da PF chegaram ao endereço da clínica de Bibancos rastreando a empresa Iaia Garcia Holding Ltda., em que Muriel Matalon, atriz e filha de Marco Ernest Matalon, consta como sócia. Muriel, que se encontra em viagem no exterior, é amiga de Bibancos e ex-voluntária da Turma do Bem, da qual se desligou oficialmente em 2006.
Desde então, a ONG, que dá atendimento odontológico gratuito a 6.000 crianças carentes de todo o país, recebeu o reconhecimento da Ashoka, uma organização mundial sem fins lucrativos que apóia empreendedores sociais destacados. O próprio Bibancos foi eleito Empreendedor Social 2006 em premiação promovida pela Folha em parceria com a Fundação Schwab. Há uma semana, o dentista estava em Nova York. Foi convidado pela equipe de programa de governo do candidato Barack Obama à Casa Branca a apresentar seu projeto.
A PF recolheu do consultório de Bibancos e da ONG sete hard disks, dois laptops e agendas. "Senti-me como em um Estado totalitário. O que eu vivi foi uma violência inaceitável contra os direitos de todos os cidadãos", diz Bibancos, chorando.

10 de julho de 2008 às 10:30

Presidente do STF – que contesta operações da PF – manda soltar o banqueiro Daniel Dantas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E comprovando que não concorda com o novo estilo da Polícia Federal, como declarou há poucos dias, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, mandou soltar o banqueiro Daniel Dantas, dono do Opportunity e acusado de gestão fraudulenta, formação de quadrilha, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e uso de informações privilegiadas, entre outros crimes.
Com ele, deixaram a prisão mais 9 funcionários e executivos do Opportunity.
"Não se pode decretar prisão temporária com base na mera necessidade de oitiva dos investigados, para fins de instrução processual. O interrogatório constitui ato normal do inquérito policial, em regra levado a efeito com o investigado solto, ante a garantia fundamental de presunção de inocência", afirmou o ministro.
*
A liberdade do banqueiro Daniel Dantas, a partir do julgamento de um habeas-corpus, contraria o que se disseminou por aqui durante a Operação Higia.
De que não se pede habeas corpus em casos de prisão temporária.

10 de julho de 2008 às 10:14

Ministério Público pede impugnação da candidatura de Jaime Batista [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério Público de Angicos, através do promotor André Mauro, pediu a impugnação do registro de candidatura a prefeito do empresário Jaime Batista do Santos [DEM].
Jaime Batista é acusado de crime de peculato quando foi prefeito de Angicos.
Segundo o promotor o pedido de impugnação se deu pelo fato da gravidade em relação à gestão pública.
Jaime Batista responde a processo onde foi condenado a 19 anos em primeira instância, mas teve a pena reduzida para 14 após recurso do processo que se encontra no Superior Tribunal de Justiça [STJ].
Jaime Batista tem 7 dias para recorrer.
Em Angicos, o Ministério Público também pediu a impugnação da candidatura a vereador de Henrique Batista, filho de Jaime, também acusado de prática de peculato.
A informação foi veiculada ontem, em primeira mão, pelo blog do mossoroense Aclecivam Soares, o www.fogo.cruzado.zip.net
Segundo o Fogo Cruzado – só para deixar o leitor mais bem informado sobre o assunto – “Peculato” é um dos crimes praticados por funcionário público contra a administração em geral.
*
Na campanha deste ano, Angicos presencia uma cena política jamais imaginada pelos eleitores do município.
A união de Jaime Batista com o também ex-prefeito Clemenceau Alves.
Os dois brigam, e brigam feio politicamente, há anos.
Mas este ano decidiram – por obra e graça do espírito santo? – se unir em uma chapa só.
Com Jaime para prefeito, e Clemenceau para vice.