#JornalismoSemFakeNews

9 de março de 2010 às 16:49

Ministério Público pede cassação do prefeito Germano Patriota, por compra de votos

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A promotora Patrícia Albino Galvão Campos, da quinta zona (comarca de Macaíba), pediu hoje a cassação do prefeito de Ielmo Marinho, Germano Patriota, e do vice-prefeito George Correia.
No parecer da promotora, ela atribui o pedido de afastamento dos gestores, à ‘comprovada’ compra de votos nas eleições de 2008, quando o prefeito Germano foi reeleito.
A ‘compra de votos’, registrada no parecer, diz respeito ao ‘transporte irregular de eleitores’ e a ‘distribuição de dinheiro’ em troca de votos.
No parecer, a promotora Patrícia Albino fala na forma direta ou dissimulada de comprar votos, fato comum em todo o país, onde a entrega de benesses deixa para o eleitor, uma ‘dívida moral’, que sempre é paga através do voto.
No parecer, a promotora pede o afastamento do prefeito e do vice, e a realização de nova eleição.
O parecer do Ministério Público será analisado pela juíza Viviane Xavier, também da comarca de Macaíba, que deverá dar o parecer até o dia 19 próximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.