#JornalismoSemFakeNews

22 de julho de 2009 às 18:40

Gravação da PF mostra que, apesar de poderoso, Agaciel assinava com caneta de senadores

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os novos rumos da crise no Senado agora envolvem o presidente da Casa José Sarney.
E mostram claramente o que a imprensa nacional tem tentado esconder…sei lá por que cargas d´água.
Que o diretor-poderoso Agaciel Maia, assinava atos, secretos ou não, com a caneta de alguém sempre mais poderoso do que ele.
A prova é que ele se recusou a receber o currículo do namorado de uma neta do presidente Sarney, ao ser informado que o assunto não tinha sido levado ao presidente de então, Garibaldi Filho…nem ao eterno comandante do senado, José Sarney.
A seguir, os detalhes, publicados hoje pelo jornal O Estado de São Paulo, sobre a negociata da família Sarney para manter um cargo no Senado…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Perfil