#JornalismoSemFakeNews

11 de agosto de 2010 às 9:16

A homenagem do Blog ao eterno aniversariante de 11 de agosto: Aluízio Alves

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Blog começa o dia hoje homenageando o maior líder político que, na minha opinião, o Rio Grande do Norte já teve.
Era ele que, ao contrário do que se faz hoje para conquistar apoios – negociar, comprar, trocar ou outra milacria qualquer – apaixonava…
Arrastava multidões literalmente apaixonada, que caminhava quilômetros durante uma noite inteira gritando seu nome, e sem receber nada em troca.
O Blog homenageia Aluízio Alves: ex-governador, ex-deputado-federal, ex-ministro, que se vivo fosse, estaria completando neste 11 de agosto, 89 anos de idade.
Aluízio morreu no dia 6 de maio de 2006.
Cinco meses antes, no dia 28 de outubro de outubro, lançou sua autobiografia "O Que Não Esqueci".
Foi na noite de lançamento que pude registrar a imagem que guardo para posteridade: minha filha Maria Fernanda e o coleguinha de escola Pedro Henrique, filho do deputado Henrique Alves, que segundo Aluízio, será o único neto que herdará o gosto pela política.
*
E voltando aos dias de hoje…
Se vivo fosse, em qual palanque estaria o peemedebista Aluízio Alves?

Fotos: Thaisa Galvão                                       Aluízio Alves com o neto Pedro Henrique e a minha Maria Fernanda

                                           Sob o olhar curioso de Maria Fernanda, Aluízio autografava "O Que Não Esqueci"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.