#JornalismoSemFakeNews

5 de janeiro de 2010 às 0:15

Psicóloga reclama de som alto e policial sugere que ela vá à Delegacia “de camburão”

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Não bastassem os congestionamentos que tiram o juízo de quem freqüenta as praias do litoral Sul, o som alto que ecoa na praia de Pirangi, desde os verões passados, agora tende a tirar o juízo da Prefeitura de Parnamirim, do Ministério Público…
O som estridente incomoda meio mundo na praia…e as reclamações nem sempre são bem recebidas.
Neste fim de semana, uma veranista-psicóloga telefonou para a Delegacia pedindo provid~encias.
Ouviu do policial que a atendeu que ela e o responsável pelo som alto teriam que ir à Delegacia.
Até aí tudo bem.
O que não deu pra entender foi a forma como o policial queria que reclamante e acusado fossem à delegacia: de camburão!
A psicóloga quase recorre a outro profissional de sua área.
Precisava ser analisada.
Por não entender que para fazer uma denúncia na polícia, teria que chegar à delegacia de camburão.
Coisas do verão.
É?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.